Defesa & Geopolítica

Cúpula de Minsk: Acordo é para depor armas no leste ucraniano a partir do próximo domingo

Posted by

Acordo de Minsk prevê retirada de tropas e reforma constitucional

As negociações do “quarteto da Normandia” deram resultado. Os participantes do grupo de contato assinaram um conjunto de medidas de implementação dos acordos de Minsk.

As principais medidas são:

– Cessar-fogo desde as 00h00 do dia 15 de fevereiro;

– Retirada dos armamentos pesados do exército ucraniano da linha atual de contato e, quanto às milícias independentistas, – da linha fixada no memorando de Minsk de 19 de setembro;

– Reforma constitucional na Ucrânia. No fim do ano 2015 deverá ser adotada uma nova Constituição no país que preveja a descentralização e o estatuto especial de algumas áreas de Donbass;

– Retirada de todas as tropas estrangeiras do território ucraniano;

– Criação de uma zona de segurança na Ucrânia com a largura de 50 a 70 quilômetros;

– Troca de prisioneiros na Ucrânia na base de “todos por todos”;

Em breve apresentaremos o texto completo do documento em português.

Fonte: Sputnik

Cúpula de Minsk: Após mais de 16 horas de negociações  chegam a acordo para depor armas

Após uma maratona de conversas que se estenderam durante toda a madrugada desta quinta-feira (12/02) em Minsk, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, da Ucrânia, Petro Poroshenko, da França, François Hollande e a chanceler federal alemã, Angela Merkel, além de líderes separatistas pró-Rússia, anunciaram pela manhã terem chegado a um acordo sobre a retirada de armas pesadas da fronteira da Ucrânia e para um cessar-fogo, que começará a valer na madrugada de sábado para domingo.

“Conseguimos chegar a um acordo nas questões principais”, afirmou Putin, visivelmente satisfeito. “Concordamos com um cessar-fogo”, declarou. O anúncio foi feito após mais de 16 horas de reunião na capital de Belarus. Segundo o presidente russo, dois acordos foram assinados: um de declaração do cessar-fogo e outro para implementá-lo.

Em uma declaração conjunta distribuída pelo Kremlin, os líderes da Ucrânia, Rússia, Alemanha e França comprometem-se a respeitar a soberania ucraniana e a integridade territorial do país. Os líderes também concordam em participar de encontros regulares para garantir que os pontos do acordo assinado nesta quinta-feira sejam cumpridos.

“O principal ponto acertado é que, de sábado para domingo, será declarado um cessar-fogo geral sem pendência de condição”, declarou Poroshenko, acrescentando que o acordo não garante autonomia a nenhuma área sob controle rebelde no leste ucraniano.

O presidente francês, François Hollande, destacou que ainda há muito trabalho a ser feito, mas que agora são grandes as chances de que a situação melhore na Ucrânia. Segundo Hollande, o anúncio de cessar-fogo é visto como um “alívio” para a Europa.

“O texto do acordo, assinado pelo ‘grupo de contato’ e pelos separatistas, trata de todas as questões. Descentralização, controle de fronteiras e retirada de armamento pesado estão incluídos no documento”, disse Hollande, ao lado de Angela Merkel.

Segundo a chanceler federal alemã, já perto do fim do encontro o presidente russo pressionou os separatistas a concordarem com um cessar-fogo no domingo, o que, segundo ela, proporcionou uma “luz de esperança” para acabar com a violência na Ucrânia.

Dúvida sobre Debaltseve

Algumas questões, porém, continuaram em aberto após a exaustiva negociação em Minsk. Segundo Putin, os rebeldes querem que as tropas leais a Kiev se rendam na estratégica Dobaltseve, cidade cuja malha ferroviária faz o transporte entre as bases rebeldes de Donetsk e Lugansk.

Segundo Poroshenko, a rendição não vai acontecer. Ele afirma ainda que as partes concordaram em ajudar a Ucrânia a retomar controle da fronteira com a Rússia, no leste.

Putin destacou que o acordo de paz contém elementos para estabelecer um status especial às regiões rebeldes e resolver questões humanitárias e relacionadas a controle de fronteira.

Armas dos EUA

Líderes europeus aumentaram os esforços para se chegar à paz na região especialmente depois que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sob pressão interna, afirmou avaliar a possibilidade de enviar armas e munição para as Forças Armadas da Ucrânia.

A União Europeia considera que a medida agravaria ainda mais o sangrento conflito, e colocaria em risco as chances de um acordo diplomático. Pelo menos 5,3 mil pessoas já morreram nos confrontos entre rebeldes pró-Rússia e tropas aliadas a Kiev no leste da Ucrânia. E a violência aumentou nos últimos dias.

MSB/dpa/afp/rtr/ap

Fonte: DW.DE

Cúpula de Minsk: Líderes da RPD e RPL assinam documento sobre a regularização da situação em Donbass

Os líderes das Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk (RPD e RPL) assinaram o documento proposto pelo “quarteto da Normandia” sobre a regularização da situação no sudeste da Ucrânia. Esta informação foi divulgada pelo líder da RPL, Igor Plotnitsky.

O líder da RPD Aleksandr Zakharchenko disse por sua vez que os pontos do documento assinado necessitam de coordenação adicional. Sublinhou, porém, que “graças às garantias dadas pelo presidente russo, a chanceler alemã e o presidente francês nós assinámos hoje um acordo que, como esperamos, porá fim às hostilidades e permitirá que a RPD e RPL se dediquem à construção da paz em favor do nosso povo”.

No entanto, Zakharchenko acrescentou que “toda a responsabilidade sobre qualquer possível violação do memorando recai sobre Pyotr Poroshenko”.

Depois disso, os líderes da RPD e RPL voltaram ao local das negociações em Minsk onde continuaram a reunião do grupo trilateral de contato sobre a crise ucraniana que inclui líderes da RPD e RPL, ex-presidente ucraniano Leonid Kuchma, o embaixador da Rússia na Ucrânia Mikhail Zurabov e Heidi Tagliavini da OSCE. Agora as negociações do grupo de contato já terminaram.

A reunião entre os líderes da Alemanha, França, Rússia e Ucrânia (“quarteto de Normandia”), iniciada na tarde da quarta-feira em Minsk, dia 11 de fevereiro, durou quase 16h seguidas.

Fonte: Sputnik

 

 

17 Comments

shared on wplocker.com