Defesa & Geopolítica

Airship do Brasil empresa dedicada a pesquisa e desenvolvimento de dirigíveis no Brasil

Posted by

A Airship do Brasil (ADB) inaugurou na cidade de São Carlos, em 27 de março último, suas novas instalações para continuar o seu trabalho de projeto, pesquisa e desenvolvimento de dirigíveis no país.

Sendo uma das 21 empresas das Empresas Bertolini (TBL), empreendimento genuinamente brasileiro, com 100% de capital nacional, a sua origem remonta o início na década de 90, quando o Exército Brasileiro tomou a iniciativa se aprofundar nas pesquisas a respeito da utilização de dirigíveis para realizar sua logística estratégica, se fazer presente e manter seus destacamentos na linha de fronteira, particularmente na Amazônia.

Com esse objetivo foi criado o “Projeto Dirigível do Exército Brasileiro”, tendo sido oficializada, em 1997, a participação da Bertolini como a empresa parceira.

Em 2004, o Exército coordenou a criação de uma sociedade de propósito específico (SPE), materializada na assinatura de um memorando de entendimento do qual foram signatários, além do próprio EB, várias grandes empresas, dentre elas as Empresas Bertolini. O projeto evoluiu e, em 1° de junho de 2005, formalizou-se a constituição da ADB, que teve sua primeira instalação em Barueri. A partir de 5 de outubro de 2010, a empresa transferiu a sede para a cidade de São Carlos.

Em quase 10 anos de história, a ADB trabalha em pesquisas para desenvolver aeronaves mais leves que o ar e que sejam 100% nacionais, apesar de ter por cultura a busca de conhecimentos e tecnologias mais avançadas em todo o mundo, estabelecendo parcerias estratégicas.

A empresa pretende fazer o desenvolvimento de negócios que proporcionarão a possiblidade de prestação de serviços como formação de mão de obra especializada em aeróstatos e dirigíveis (pilotos, mecânicos e tripulantes), operação e manutenção de aeronaves produzidas pela empresa, além de serviços logísticos. Também irá produzir e se estruturar para operar aeróstatos, balões e dirigíveis de carga, que representem soluções inéditas para a logística, a defesa, a segurança pública e diversas outras áreas da atividade humana.

Atualmente, além dos projetos já desenvolvidos pela ADB, que incluem dois modelos de dirigíveis não tripulado, o ADB-1 (quatro metros de comprimento e disponibilidade para 2 kg de carga paga) e o ADB-2 (16m de comprimento e disponibilidade para 20 kg de carga), estão sendo conduzidos os projetos de nacionalização do dirigível norte-americano 138S ? Skybus (que tomou a designação de ADB-3-3) e aeróstatos da família ADB-A-X, para emprego, sobretudo, em tarefas de segurança pública, defesa, telecomunicações.

Atualmente, o esforço prioritário da Empresa encontra-se na pesquisa e desenvolvimento de uma plataforma aérea com capacidade para até 30 toneladas de carga, constituindo-se como um dos insumos para cumprir tarefas de inspeção, manutenção, construção de linhas de transmissão elétrica, e logística em regiões de infraestrutura deficitária.

Fonte: C&R

shared on wplocker.com