Defesa & Geopolítica

Horas antes do cessar-fogo combates prosseguem na Ucrânia

Posted by

Nas cidades de Mariupol e Debaltsevo, controladas pelo governo de Kiev, autoridades denunciam violentos ataques poucas horas antes do acordo de paz entrar em vigor. G7 ameaça punir violações do cessar-fogo.

Poucas horas antes do inicio do cessar-fogo, que passará a valer partir da primeira hora deste domingo (15/02) no leste da Ucrânia, ataques violentos ocorreram em duas cidades da região, controladas pelo governo de Kiev.

Em Debaltsevo, o chefe da polícia local alertou que os separatistas realizam bombardeios intensos no local, na manhã deste sábado. “Os rebeldes estão destruindo a cidade. Há bombardeios ininterruptos em áreas residenciais e edifícios. A cidade está em chamas”, afirmou o chefe de polícia através de uma rede social. Ele também informou que mísseis atingiram a sede da polícia.

Debaltsevo, um centro ferroviário estratégico localizado entre as cidades de Donetsk e Lugansk – bastiões dos separatistas – tem sido alvo de violentos combates nos últimos dias, que levaram milhares de civis a abandonarem o local.

Na cidade portuária de Mariupol, autoridades denunciaram que ataques de artilharia atingiram áreas próximas ao local. A cidade é considerada um alvo estratégico dos separatistas pró-Moscou, que teriam como objetivo criar um corredor entre o território russo e a Península da Crimeia, anexada pela Rússia há 11 meses.

Os ataques ocorrem poucas horas antes do início do cessar-fogo estabelecido entre os rebeldes e o governo de Kiev, após uma maratona de negociações entre os líderes da Ucrânia, Rússia, Alemanha e França.

G7 ameaça punir violações do acordo

Os líderes do G7, o grupo formado pelo Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos, ameaçaram punir aqueles que não observarem o cessar-fogo na região.

Através de nota divulgada nesta sexta-feira, o grupo expressou sua preocupação com o aumento da violência antes do acordo de paz entrar em vigor.

“Todas as partes envolvidas devem interromper atividades que possam obstruir o início do cessar-fogo nos próximos dias”, afirma a nota do G7. O grupo alertou que milícias separatistas apoiadas por Moscou operam além dos limites estipulados, “causando inúmeras mortes de civis”.

“O G7 está de prontidão para adotar medidas adequadas contra aqueles que violarem o acordo de Minsk […] em particular contra aqueles que não observarem o acordo de cessar-fogo e a retirada de armamentos pesados”.

Fonte: DW.DE

10 Comments

  1. HMS_TIRELESS says:

    Aos bobos alegres que vêem em Putin seu super herói, e que certamente se trancam com a foto dele no banheiro, sugiro deixar de deitar falação aqui e partir para a ação:

    http://www.forte.jor.br/2015/02/12/brasileiros-pro-separatistas-na-ucrania/

    Sugiro que o nosso mais conhecido idiota a serviço dos russos, uma vez que recusou oferta de emprego gentilmente oferecida por um empresário e também jornalista, puxe a fila dos jihadistas pró-Rússia…..

    • Warpath says:

      E a vc bobo alegre que passou mais de 3 anos incentivando verbalmente o finado e falácico ataque Israelense às usinas Iranianas, sugiro deixar de deitar falação aqui e demais espaços e partir para a ação. Israel putênfia agradece o apoio moral! 😀

      Ah, e tem gente com ideias fantásticas de como a Rússia perderia para a mega poderosa OTANzinha! Sugiro tbm a esses noventistas que se juntem às ‘forças padrão ocidente’ pra tacar terror na ‘ursinha’. rsrsrsrsrs

      😀

      • HMS_TIRELESS says:

        Perde seu tempo Biltre! Israel não pode ser “Putênfia” pois lá não existe PT, e tampouco Petralhas igual a você…..hehehehehe

        Mas sim! vai continuar deitando falação aqui ou vai se juntar ao jihadistas russos?

  2. JOJO says:

    Os EUA nao querem esse cessar fogo. Os nazistas do Setor Direita rejeitam esse cessar fogo, dizendo que vao continuar atacar os novos russos do Leste da Ucrania, quem eles chamam de bandidos. Os militares novos rusos, dizem que esse cessar fogo vai fracassar como fracassou dois outros cessar fogos. So os oligargas de Putin acreditam que vai haver um cessar-fogo permanente na Ucrania..

