Categories
Conflitos Geopolítica Terrorismo Traduções-Plano Brasil

Erdogan e Dovutoglu afirmam que marcharão para Jerusalém e de lá erguerá ” Um Império Islâmico mundial”

[embedplusvideo height=”395″ width=”650″ editlink=”http://bit.ly/1EQ3g1D” standard=”http://www.youtube.com/v/fOetMhBCFRk?fs=1″ vars=”ytid=fOetMhBCFRk&width=650&height=395&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep9882″ /]

Sugestão: Clóvis Pessoa

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

Por Theodore Shoebat

Por vontade de Alá, Jerusalém pertence aos curdos, turcos, árabes, e para todos os muçulmanos. E como os nossos antepassados ​​lutaram lado a lado em Gallipoli, e assim como os nossos antepassados ​​foram juntos para libertar Jerusalém com Saladino, vamos marchar juntos no mesmo caminho [para libertar Jerusalém].

Estas são as palavras apenas declaradas por Dovutoglu, o primeiro-ministro da Turquia.

Erdogan e Dovutoglu em seu discurso em que falou do renascimento do Império Otomano e da conquista de Jerusalém

 Os discursos surpreendentes do Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan e do primeiro-ministro Ahmet Davutoglu foram dados na cerimônia de inauguração no aeroporto 55 do país no distrito de Yuksekova da província de fronteira sudeste de Hakkari, onde se fez uma declaração inteira para o mundo islâmico, em seu desejo para conquistar Jerusalém e formar um império islâmico universal.

O primeiro-ministro Davutoglu disse que foi feito um acordo com o presidente Erdogan para nomear o Aeroporto Yuksekova como Selahaddin Eyyubi Airport, e depois Saladino das Ayyubids, o conquistador muçulmano de origem curdoa da al-Quds, ou Jerusalém, e um dos grandes inimigos do os cruzados cristãos, especialmente de Ricardo Coração de Leão.

Na conferência Davutoglu declarou a aspiração de um estado islâmico universal após conquistar Jerusalém:

Por vontade de Alá, Jerusalém pertence aos curdos, turcos, árabes, e para todos os muçulmanos. E como os nossos antepassados ​​lutaram lado a lado em Gallipoli, e assim como os nossos antepassados ​​foram juntos para libertar Jerusalém com Saladino, vamos marchar juntos no mesmo caminho [para libertar Jerusalém].

Muitos dos meios de comunicação ingleses, como o Boletim Mundial, tentam encobrir a realidade deste discurso, e estão, na verdade, falsificando a tradução, dizendo que o discurso é “dar uma mensagem de unidade e fraternidade.

Isso é falso, como já demonstrada. A Mídia árabe mostra claramente a tradução exata. A mídia árabe chamá-lo pelo que ele é, “Vamos marchar para libertar Jerusalém: Diz Davutuglo em Naming no Aeroporto de Saladino,” Afirma a manchete de Hasrr.

Aeroporto Hakkari onde a fala foi feita.  Observe as fotos de Erdugan e Dovutoglu

Mais uma vez, aqui temos o primeiro-ministro, com Erdogan, declarando o desejo islâmico de conquistar Jerusalém. Este desejo de retomar Jerusalém é o mesmo sentimento que os muçulmanos da Idade Média estavam lutando para cumprir. Agora que a Turquia pretende prosseguir esta mesma conquista, é óbvio que vamos voltar para os tempos medievais.

Eles estão louvando Saladino que lutou uma batalha muito acirrada com Ricardo Coração de Leão na batalha do Acre, no qual os cristãos ganharam mas que depois sofreram um revés com a derrota dos cristãos na Batalha de Jerusalém, e eles também estão falando da Batalha de Gallipoli, em que os muçulmanos derrotaram os Cristãos inglêses.

