Defesa & Geopolítica

A Força Aérea do Paquistão manifestou interesse na aquisição do caça FC-31

Posted by

J31Sugestão: Dragão Vermelho- Taiwan

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

O Ministro da Defesa Rana Tanveer Hussain afirmou nesta  sexta-feira 17.04 em Dawn que o Paquistão está  discutido com as autoridades chinesas a aquisição de aeronaves FC-31.

É pela primeira vez que um funcionário sênior do governo confirmou as negociações com a China sobre a compra da aeronave furtiva de longo alcance – uma questão que tem sido objeto de especulação nos círculos de defesa desde a 10ª edição do Zhuhai Air Show (China) realizada no início deste mês, quando a aeronave foi revelada.

O Jane´s Defence Weekly citou um funcionário paquistanês anônimo, dizendo que a PAF manteve conversações com a China para a compra de 30 a 40 aeronaves de caça Shenyang FC-31 e que as discussões tinham ido além das investigações iniciais.

O FC-31 está sendo desenvolvido pela China principalmente para o mercado de exportação. As autoridades chinesas afirmam que vários países já manifestaram interesse na aeronave, que se acredita (ou alega) ser comparável aos  F-35 Joint Strike Fighter dos Estados Unidos.

Um protótipo da aeronave, designada como J-31, está sendo avaliado pelo centro de pesquisa e desenvolvimento de aeronaves da empresa chinesa Shenyang Aviation Company a um par de anos.

O que mais interessa ao PAF é que o protótipo  (J-31) do FC-31  e os caças JF-17 utilizam os mesmos motores Klimov RD-93 produzidos pelos russos .   O Paquistão olha cada vez mais para a China como uma fonte confiável para os seus contratos de defesa.

O Sr. Hussain disse que o Paquistão também estava interessado na aquisição de helicóptero helicópteros de ataque Z-10.

A China e o Paquistão co-produziram o caça JF-17. O Paquistão tem sido ansiosamente tentandos a comercializar este avião de caça.  “Temos  encomendas confirmadas do JF-17 de cerca de sete países “, disse Hussain.

O Paquistão, produz a sua versão Block-2 do JF-17 no Complexo Aeronáutico do Paquistão em Kamra e está de olho em encomendas de países do Oriente Médio e África.

“A PAF tem uma exigência de 250 aeronaves, mas agora decidimos que vamos vender alguns JF-17 Block-2 para os compradores internacionais além de cumprir a nossa demanda local”, disse o ministro.

O ministro soou otimista sobre os  quatro dias de exposição de defesa IDEAS 2014 que começam em Karachi em 01 de dezembro.  Cerca de 175 empresas, incluindo 34 empresas locais, estão participando do evento internacional deste ano.

O Sr. Hussain disse que alguns memorandos de entendimento e acordos de joint venture deverão ser assinados durante a exposição.

“O espírito básico por trás da exposição é para aumentar a interação com a indústria de defesa (funcionários) de outros países e proporcionar a exposição a nossa própria indústria”, disse ele.

Fonte: Asian Defence News

shared on wplocker.com