Defesa & Geopolítica

Ucranianos e Árabes juntos no programa AN-132

Posted by

AntonovTradução e adaptação: E.M.Pinto

A empresa ucraniana Antonov e a Árabe  KACST assinaram um acordo de desenvolvimento conjunto e de produção de aviões de transporte para a Arábia Saudita. A aeronave que recebeu a designação An-132 estará pronta em dois anos.

O acordo destina-se a satisfazer as necessidades do Reino Árabe no campo da aeronaves de transporte de pequeno porte para os setores civis e militares, bem como pretende modernizar a frota atual, cujas tarefas incluem tanto os equipamentos, tropas e evacuações médicas.

De acordo com a empresa Antonov, o contrato abrange a modernização e produção do avião de transporte conhecido An-32. A seleção deste projeto foi baseada na análise das necessidades das forças armadas sauditas e da situação no mercado mundial de aeronaves deste tipo. No âmbito do programa, a documentação técnica deve estar de acordo com o contrato da Arábia Saudita, o avião vai ser modernizado e adaptado às necessidades modernas. A produção será realizada pela Antonov e a empresa saudita Taqnia Aeronáutica. O acordo preliminar prevê a produção de pelo menos, oito aeronaves para as forças armadas da Arábia Saudita.

A nova versão, que ostenta a marcação de An-132, caracteriza-se por possuir duas vezes o alcance, maior carga útil, decolagem curta e pouso em aeródromos não pavimentados. O avião receberá muitos componentes de produção ocidental, que certamente afetarão a sua competitividade. Os motores serão fornecidos pela empresa canadense Pratt & Whitney e aviônicos pela Honeywell. O programa pressupõe uma reformulação completa da cabine do piloto a fim de aumentar a capacidade operacional e o conforto da tripulação.

O An-32 é um turboélice popular, de asa alta desenvolvido para o transporte na década de setenta e é operado em todo o mundo. Foram construídos mais de 360 ​​exemplares, dos quais mais de 300 estão ainda em serviço ativo. A aeronave continua a ser oferecida pela empresa Antonov em muitas versões, incluindo para o transporte e variantes especiais, como combate a incêndio. As empresas ucranianas oferecem variantes melhoradas, tal como o An-32B-300 impulsionados por motores Rolls-Royce AE 2100.

Fonte: Defence 24

shared on wplocker.com