Erdogan fez declarações mais reveladoras na volta para as Cruzadas, declarando que ele se comunica com a alma de Saladino (necromancia), indo tão longe a ponto de dizer que ele estava na presença de Saladino. O meio de comunicação turco, Anadolu , citou a declaração de Erdogan de seu discurso:

Tenho certeza que o grande comandante [Saladin] está reunindo todas as pessoas do Oriente Médio em um exército que derrotou os cruzados. Ele [Saladin] esta testemunhando o que estamos fazendo aqui espiritualmente. Eu estava em sua presença espiritual e dirijo-me a ele [Saladin] aqui em Hakkari com os homens poderosos, seja oriental, bravo sul oriental, valente Anatólia, na Turquia, todos eles prometem que você, ó Saladino, a você unir os irmãos no Oriente Médio e assim como nós. Você [Saladin] disse, ‘Jerusalém não é para os cruzados.’, Saladino você testemunhará isso, Allah testemunha disso.

Falando com os mortos é contra ortodoxia do Islã sunita, mas não é contra o Islã sufi, no qual Rumi (o principal teólogo do Sufismo) incentivou a comunicação com as almas dos mestres sufis mortos. Erdogan está proclamando-se a ser uma reencarnação de Saladino e ele diz que alguém vê Saladino (isto é, ele, “Erdogan”) como Deus. Ele terminou seu discurso com:

Jerusalém é para os muçulmanos, e não para Israel. Por que deve continuar a ser amigos com quem pisou suas botas, pisando em Masjid al-Aqsa (Monte do Templo). Eles insistem que nós (Turquia e Israel) temos que ser amigos? Eu digo, nós não!

O discurso de Erdogan é ainda mais surpreendente, ele disse:

Um povo, uma bandeira, uma nação, e um estado

Aqui Erdogan está falando do estado Califado, o império islâmico universal dos otomanos. Esta é uma declaração direta de reviver o Império Otomano. As declarações de Davutoglu também incluiu retórica semelhante:

O governo turco não diferenciará, de leste a oeste … Temos a intenção de reunir todas as regiões de nossas nações e vamos trazer para mais perto estas regiões de volta e unificá-las.

O que Davutoglu está dizendo é que tudo o que foi leste da Turquia que era otomana, e tudo o que foi Oeste da Turquia, que era otomana, será novamente unificada sob o Império Otomano.

Fonte:Shoebat

30 replies on “Erdogan e Dovutoglu afirmam que marcharão para Jerusalém e de lá erguerá ” Um Império Islâmico mundial””

[…] Sugestão: Clóvis Pessoa Tradução e adaptação: E.M.Pinto Por Theodore Shoebat Por vontade de Alá, Jerusalém pertence aos curdos, turcos, árabes, e para todos os muçulmanos. E como os nossos antepassados ​​lutaram lado a lado em Gallipoli, e assim como os nossos antepassados ​​foram juntos para libertar Jerusalém com Saladino, vamos […] …read more […]

Acho que o trafico do Rio está exportando pó vencido pra Turquia, pois isso é alucinação pra não dizer que é loucura.
Israel tem direito historico sobre seu territorio, e sinceramente, dane-se o que pensam os árabes quanto a isso, a ONU decidiu, cabe aos povos árabes acatarem tal veredicto e assumirem seus vastos territorios sem mais porfias.
Agora com certeza gostaria de imaginar como todo esse “poderoso” exercito árabe vai encarar Israel, EUA, e se der mole o apoio de russos avacalhando o envio de armas, não passam de um semestre, enfim, leiam o al corão e o vivam em seus territorios, pois se passarem da linha vermelha não vai faltar Tomahawk pra fazê-los voltar.
E pensar que eu achava esse povo sábio, cada uma…

helveciofilhosays:

