Defesa & Geopolítica

Royal Air Force recebe 17 Typhoon com melhorias

Posted by

A Royal Air Force (RAF, Força Aérea do Reino Unido), recebeu os 17 primeiros Eurofighter Typhoon do chamado Phase 1 Enhancements (P1E). Com base na operação convencional e em combate do Typhoon, incluindo na Guerra da Líbia, as aeronaves receberam um pacote de melhorias que colocará a frota como uma das mais modernas em serviço no mundo.

Dentre as modificações está a inclusão de novos sistemas de armas e sensores que ampliam a capacidade de ação do caça em missões de combate ar-ar e ar-superfície (neste caso possibilita ao piloto engajar e atacar seis alvos simultaneamente).

O radar também recebeu melhorias, assim como o sistema de identificação e aeronaves amigas e inimigas.

Os aviônicos receberam novas redundâncias permitindo que alguns sistemas assumam as funcionalidades de outros que porventura sejam danificados ou sofram falhas durante a missão.

O caça recebeu novos sistemas de autodefesa e proteção; melhorias na capacidade de transmissão de informações em tempo real para forças aliadas; o designador laser Rafael Litening III; integração com a bomba guiada Paveway IV guiada por sistema de navegação inercial/GPS e laser; integração com o míssild e curto alcance IRIS-T; modernizações no cockpit em termos da interface com o piloto, reduzindo a sua carga de trabalho.

Outra vantagem e o amplo emprego do capacete Helmet Mounted Symbology System (HMSS), que permite ao piloto engajar vários alvos que estejam a frente ou abaixo da aeronave apenas com o olhar, priorizando a sequencia de ataques com comando de voz.

Até maio de 2015 outros 15 exemplares devem ser entregues. Esse pacote de melhorias abrangerá os Typhoon Tranche 2 da RAF, cuja frota é de 67 exemplares.

As próximas melhorias P2E e P3E vai proporcionar o emprego de ampla variedade de armamentos, incluindo os mísseis ar-superfície Brimstone 2 e Storm Shadow.

Fonte: C&R

7 Comments

shared on wplocker.com