Defesa & Geopolítica

Fuzil de precisão MTs-116M – Arma individual para problemas individuais

Posted by

O novíssimo fuzil de precisão MTs-116M, criado com base num fuzil esportivo de alta classe, foi demonstrado na exposição internacional Interpolitex 2014 que teve recentemente lugar em Moscou.

O fuzil MTs-116M despertou grande interesse entre representantes de agências de segurança. O principal know-how é o uso de um cano de compósito, nota o especialista em armas de pequeno porte, criador do site sobre armas world.guns.ru, Maxim Popenker:

“Pega-se um cano de aço de paredes finas e enrola-se em torno dele, de uma forma especial, fibra de carbono, ou seja, compósito. Isso proporciona resistência com baixo peso e boa condutividade térmica. Isto é feito para reduzir o peso e melhorar o desempenho através de uma melhor dissipação de calor, quando o cano arrefece mais depressa. Isto reduz o desgaste, porque o desgaste térmico é o mais crítico. Com boa aplicação do compósito isso aumenta a rigidez do cano e reduz a vibração. Ou seja, aumenta a precisão técnica da arma”.

O fuzil MTs-116M é projetado para atingir forças vivas desabrigadas do inimigo, bem como para operações especiais de franco-atiradores que exigem a liquidação de alvos com um (primeiro) tiro de precisão.

Ao contrário do fuzil de precisão Dragunov (SVD na sigla russa), a nova arma pertence a uma classe diferente, embora o SVD mereça os maiores elogios e supere em suas características os análogos estrangeiros. O SVD foi amplamente utilizado em quase todas as operações de combate realizadas pelos exércitos soviético e russo desde a sua adoção em serviço e revelou-se um modelo de arma de pequeno porte extremamente confiável e fácil de manusear.

Ao mesmo tempo, o mais recente MTs-116M é uma ferramenta individual para resolver problemas individuais. Ele garante um alcance de tiro efetivo de 1.200-1.500 metros, a taxa de dispersão usando cartuchos de alta precisão é inferior a um minuto de arco.

Para trabalhar com o MTs-116M é necessário um elevado nível de treinamento do atirador e munições de qualidade. Este fuzil, provavelmente, terá demanda por parte de várias agências de segurança, incluindo as forças especiais do Ministério do Interior, o FSB, o FSO e as Forças Especiais do Exército, nota Maxim Popenker.

O fuzil de precisão MTs-116M foi desenvolvido em 1997, no Bureau Central de Design de armas esportivas e de caça, em Tula, com base no fuzil esportivo de tiro único de 7,62 milímetros MTs-116, usado com sucesso por atiradores russos em competições internacionais de tiro.

Hoje, logo várias empresas russas estão desenvolvendo novos tipos de armas de pequeno porte, incluindo fuzis de precisão. De grande interesse é, por exemplo, o fuzil russo de alta precisão ORSIS T-5000. Em sua precisão, ele ultrapassa todos os análogos nacionais e a grande maioria dos análogos estrangeiros.

 

Fonte: Voz da Rússia

2 Comments

shared on wplocker.com