Defesa & Geopolítica

Imprensa internacional repercute vitória de Dilma

Posted by
Década de dominação de partidos políticos de esquerda na América do Sul se mantém com a vitória do PT no Brasil, diz o britânico The Guardian / ReproduçãoDa Agência Brasil com Milton Blay da Rádio Bandeirantes noticias@band.com.br

A vitória de Dilma Rousseff repercutiu na imprensa europeia nesta segunda-feira. O jornal britânico The Guardian estampa uma foto de militantes petistas comemorando os resultados da eleição presidencial e diz que a década de dominação de partidos políticos de esquerda na América do Sul se mantém com a vitória do PT no Brasil.

Já o norte-americano “The New York Times” noticia em sua manchete a reeleição de Dilma Rousseff (PT) com destaque para a trajetória eleitoral. “A presidente derrotou o adversário de centro, Aécio Neves (PSDB), em uma disputa tumultuada, marcada por acusações de corrupção, insultos pessoais e debates com clima quente”.

Fonte: UOL

Imprensa europeia repercute vitória de Dilma Rousseff

 

Giselle Garcia – Correspondente da Agência Brasil/EBC Edição: Graça Adjuto

A vitória de Dilma Rousseff repercutiu na imprensa europeia nesta segunda-feira (27). O jornal britânico The Guardian estampa uma foto de militantes petistas comemorando os resultados da eleição presidencial e diz que a década de dominação de partidos políticos de esquerda na América do Sul se mantém com a vitória do PT no Brasil.

O espanhol El País relembra a trajetória de Dilma Rousseff e sua luta contra um câncer em 2009, e chama a petista de “a presidenta com caráter”. O diário enfatiza a pequena margem de diferença entre ela e o candidato adversário, Aécio Neves (PSDB), e diz que “um país dividido será mais difícil de governar”.

O Le Monde, da França, traz uma foto de Dilma Rousseff durante seu primeiro discurso após a divulgação dos resultados e observa que a presidenta reeleita defendeu o diálogo e a união. O jornal enfatiza a divisão do país entre esquerda e direita, diz que o PT teve sucesso na redução das desigualdades sociais existentes no Brasil, mas que, com as mudanças no cenário internacional, não conseguiu sustentar o crescimento econômico.

No exterior, quase 142 mil brasileiros votaram para presidente da República no segundo turno das eleições. A abstenção, assim como no primeiro turno, continuou alta: 59%. O candidato Aécio Neves teve 77% dos votos dos brasileiros que vivem fora do país, enquanto Dilma Rousseff teve 23%.

Fonte: Agência ABC

Cuba diz que reeleição de Dilma é nova etapa de mudanças para o Brasil

Jornal oficial ‘Granma’ diz que reeleição dará ênfase a projetos sociais.
‘A vitória da atual presidente ratifica a busca por um país mais inclusivo’, diz.

A reeleição de Dilma Rousseff permitirá que se dê mais ênfase aos projetos sociais no Brasil, como acontece há 12 anos desde a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou nesta segunda-feira (27) o jornal oficial “Granma”.

‘Vitória de Dilma abre uma nova etapa de mudanças para o Brasil’, é a manchete do Granma, que enfatiza que seu triunfo “em uma das campanhas eleitorais mais acirradas das últimas décadas no Brasil permitirá a ela, por outros quatro anos, prosseguir com a obra econômica e social do Partido dos Trabalhadores (PT)”.

“A vitória da atual presidente ratifica a busca por um país mais inclusivo, com ênfase nos projetos sociais”, destaca o jornal.

O semanário ‘Trabajadores’, outra publicação oficial, enfatiza que Dilma “chega a seu segundo mandato depois de ter obtido importantes avanços na luta contra a pobreza, a fome e a desigualdade no Brasil, segundo reconhecem organismos internacionais como a ONU”.

Fonte: G1

71 Comments

shared on wplocker.com