Sr. ARC
.
.
O que o Erdogan quer não é o território de Israel más o coração dos muçulmanos, o mesmo desejo dos sauditas ( sunitas) e dos iranianos ( xiitas ) e o modelo, é o Jihadismo fundamentalista.
.
Como Erdogan quer refundar o império otomano, ele busca velhas ideias do nacionalismo árabe como por exemplo, Jerusalém é dos árabes e isso para os judeus ortodoxo e fundamentalista da direita … seria uma profanação.
.
Más no Oriente Médio está cheio de loucos em toda parte e Israel, não fica fora disso; com certeza o pó que o Erdogan usa é o mesmo que o Netanyahu cheira .. rsrsr … e quem paga é o povão .
.
E cada louco com a sua demência …. um lado quer a volta do império dos Otomanos e do outro lado, quer a volta do império de Salomão ( Israel expandido ) , isso sem falar das loucuras dos Sauditas e no meio desse chafurdo todo de doidos, ainda tem o tio Sam …. que adora botar mais lenha naquela folgueira com o seus fundamentalistas que adoram corta cabeças dos outros e a islamofobia dos ocidentais ;).
.
Reforçando o que alguns colegas foristas já disseram … a Turquia faz parte da OTAN … e agora ?

helveciofilhosays:

OS JIHADISTAS A SERVIÇO DO IMPERIALISMO
.
Os governos ocidentais já não fazem segredo sobre a utilização dos jihadistas. Foi assim que a Otan derrubou Mouamar el-Kadhafi utilizando, para tal, a Al-Qaida como única infantaria no terreno ; Israel afastou a Força das Nações Unidas no Golã e substituiu-a pela Al-Nusra ; a Coligação internacional anti-Daesh deixou cair Palmira para prejudicar a Síria. Mas, embora se compreenda os objetivos dos ocidentais, não se consegue perceber porquê e como os jihadistas podem servir o Tio Sam em nome do Corão.
.
(*)fonte: [ voltairenet.org/article187749.html ]
.
.
(…) O Xeque Youssouf al-Qaradawi, pregador vedeta dos Irmãos muçulmanos e tele-coranista na al-Jazeera. Ele abençoa os jihadistas na Síria e no Iraque e afirma, sem pestanejar, que se Maomé fosse vivo atualmente, ele se aliaria à OTAN. (…)

Recep Tayyip Erdogan – acaba de abrir a “Caixa de Pandora”…
.
Saudações,
.
konner

Perfeito caro Konner, sinto que isso vai dar uma treta louca, ainda mais que no lado de lá tem Netanyahu e os EUA loucos para derrubá-lo. Sds

lure araujosays:

ARC, creio eu que o obama, não estar do lado do netanyahu

Caro Lure, estrategicamente os EUA sempre estarão do lado de Israel, primeiramente porque a representatividade dos judeus nos poderes norte americanos é enorme, empresas judias reinam nos EUA e no mundo, além da possivel perda do apoio dos judeis em diversos setores, enfim, os EUA estão e estarão ao lado de Israel. Sds

Concordo Konner. Por ter feito discurso mais ou menos semelhante o ex president do Irao tornou-se pessoa non grata para Israel e os paises da OTAN. E agora como reagira Obamas, o comandante supremo da OTAN, da qual a Turquia e membro. Putin deve estar rindo.

helveciofilhosays:

Sr.Konner …
.
Essa caixa de Pandora já foi aberta a muito tempo … está ai o Estado Islâmico, um de muitos males que sairão dela. 😉
.
O Erdogan, é mais um palaço que quer botar mais lenha da folgueira daquele circo do Oriente Médio … como se já houvesse outros palhaços lá também . 😉

Abriu a caixa de pandora e deve ter cheirado o conteúdo. Totalmente fora de propósito este discurso.

Combinaram com Israel esse sonho louco ?,pois se os Israelenses não aceitarem os Turcos podem marchar para Jerusalém,mas não conseguiram alcançar o seu objetivo,isso para mim me parece uma declaração irresponsável de um político que hj é a sombra do que ele foi.

