Defesa & Geopolítica

Brasil busca mais Black Hawk

Posted by
Roberto Valadares Caiafa
10/9/2014

O governo dos Estados Unidos da América, através de notificação da Agência de Cooperação em Defesa e Segurança (Defense Security Cooperation Agency ) do Departamento de Defesa, tornou pública a intenção do governo do Brasil em adquirir três helicópteros militares UH-60M Black Hawk, incluindo aí oito motores T-700-GE-701C (dois reservas), 12 metralhadoras M-134 7.62mm, oito EGPS/INS H765GU (Embedded Global Positioning System/Inertial Navigation Systems), partes e peças de reposição, ferramentas e equipamento de apoio, admin/publicações técnicas, equipamento de treinamento e qualificação de pessoal técnico, serviços de engenharia e suporte técnico do fabricante, entre outros componentes e ítens de um pacote logístico. Esse contrato, quando efetivado, terá um custo estimado de US$ 145 milhões.

Um H-60L Black Hawk da Força Aérea Brasileira (Imagens: Roberto Caiafa)

O número de metralhadoras requisitadas (12), indica que mais aeronaves UH-60L/M do inventário da Força Aérea Brasileira receberão esse tipo de armamento, essencial para a proteção das aeronaves durante missões C-SAR de combate, uma das principais tarefas dos Black Hawk da FAB (considerando-se que essa compra visa incrementar a dotação desse tipo de helicóptero na Força Aérea). O Exército Brasileiro também utiliza o modelo na Amazônia, (quatro exemplares) baseados no 4º BAVEx em Manaus (Amazonas), mas de um modelo mais antigo do tipo.

Contratos serão assinados entre o governo brasileiro e a Sikorsky Aircraft (United Technologies), General Electric Engines e Dillon Aero Systems, e estes incluirão três anos de suporte de campo, treinamento de mecânicos e de pessoal técnico de manutenção.

Fonte: Tecnologia&Defesa

42 Comments

shared on wplocker.com