Categories
Artigos Exclusivos do Plano Brasil Aviação Defesa Destaques Geopolítica Negócios e serviços Sistemas de Armas Ucrânia Vídeo

Rollou/Vídeo: Novo cargueiro militar ucraniano Antonov AN-178

O novo cargueiro militar foi projetado com base no Antonov AN-158 de passageiros. Seu desenvolvimento teve inicio em 2010 como uma substituição para os modelos mais antigos AN-12, AN-26, AN-32 e AN-72.

Contudo, esta nova  versão de transporte difere na fuselagem devido a presença de uma porta com rampa para carregamento de cargas volumosas. No programa de cooperação industrial do AN-178 está envolvido cerca de 200 empresas de 14 países. Foi financiado com recurços proprios da Antonov e ha planos para uma verção civil.

As primeiras informações dão conta de: Velocidade >825 kh, Carga máxima >18 t, Alcance >5.500 km, Teto >12.200 m.

Texto: konner

Fotos: Marina Lystseva

 

 

 

 

 

 

 

 

2 replies on “Rollou/Vídeo: Novo cargueiro militar ucraniano Antonov AN-178”

Como destaquei no outro post sobre o assunto, este é mais um neste mercado de aviões militares de transporte pesado que aparentemente esta saturado de opções. Tentei montar uma lista com os modelos disponíveis e, quem puder, fique à vontade para acrescentar outros a lista. Na minha há 12 moddelos.
Mantive os critérios de comparação sucintos pois a mim o que interessa de fato nestes modelos é potência e alcance, mesmo de forma simplificada.
Não incluí o MTA desenvolvido por Índia e Rússia pois não encontrei dados consistentes do projeto.
Dados sobre “alcance” do KC-390 variam entre 2600 km e 6200 km.
Fontes: Wikipédia, The Aviation Zone, Military Today, Global Security

Antonov An-225 Mriya
Peso máximo de de colagem – 640 ton
Peso máximo de carga – 250 ton
Motores – 6 × ZMKB Progress D-18 turbofan, 229.5 kN (51,600 lbf) cada
Alcance totalmente carregado – 4000 km

Antonov An-124 Ruslan
Peso máximo de de colagem – 405 ton
Peso máximo de carga – 170 ton
Motores – 4 × Progress D-18T turbofan, 229.5 kN (51,600 lbf) cada
Alcance totalmente carregado – 3200 km

Lockheed C-5 Galaxy
Peso máximo de de colagem – 381 ton
Peso máximo de carga –125 ton
Motores – 4 × General Electric TF39-GE-1C turbofan, 43,000 lbf (190 kN) cada
Alcance totalmente carregado – 4400 km

Boeing C-17 Globemaster III
Peso máximo de de colagem – 265 ton
Peso máximo de carga – 78 ton
Motores – 4 × Pratt & Whitney F117-PW-100 turbofan, 40,440 lbf (180 kN) cada
Alcance totalmente carregado – 4500 km

Airbus A400M Atlas
Peso máximo de decolagem – 141 ton
Peso máximo de carga – 37 ton
Motores – 4 × Europrop TP400-D6 turboélice, 8,250 kW (11,060 hp) cada
Alcance totalmente carregado – 4500 km

Xian Y-20 Kunpeng (protótipo)
Peso máximo de decolagem – 220 ton
Peso máximo de carga – 66 ton
Motores – 4 x Soloviev D-30K, 132 kn cada (1º protótipo)
Alcance totalmente carregado – 4500 km

Antonov An-70 (protótipo)
Peso máximo de decolagem – 145 ton
Peso máximo de carga – 47 ton
Motores – 4x Progress D-27, 13.880 hp cada
Alcance totalmente carregado – 3000 km

Ilyushin Il-76 Candid
Peso máximo de decolagem – 195 ton
Peso máximo de carga – 60 ton
Motores – 4 × Aviadvigatel PS-90-76 turbofans, 142 kN (32,000 lbf) cada
Alcance totalmente carregado – 4000 km

Kawasaki C-2
Peso máximo de decolagem – 142 ton
Peso máximo de carga – 37 ton
Motores – 2 × GE CF6-80C2K1F[15], 59,740 lbf (266 kN) cada
Alcance totalmente carregado – 6500 km

Kawasaki C-1
Peso máximo de decolagem – 39 ton
Peso máximo de carga – 11 ton
Motores – 2 × (Mitsubishi) Pratt & Whitney JT8D-M-9 turbofan, 64.5 kN (14500 lbf) cada
Alcance totalmente carregado – 1300 km

EMBRAER KC-390 (protótipo)
Peso máximo de decolagem – 81 ton
Peso máximo de carga – 23 ton
Motores – 2 Turbofans IAE V2500-E5 turbofan, 35,000 lbf (160 kN) cada
Alcance totalmente carregado – 4000 km

Lockheed Martin C-130J Super Hercules
Peso máximo de decolagem – 79 ton
Peso máximo de carga – 18 ton
Motores – 4 x Rolls-Royce AE 2100D3 turboélice, 4 637 shp cada
Alcance totalmente carregado – 5200 km

RatusNatussays:

Bom, como vc pode ver o KC-390 está bem em um nicho de mercado, que é o motivo dele ter ido adiante.
Dizem que foi encomenda da FAB mas as forças não analisam o mercado. Isso é ridículo.
Conclue-se que o KC-390 foi idealizado 100% pela Embraer e foi dado para a FAB propor.

O preço do Antonov é BEM baixo. Vamos ver o que oferece… Me parece que estão desesperados.
Aposto que a antonov fecha em menos de 5 anos.

Comments are closed.