Julio Brasileirosays:

Discursinho para consumo islamico, relembrando as glorias de um passado distante. A realidade atual? Principalmente na Turquia, é de um povo que não confia nos seus dirigentes, esse Erdogan foi acusado até de corrupção. O Povo islâmico é dos mais divididos, se dividem desde clãns até entre vertentes do islamismo que se odeiam, em nome de Alá. Povos dirigidos por elementos como esse, que discursa sobre um heroi histórico de seu povo mas que ao sair da frente do microfone corre atrás de parcerias consideradas espurias para sua religião. Muçulmanos tem sido doutrinados e manipulados por gente como esse Erdogan, para serem os robos desumanos da atualidade, esses vermes que usam um deus para suas aventuras mais mundanas.

César Pereirasays:

Desde que o mundo é mundo vem surgindo pessoas com crenças apocalípticas, com o único intuito, oprimir o outro !

1maluquinhosays:

A crença Apocaliptica surgiu na antiga Suméria e foi deturpada por outras civilizações.
Na mesma localidade onde hoje é o Irã existiu a civilização Sumeriana,posteriormente a civilização Acadiana,posteriormente a civilização Caldeia,posteriormente a civilização Babilonica.
Relacionada a passagem de um enorme cometa errante que passaria por nosso sistema solar a cada 3.450 anos causando disturbios e cataclismas.
Crenças deturparam estas antiquissimas informações ainda pouco conhecidas de nossa ciencia atual pela dificuldade encvontrada nas traduções de escrituras cuineiformes Sumerianas.
O Gita,antigo livro Indiano cita milhares de anos antes da era Cristã o que para a civilização Veda foi um apocalipse,citando intervenção de forças vindas do espaço intervindo em uma guerra.

Maluquinho, com todos meus respeitos, mas se nao me engano, Sumeria, Acadia,, Assiria, Babilonia, Caldea estavam localizadas no Iraque..A civilizacao que produziram o Vedas extendeu-se ate a Persia e derpois diferenciou-se da civilizacao vedica e produziram o Avesta O livro classic da cililizacao Media, Persia, enfim o povo que produziu Zoroaster. A cililizacao que precede o Veda, , chamado Indo Vale comerciavam com os sumerianos. Ruinas desssa civilizacao existe, mas a lingua nao foi ainda decifrada. Sabe-se que nao era Indo-europeu. O Veda e indo europeu. Hoje existe uma corrente nacionalista na India que defende a tese que a civilizacao IndoVale e quem produziu o Veda, mas a maioria dos especialistas rejeitam essa tese, uma das razoes e que existe versos no Veda que refere a cililizacao que dominavam India antes deles, eram de pele escura. O assunto e cheio de controversa. Mas eu gosto de acompanhar o debate. Infelizmente nao leio sanscrito..Enfim o povo antigo do Iram eram diferente dos povos que ocuparam o territorio hoje chamdo Iraque, antiga Mesopotania. So com Ciro no seculo 6 Antes de Nossa Era, os Persa-Meda, ocuparam a Mesopotania, e depois todo o Oriente Medio, chegando ate o Egito. Tentaram invadir Etiopia, mas foram derrotados. Posso estar enganado, mas e isto que eu saquei dos livros que leio sobre o assunto. Respeito.

1maluquinhosays:

Sium meu caro,hoje precisamente Iraque.
Ali foi o breço da civilização humana e do conhecimentpo humano.
Ja os Vedas foram uma antiga civilização Indiana.
Quando buscamos tempo calculamos 10 mil anos para a civilização Persa.
Hoje atraves de estudos foram encontradas minas de extração de ouro na africa do Sul sob dominação Sumeriana de 180 mil anos.
Calcula-se que a ciovilização Sumeriana tenha existido de 300 a 500 mil anos antes da era Cristã o que ja joga por terra tudo o que tinhamos anters a respeito da humnanidade.
FDora isso o conseito de construções piramidais encontrados nos continentes Africano,Americano,Asiatico.
Muitos outros pormenores tambem,como a flauta usada desde nativos Sulamericanos e Asiaticos.
Então percebemos que no que citei existe interligação.
Civilizações antigas quando invadiam umas as outras destruiam tudo o que dificulta estudo sem contarmos com o tempo que o mesmo era repassado oralmente.
Uma coisa é certa,o homem não conhece a si proprio,não conhecve o mundo que habita e pensa poder conhecer o universo.
As antigas inscrições cuneiformes Sumerias que são as mais antigas ate hoje encontradas e fartas mas ainda conhecemos muito pouco sobre as mesmas pela difuculdade das traduções dão conta que esssa raça fora trazida a Terra para trabalhar braçalmente para extração de ouro.
Sua matematica,ciencias e principalmente seus calculos astronomicos deixam nossos atuais cientistas sem respostas e perpexos tamanho o grau de conhecimento e exatidão.
Conhecimento esse que jamais poderia ter sido adiquirido por eles proprios e sim certamente lhes foi repassado.
Eu sempre afirmei que o segredo vida extraterrestre não é apenas um segredo de Estado mas acima de tudo um segredo Teologico.

