Vídeo: Primeiro voo do KC-390 flagrado por um Drone

 

O KC-390 é a maior aeronave já construída pela industria aeronáutica brasileira e estabelecerá novos padrões ao transporte militar de porte médio em termos de performance e capacidade de carga.

 

 

Com sua capacidade de 23 toneladas e velocidade máxima de cruzeiro de 465 nós (860 km/h), o KC-390 proverá significativos ganhos de mobilidade para seus operadores e considerável redução no tempo da missão.

 

14 Comentários

  1. Que responsabilidade do piloto, tem que resolver no braço qualquer coisa que (eventualmente) der errado, está dentro de um protótipo. Interessante que nessa fase me parece que o trem de pouso não é recolhido, provavelmente alguma norma de segurança.
    É um avião bonito.

  2. Que venham as versões de alerta antecipado e patrulha marítima. Eu sei que é pedir de mais, mas quanto mais encomendas melhor para a escala fora isso, realmente precisamos desses meios.

  3. Crítico…Com As Pedras Que Tu Me Atiras Construirei 1 Castelo Do Tamanho Da Sua Ignorância………

    Pedras no caminho?…Guarde todas…Um dia construira um castelo com elas…

    Transforme as pedras que você tropeça nas pedras de sua escada…

  4. Aos 2.27 aparece o drone, vermelho, voando atrás do KC-390.
    Tem gente no Youtube comentando que tinha um OVNI acompanhado avião… 🙂

    • Mas é estranho um drone daquele tamanho ter velocidade para acompanhar um avião. Claro que KC-390 estava voando devagar, mas é estranho.

    • Opção por tecnologia e conteudo nacional kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Caro Walfredo.

      Realmente existem muitos componentes importados, mas também há grande participação de empresas nacionais o que a Embraer ainda pretende aumentar.
      Cerca de 73 empreas brasileiras fabricam 5 milhões de peças por ano para nossos aviões e esse número vai subir.
      Sem contar inúmeras outras que participam indiretamnente gerando empregos e impostos.

      Não leve a sério os antibrasileiros, eles nunca sabem o que dizem.

      Parabéns a Embraer e ao Brasil.

      Sds.

  5. Sem nenhum excesso de ufanismo: Não tem nem como querer comparar o C-130 Hércules com o KC-390. Já é um sucesso. E quando chegar a versão civil então, com quarenta metros de comprimento e aproximadamente 31 toneladas de carga, não vai tem para quem queira. Olha a qualidade do material e o acabamento do avião. E em breve, virá o EMBRAER Gripen NG para se juntar ao KC-390. Pense numa dupla promissora que vai fazer o maior sucesso! Sem falar que os conhecimentos desenvolvidos e adquiridos no KC-390 serão essenciais para a EMBRAER no futuro conceber, projetar e desenvolver aviões de passageiros de grande porte. Esperem aí que daqui a dez anos, estaremos ouvindo falar EMB-250, EMB-300 e mais…Quem viver verá!

    Pátria Amada: B R A S I L !

  6. Bem colocado Maluquinho. Apesar de sonharmos como o Dudu, e realmente seria possível e até provável, nos falta LASTRO POLÍTICO para sustentar os contratempos político-econômicos que Boeing e Airbus podem criar!

    Precisamos amadurecer muito politicamente!

Comentários não permitidos.