Defesa & Geopolítica

Quinze fotos impressionantes sobre a montagem do maior navio cargueiro do mundo

Posted by

Maersk-Triple-E-51

 Foto 1 de 15 – O Maersk Triple-E é o maior navio de carga do mundo, com capacidade para 18.000 contêineres. O fotógrafo britânico Alastair Philip Wiper teve a oportunidade de visitar o DSME (Daewoo Shipbuilding and Marine Engineering), estaleiro sul-coreano onde nove desses gigantes estão sendo montados. Estas são suas fotos.

O Maersk Triple-E é o maior navio de carga do mundo, com capacidade para 18.000 contêineres. O fotógrafo britânico Alastair Philip Wiper teve a oportunidade de visitar o DSME (Daewoo Shipbuilding and Marine Engineering), estaleiro sul-coreano onde nove desses gigantes estão sendo montados.

Montagem do casco: o Triple-E é construído em seções. No total, cada Triple-E é composto por 425 segmentos pré-fabricados e unidos em 23 grandes blocos.

O casco do Triple-E tem 73 m de altura em seu ponto mais alto. Apenas 14,5 metros dele ficam debaixo d’água.

Pintura: o casco inferior é tratado com uma tinta marrom-escuro para impedir que organismos marinhos – tais como cracas ou bolotas do mar – se prendam nele.

Antes da pintura, os operários fazem polimento nas regiões com solda para remover imperfeições.

Hélices: os navios da Maersk são movidos por dois motores e duas hélices de quatro pás. Cada hélice pesa 70 toneladas e mede quase 10 m de diâmetro.

Carga: o Triple-E consegue levar fileiras de até 11 contêineres empilhados uns sobre os outros. Para ter acesso aos contêineres empilhados, se necessário, há escadas vertiginosas para chegar às passarelas.

Um dos motores do Triple-E, sendo levado para o navio em construção. A sala de máquinas abriga os motores de Triple-E, que geram metade de CO2 por contêiner do que outros navios de carga. Cada motor tem uma potência de 30.000 kW. Com eles, o navio se move a uma velocidade máxima de 23 nós (42,5 km/h).

Vinte navios Triple-E serão montados até 2015 em Okpo, Coreia do Sul, sob encomenda da dinamarquesa Maersk Line, maior empresa do mundo em transporte de contêineres. Mas esse não é o único navio gigante em construção no estaleiro DSME: na verdade, 46.000 pessoas estão trabalhando em 100 navios agora mesmo.

Alastair escreve em seu blog: “O estaleiro DSME é a segunda maior empresa de construção naval do mundo e um dos ‘três grandes’ estaleiros da Coreia do Sul, junto com os estaleiros da Hyundai e Samsung.”

Fotos: Sequência de 15 fotos sensacionais.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-2.jpg

Foto 2 de 15 – Montagem do casco: o Triple-E é construído em seções. No total, cada Triple-E é composto por 425 segmentos pré-fabricados e unidos em 23 grandes blocos.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-4.jpg

Foto 3 de 15 – O casco do Triple-E tem 73 m de altura em seu ponto mais alto. Apenas 14,5 metros dele ficam debaixo d’água.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-5.jpg

Foto 4 de 15 – Pintura: o casco inferior é tratado com uma tinta marrom-escuro para impedir que organismos marinhos – tais como cracas ou bolotas do mar – se prendam nele.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-6.jpg

Foto 5 de 15 – Antes da pintura, os operários fazem polimento nas regiões com solda para remover imperfeições.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-8.jpgFoto 6 de 15 – Hélices: os navios da Maersk são movidos por dois motores e duas hélices de quatro pás.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-9.jpgFoto 7 de 15 – Cada hélice pesa 70 toneladas e mede quase 10 m de diâmetro.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-10.jpgFoto 8 de 15 – Carga: o Triple-E consegue levar fileiras de até 11 contêineres empilhados uns sobre os outros.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-11.jpgFoto 9 de 15 – Para ter acesso aos contêineres empilhados, se necessário, há escadas vertiginosas para chegar às passarelas.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-12.jpgFoto 10 de 15 – Um dos motores do Triple-E, sendo levado para o navio em construção.

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-3.jpgFoto 11 de 15 – A sala de máquinas abriga os motores de Triple-E, que geram metade de CO2 por contêiner do que outros navios de carga.http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-1.jpgFoto 12 de 15 – Cada motor tem uma potência de 30.000 kW. Com eles, o navio se move a uma velocidade máxima de 23 nós (42,5 km/h).

http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-7.jpgFoto 13 de 15 – 20 navios Triple-E serão montados até 2015 em Okpo, Coreia do Sul, sob encomenda da dinamarquesa Maersk Line, maior empresa do mundo em transporte de contêineres.http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-c-Alastair-Philip-Wiper-20.jpgFoto 14 de 15 – Mas esse não é o único navio gigante em construção no estaleiro DSME: na verdade, 46.000 pessoas estão trabalhando em 100 navios agora mesmo.http://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2014/09/Maersk-Triple-E-c-Alastair-Philip-Wiper-22.jpgFoto 15 de 15 – Alastair escreve em seu blog: “O estaleiro DSME é a segunda maior empresa de construção naval do mundo e um dos ‘três grandes’ estaleiros da Coreia do Sul, junto com os estaleiros da Hyundai e Samsung.”

Fonte: Gizmodo Brasil  

4 Comments

shared on wplocker.com