A Máquina Trollsays:

Um agente provocador é uma pessoa secretamente empregada por um determinado grupo para incentivar membros do grupo-alvo a cometer ou ser associado a atos ilícitos. O termo também pode se referir a pessoas que infiltram grupos com o objetivo de diminuir sua credibilidade incentivando membros a cometerem atos radicais, ou cometendo atos radicais em nome do grupo, a fim de justificar o uso de força armada.

Os agentes provocadores são agentes diretamente designados para provocar agitação, violência, debate, controvérsia ou descrédito através (ou dentro) de um grupo enquanto agem como membros do mesmo.

Uma utilização comum dos agentes provocadores é na investigação de crimes consentidos ou “crimes sem vítimas”; visto que os participantes destes crimes tem o desejo de praticá-lo, é bastante difícil para as autoridades descobrirem tais crimes sem o uso de agentes infiltrados.

Agentes provocadores também são usados contra prisioneiros políticos. Aqui tem sido bem documentado que os “provocadores” executam ou incitam actos contraproducentes ou inadequados, com o objetivo de alimentar o desprezo do público pelo grupo e prover um pretexto para agressão e para agravar as punições a que os seus membros estão sujeitos. Terroristas actuam algumas vezes como agentes provocadores quando buscam provocar uma ação repressiva do governo cuja representatividade desejam questionar. Neste sentido, a provocação pode ser combinada com o apoio ao terrorismo.

Historicamente, a actividade do agente provocador têm sido uma táctica operacional dos agentes infiltrados que podem ser pagos para se imiscuir, monitorar, destruir e/ou subverter entidades sindicais.

No Brasil, os dois casos mais célebres da acção de agentes provocadores foram:
Do major Jorge Elias Ajus, que se infiltrou na Insurreição anarquista de 1918, durante a I Guerra Mundial, cuja meta era derrubar o governo e realizar uma revolução social. Afirmando apoiar a causa como representante de uma parcela dos setores baixos do exército e incitando os demais a ação, Ajus na verdade trabalhava como espião para o governo federal delatando todos seus movimentos e levando a prisão seus principais articuladores, entre eles o filólogo libertário José Oiticica e O caso do “Cabo Anselmo”, que agiu como agente provocador, a serviço tanto dos órgãos de segurança brasileiros,como da CIA, para provocar a “Revolta dos Marinheiros” em 1964, um dos estopins do golpe militar desencadeado na noite de 31 de março daquele ano.

Nos Estados Unidos, o programa COINTELPRO do Federal Bureau of Investigation possui agentes que se fazem passar por políticos radicais a fim de destruir as actividades de grupos políticos radicais estadunidenses, tais como os Panteras Negras, a Ku Klux Klan e o Student Nonviolent Coordinating Committee.

