Defesa & Geopolítica

Índia retém no solo toda a sua frota de caças Su 30 MKI

Posted by

SUKHOI-30Sugestão: Dragão Vermelho (Taiwan)

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

A Força Aérea Indiana Índia ordenou a manutenção em solo de toda a sua frota  de caças Sukhoi-30MKI depois de um acidente recente, as autoridades alegam que não querem colocar seus pilotos em perigo.
Os caças serão mantidos em solo  uma semana após o incidente envolvendo uma aeronave Su-30 MKI daForça Aérea da Índia que  caiu perto de Pune, levantando questões sobre o nível de segurança do caça.
Com a IAF operando perto de 200 caças bimotores Su-30MKI, os aviões em terra representam quase um terço da frota de caças do país. A Índia encontra-se agora em negociações com a Rússia para aquisição de outros 72 desses aviões deste modelo.
A IAF possui cerca de 34 esquadrões de combate, contra uma força autorizada de 44, cada esquadrão tem até 18 aviões de combate. Um oficial da IAF disse que verificações de segurança com “foco especial em assentos ejetáveis” estavam a ser realizadas. Uma fonte da Defesa Indiana informou que os pilotos do avião que caiu em 14 de outubro perto de Pune havia relatado que ouve uma “ejeção automática do assento da aeronave.”  

Fato curioso a se destacar é que um dos dois pilotos envolvidos neste acidente também esteve envolvido num dos acidentes anteriores ocorridos com outro r Su-30MKI.

Su-30 CRASH 3
Até o presente, 05 caças Su 30 MKI já sofreram acidentes nos últimos cinco anos, este último fez soar de vez o alarme na IAF. A frota de Su-30 foi aterrada pelo menos duas vezes no passado. O ex-IAF Chief Air Marechal Fali declarou que, “A frota será mantida em solo erroneamente, uma vez que não há sequer indícios sobre o que ocasionou o último incidente. isto é sério. “
Questionado sobre se a compra de Su-30 foi uma escolha duvidosa, o Marechal disse que os aviões são esplêndidos e possuim boa disponibilidade e segurança, mas IAF necessita de seriedade nas investigações para se  chegar ao fundo do problema e desvendar o que de fato ocorreu. A Hindustan Aeronautics Limited (HAL) monta e repara esses aviões na Índia.
O IAF Chief Air Marshal Arup Raha havia dito à repórteres em 04 de outubro, que a frota de Su-30 estava enfrentando alguns problemas, mas ele se recusou a explicar. O Su-30 da frota da IAF tem enfrentado um número alto de falhas de motor em pleno voo, durante os últimos dois anos, disse outro funcionário.

Fonte: Asian Defense News

11 Comments

shared on wplocker.com