  3. Alvez8O says:

    Em Debaltsevo foram cercadas entre 5 e 8 mil tropas ucranianas, com grande quantidade de armamento e munições.

    Conseguir fechar o Calderão de Debaltsevo , Foi basicamente a grande operação militar das repúblicas rebeldes neste quase um mês de conflito, custou muitos sacrifícios e claro que os rebeldes não irão largar este “osso”…

    BALANÇO:

    Segundo o ministro da Defesa Adjunto da “República de Donetsk”, Eduard Basurin, as perdas das Forças armadas ucranianas nesta segunda rodada do conflito, foram:

    “Desde o início da retomada das hostilidades, no prazo de 27 dias, as forças armadas da Ucrânia perderam três aviões, um helicóptero, 190 tanques, 167 veículos de combate de infantaria, blindados e MTLB, 170 peças de artilharia de campanha, 117 veículos, mortos em 2536″ – resumiu Basurin.”
    —————

    Claro que Basurin não diz quais foram as perdas do lado das “Repúblicas de Donetsk e Lugansk”…

  4. Julio Brasileiro says:

    Cada um defenderá até o ultimo minuto suas posições conquistadas com muito sangue. Gestos de boa vontade antes da hora é o mesmo que oferecer caminho livre ao inimigo para ocupar posições, só mesmo quem não faz parte deste contexto de luta por território poderia esperar gentilezas.

  5. helveciofilho says:

    (…)Os líderes do G7, o grupo formado pelo Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos, ameaçaram punir aqueles que não observarem o cessar-fogo na região. (…)
    .
    .
    Se esses patifes hipócritas acham que os federalistas irão ficar de braços cruzados enquanto o nazi-sionitas os massacre como ocorre na palestina nas mão dos queridinhos de Washington claro que não, mais uma vez; irão quebrar à cara como foi da última vez
    .
    Todos sabem que a última coisa que os EUA quer é a paz naquela região.
    .

  6. JOJO says:

    G7 grupo dos 7 paises em bancarrota, endividados e em depressao economica, vassalos dos ianques, que estao como prostitutas tentando atrair atencao dos chineses. Canada, Alemanha, Franca, Japao e Reino Unidos ja assinaram acordo com China para fazer suas transacoes economicas sem usar o dolar. E como China so compra mercadorias a precos baixo para vende-las a precos baixo, o grupo dos 7 vao ter que empobrecer sua populacao, acabando com o Estado de Bem Estar Social.

    • _RR_ says:

      JOJO…

      Você fala como se somente a Europa dependesse da China… A relação sempre foi recíproca… Os chineses precisam de tecnologia e de mercados para escoar sua produção… Logo, vão ter que buscar isso no Ocidente, posto que não vão conseguir tudo isso na Russia ou no Oriente…

      E a China só é atrativa por causa de seus preços especialmente baixos. Não fosse isso, a preferência de relações comerciais recairia sobre africanos e latinos, com sua mão de obra igualmente barata, mas custo-país consideravelmente maior.

      Países em depressão econômica…? Alemães e ingleses ainda são o baluarte econômico da Europa, e os japoneses tem uma das economias mais estáveis do mundo.

      Sobre dólar… Enquanto os americanos tiverem empresas fortes e sólidas, com capacidade real de projeção global e interesses em todo o mundo, e as mesmas continuarem na vanguarda dos conhecimentos tecnológicos essenciais, o dólar continuará sendo peça fundamental nas negociatas internacionais… Simples assim… E mesmo que muitas dessas empresas coloquem parques industriais em outros países ou sejam vendidas a terceiros, isso pouco importará se as bases de desenvolvimento forem mantidas em solo nativo.

      • JOJO says:

        O que escreves sobre China seria valido 10 anos atras. China ja conseguiu as tecnologias ocidentais. Estes transferiram o seu capital industrial para China porque em Europa e nos EUA a taa de lucro era muito baixa, uma das razoes o Estado do Bem Estar Social. Quanto o que escreve sobre os EUA vc esta repetindo o quer Obamas esta dizendo, “povo excepcional, Empresas fortes, financasd fortes etc etc. propagaqnda, propaganda propaganda. EUA deve centenas de trilhoes de dolares, que nao tem condicao de pagar. Estao em depressao economica e o dolar esta nas ultimas.

shared on wplocker.com