A Máquina Trollsays:

Americana diz ter sido discriminada em voo da United Airlines

Por Com agências internacionais | Agência O Globo – dom, 31 de mai de 2015

Um simples pedido de uma muçulmana durante um voo da United Airlines, que fazia a ligação entre Chicago e Washington, na sexta-feira, se transformou num ataque gratuito e cheio de preconceito. Tahera Ahmad, uma religiosa muçulmana e diretora interreligiosa na universidade de Northwestern University, em Chicago, afirmou na sua página no Facebook que ter sofrido discriminação por parte de uma comissária de bordo da companhia aérea e de um passageiro.

De acordo com Tahera, que usava um lenço na cabeça, ela pediu uma lata de refrigerante fechada à aeromoça, por questões de higiene. Mas a funcionária da United teria retrucado. “Bem, eu sinto muito. Eu simplesmente não posso te dar uma lata fechada, por isso nada de Diet Coke para você.

No entanto, em seguida, a mesma comissária deu ao homem que estava ao lado da muçulmana uma lata de cerveja fechada.

“Quando contestei, ela rapidamente tomou a lata da mão do passageiro, abriu e disse: “é para você não usar como uma arma”, relatou Tahera em sua página na rede social, que já teve mais de 7.500 compartilhamentos nos últimos três dias.

Indignada, Tahera – que ia para Washington participar de um encontro na comunidade interreligiosa Kids4Peace, que promove conversas justas e pacíficas entre israelenses e palestinos – resolveu pedir ajuda às pessoas ao redor, para que a defendessem de um claro caso de preconceito. Mas, em vez disso, um dos passageiros levantou-se e gritou com ela.

“Muçulmana, cala a sua boca. Você sabe que poderia usar a lata como arma, então cala a boca”. Tahera, que é americana, caiu no choro e relatou que apesar do avião estar lotado ninguém a defendeu.

Assim que publicou o caso no Facebook, uma página foi criada “UnitedforTahera” (Unidos por Tahera) pedindo o boicote à companhia aérea. Com a repercussão nas redes sociais, a United Airlines, divulgou uma nota oficial alegando que “a comissária de bordo tentou várias vezes atender à solicitação, e tudo não passou de “um mal-entendido sobre uma lata de refrigerante”.

“Falamos com ela (Tahera) para compreender o que ocorreu e nos desculpar por não satisfazer o serviço que nossos clientes esperam quando viajam conosco”, informava a nota divulgada pela United Airlines.

Reclamação banalizada
Após as desculpas, a muçulmana publicou um outro post no Facebook, ontem, dizendo estar decepcionada com a resposta da companhia.

“Infelizmente a United rejeitou toda a minha narrativa resumindo e banalizando o caso a uma lata de refrigerante. Como passageira frequente da empresa, sou servida com bebidas em latas fechadas muitas vezes”, disse Tahera. “Eu dedico minha vida à paz, fui neste voo da United para promover ativismo e justiça social. É realmente desanimador quando a discriminação contra americanos como eu, que estão trabalhando duro todos os dias para promover o diálogo e a compreensão, é desconsiderada e banalizada. Eu não recebi um sincero pedido de desculpas para a dor e mágoa que senti, resultado da discriminação”, completou.

A Máquina Trollsays:

Escrava sexual tinha de recitar Alcorão durante estupros
Adolescente de 17 anos está grávida de três meses e afirmou que era estuprada diariamente

29 mai 2015

11h18

Uma adolescente de 17 anos vendida como escrava sexual em um leilão de virgens afirmou que era estuprada diariamente por membros do Estado Islâmico. Grávida de nove meses, a jovem afirmou que era obrigada a recitar versos do Alcorão enquanto era estuprada e, se não fizesse, era chicotada pelo agressor. As informações são do Daily Mail.

http://noticias.terra.com.br/mundo/oriente-medio/escrava-sexual-tinha-de-recitar-alcorao-durante-estupros,cc961af99722ce9c4154e496f10d9d2ewvx8RCRD.html

Vídeo mostra tortura de menino de 14 anos pelo Estado Islâmico

Por O Globo | Agência O Globo – 15 horas atrás

Um vídeo obtido pela rede BBC mostra militantes do Estado Islâmico (EI) supostamente torturando um sírio de 14 anos. Nas imagens, gravadas por um desertor do grupo extremista, o rapaz é visto sendo espancado enquanto é pendurado pelos punhos.

