Defesa & Geopolítica

Vídeo: KC 390

Posted by

7 Comments

  1. Pingback: Vídeo: KC 390 | DFNS.net em Português

  2. ,..Daqui a pouco vai parar a produção , sem grana, contingencia/ da mesma…o grau de estupidez bem explicito,espero estar errado, + quem viver verá. sds. 🙁

  3. corbin07 says:

    Agora já tem mais um concorrente na categoria do KC-390.

    http://www.aeroflap.com.br/antonov-an-178-faz-seu-primeiro-voo-e-recebe-12-pedidos/

  4. Nickless says:

    Gostaria de ler a opinião dos pão com mortadela sobre o seu amado governo ter feito cortes na FAs…. pois pelo que eles falam o Brasil nunca esteve melhor e a crise é culpa da PIG… rsrsrsr

  5. helveciofilho says:

    EMBRAER SUCESSO,GLOBALIZAÇÃO E ….ATAQUE AO TRABALHO.
    .
    .
    A terceira maior empresa aeronáutica do mundo vista por dentro: demissões em massa, redução de salários, especulação financeira permanente
    .
    (*)fonte: [ outraspalavras.net/brasil/embraer-sucesso-globalizacao-e-ataque-ao-trabalho/ ]
    .
    .
    (…) Acreditar que a Embraer prosperou após a privatização significa desconhecer sua história. O primeiro jato bimotor, o avião de maior sucesso da história da empresa, foi o ERJ-145 (com capacidade para 50 passageiros). Em seguida, vieram sua “família”, os ERJ 135/145 (de 35 a 45 lugares), todos desenvolvidos pelos engenheiros da Embraer em 1989, quando a empresa ainda era estatal e com a expertise adquirida nesse período. Esses produtos foram os responsáveis diretos pelo sucesso da empresa pós-privatização.
    .
    A Embraer foi entregue ao mercado em 1994 com praticamente todas as suas dívidas quitadas. Da dívida de 1,05 bilhões, o governou saneou U$ 700 milhões e vendeu a empresa por um valor aproximado de U$ 110 milhões. O Estado absorveu assim dívida que equivalia a sete vezes o tamanho da empresa. O valor da venda da empresa em 1994 representa apenas 1,8% do seu valor atual – de aproximadamente U$ 6 bilhões. (…)

    • HMS_TIRELESS says:

      O pano de fundo do artigo é justamente criticar o fato da empresa ter sido privatizada. Basta ver a repetição de certos clichês tão caros aos arautos do atraso tais como “Empresa monopolista”, “modelo neoliberal”. Como se vê ainda existe um forte ressentimento pelo fato da empresa ter sido privatizada e hoje não poder ser um cabide de emprego para os “cúmpanhêros”.

      Contudo, risível mesmo é comparar o salário hora da EMBRAER com o praticado na Boeing, Airbus e Bombardier sem mencionar o custo Brasil frente ao custo nos EUA, Europa e Canadá.

      Ademais, segundo informações as greves que ocorreram na EMBRAER foram muito mais peça de uma meia dúzia de sindicalistas desonestos, preguiçosos e mal intencionados do que um consenso entre a maioro dos trabalhadores posto que esses agitadores profissionais usaram de força bruta para impedir que os trabalhadores assumissem seus postos de trabalho.

      Por fim, o artigo mostra muito bem que para essa turma é melhor ser como os gloriosos, corruptos, ineficientes e perdulários conglomerados estatais russos e chineses de aviação a ser um lucrativa e competitiva empresa privada ocidental.

      Ps: Qual a posição dos gloriosos conglomerados estatais russos e chineses na geopolítica da aviação mundial

    • Deagol says:

      Fizeram muito em pagar as contas antes de vender???
      Como é que iriam vender uma empresa falida???

      Olhem a lógica!!!

      O sucesso da Embraer se deve ao governo e os problemas são culpa o da empresa ( que era do governo )

      Um vez conversei com um diretor de vendas da Embraer e ele disse:
      “ou é privatizada ou quebra”.

shared on wplocker.com