grupos como o EL e o Boko Haran são exemplos atuais de agentes provocadores a serviço do ocidente….orquestrar um ataque de falsa bandeira como fizeram no 11 de setembro foi uma excelente estratégia para conquistar as mentes e os corações das massas e assim conseguir desculpas para poder grampear telefones, e-mail’s, fax, celulares fixos, telefones móveis, redes sociais, torturar pessoas, invadir outros países e obter informações privilegiadas….Tudo em nome da “SEGURANÇA NACIONAL”…

não se enganem senhores…muito destes grupos terroristas de hoje como o EL e o boko haram não passam de mercenários a serviço da cia….não lutam por causa alguma e sim para inflamar e instaurar a instabilidade na região…para fabricar aos eua justificativas/ameaças para suas movimentações mal intencionadas pelo oriente médio…. o programa de “guerra contra o terror” dos eua não passa de um instrumento de guerra de propaganda para conquistar as mentes e os corações das massas e da comunidade internacional…e assim conseguirem o apoio e o aval que precisam para suas movimentações obscuras pelo oriente médio…o mesmo é feito nas outras regiões do mundo como na África, América Latina, Ásia e Leste Europeu…Inúmeras guerras têm sido travadas pelos eua diretamente e por mãos alheias…as forças especiais dos eua operam de forma sigilosa e aberta em mais de 130 países semeando perturbações…

FBI incentivou atos terroristas em operações infiltradas

O FBI encorajou e até mesmo pagou muçulmanos americanos para incitá-los a cometer atentados durante operações infiltradas, montadas depois dos atentados do 11 de setembro, segundo um relatório da ONG Human Rights Watch (HRW) divulgado nesta segunda-feira.

Em muitos dos 500 casos de terrorismo analisados por tribunais americanos desde 2001, “a promotoria americana e o FBI tiveram como objetivo muçulmanos americanos em operações clandestinas de contraterrorismo abusivas, baseadas na condições religiosa ou étnica”, denuncia o informe da HRW.

A conceituada organização estudou 27 casos, com a ajuda da Escola de Direito da Universidade da Columbia. Foram examinados os processos de investigação, acusação e as condições de prisão de dezenas de pessoas. Foram compilados 215 testemunhos, entre acusados, processados, advogados, juízes e promotores.

“Em alguns casos, o FBI pode ter criado terroristas a partir de pessoas que respeitavam a lei, ao sugerir a ideia de realizar ações terroristas ou ao encorajar o alvo a agir”, diz o texto, que considera que metade das condenações são resultado de operações infiltradas. Em 30% dessas situações, o agente infiltrado joga um papel ativo na tentativa de atentado.

“Muitas das pessoas nunca teriam cometido um crime, se as forças de ordem não as tivessem estimulado, impulsionado e até mesmo pago, para cometer atos terroristas”, explicou Andrea Prasow, uma das autoras do trabalho.

O relatório cita o caso de quatro indivíduos de Newburgh (Estado de Nova York) acusados de ter planejado atentados contra sinagogas e uma base militar americana. De acordo com o juiz do caso, o governo “proporcionou a ideia do crime, os meios e lhes abriu o caminho”, transformando em “terroristas” pessoas “de uma bufonaria digna de Shakespeare”.
Segundo a ONG, o FBI busca pessoas vulneráveis, com problemas mentais ou intelectuais.

Outro do caso apresentado é de Rezwan Ferdaus, de 27 anos, condenado a 17 anos de prisão por pretender atacar o Pentágono com pequenos drones carregados de explosivos. Um agente do FBI reconheceu que Fergus apresentava “claramente” problemas mentais, mas que isso não impediu o policial infiltrado de planejar o atentado.

https://www.youtube.com/watch?v=Gn7PgVS4xbs

A Máquina Trollsays:

Operação Northwoods

No início dos anos 1960, quando a Guerra Fria estava no auge e o medo do comunismo era galopante, um plano chamado Operação Northwoods foi proposto dentro da CIA norte-americana. Em suma, ele apelou para o governo que realizasse uma série de ações terroristas violentas nas cidades E.U. incluindo atentados, seqüestros, motins falsos, e de sabotagem, que poderiam então ser atribuídos a Cuba. Isso iria angariar apoio para uma guerra contra os comunistas e levaria a uma eventual operação militar para eliminar Fidel Castro do poder. O plano foi elaborado e assinado pelo Joint Chiefs of Staff e apresentado ao presidente John F. Kennedy, que pessoalmente rejeitou, e foi posteriormente abandonado. Por muitos anos depois, a Operação Northwoods existiu como um rumor, mas foi finalmente revelada como sendo verdade quando os documentos ultra-secretos que descrevem o plano foram tornados públicos em 1997 como parte de um lançamento de papéis do governo relativos ao assassinato de Kennedy.

Percebam como este mesmo estratagema é usado pelos eua hoje para suas movimentações atrozes no Oriente Médio, América Latina e África…

Terrorstorm: História do Terrorismo Governamental [Legendado]

https://www.youtube.com/watch?v=EQlYaw3NinM

Essa treta vai ser melhor do que qualquer filme de guerra que já assistimos.

Na verdade essa conversa é antiga, é perigosa, se infiltra pelo lado espiritual e não há limites dos meios para se chegar aos fins.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ismael

Ah sim, bombas nucleares não resolvem isso .

Verdade. E esses turcos (não o povo em si) são justamente os que apoiam os terroristas que querem derrubar o estado Sírio e não me surpreenderia se estiverem financiando o EI.
Vai chegar um ponto que alguém vai perder a paciência e distribuir meia dúzia de bombas nucleares na cabeça destes loucos pra acabar de vez com toda esta fanfarrice que quer usar o nome do Islã para cometer seus devaneios e interesses políticos.

Luiz Oliveirasays:

Esses loucos endemoninhados querem, a todo custo, provocar um holocausto nuclear global. De tanto tentar, um dia irão conseguir. Depois disto, não haverá nenhum califado mundial, mas apenas o império universal das baratas, que sobreviverão às loucuras desses líderes bizarros, que só pensam em guerra e poder.

1maluquinhosays:

O velho sonho Turco de se tornar liderança do mundo Arabe kkkk Jamais conseguirão,os Arabes os odeiam.
É mais facil o Irã se tornar liderança Arabe do que a Turquia que tenta pelo apelo religioso se fazer ouvir.
Porque a Turquia não devolve as terrras tomadas dos Curdos ?
Se existe no mundo duas raças imundas são a Turca e a Judia.Dois póvos que deveriam darem as mãos e irem passearem juntos no parque.
Por sorte da humanidade eles se odeiam.

Konner

Não sei se seria possível incluir mais desgraça aquela região alem da já existente, mas duas coisas me parecem claras no artigo:
1 – Erdogan é uma metamorfose ambulante, fazendo declarações de amor e ódio dia sim, dia não, e contra quem quer que seja desde que a conveniência para manutenção de seu governo seja atingida (mesmo que tenha de elogiar um curdo);
2 – A forma como a imprensa israelense tenta desconstruir o personagem histórico, transformado em mito, de Salladin (ou Saladino) e agora, com uma bela ajuda de Erdogan, fazendo política de corações e mentes com seus leitores. Não é de admirar que Israel esteja tentando se salvar usando a canoa furada da religiosidade (sua e alheia) para tentar sobreviver, pois todo o resto está morto. E a prova é esta bobagem de “reconstrução” do império Otomano por parte da Turquia, que só tem lógica ou faz algum sentido se pensarmos e agirmos da mesma forma que Israel faz contra os Palestinos.

Abs

Lendo o texto percebe-se que é pura retorica politica… ação mesmo não virá!

Comments are closed.