Defesa & Geopolítica

Ajuda militar do Ocidente a Kiev contradiz todos os acordos

Posted by

Foto: AP/Ivan Sekretarev

O fornecimento a Kiev de ajuda militar da parte da OTAN e da União Europeia contradiz todos os acordos alcançados, declarou Serguei Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia.

Anteriormente, Pavel Klimkin, ministro das Relações Exteriores da Ucrânia dirigiu, numa entrevista à estação de rádio Deutschlandfunk, um apelo à União Europeia e à OTAN o pedido de prestar à Ucrânia ajuda, incluindo militar.

“Olho para isso mal, isso contradiz todos os acordos, todos os conceitos que foram alcançados sobre a necessidade de cessar de fogo e de início de conversações”, declarou o ministro russo depois de conversações com os homólogos da Alemanha, França, Ucrânia sobre a situação na Ucrânia em Berlim.

Fonte: Voz da Rússia

UE e OTAN devem prestar ajuda militar a Kiev

A União Europeia e a OTAN devem prestar uma ajuda militar à Ucrânia, declarou o ministro ucraniano das Relações Exteriores, Pavel Klimkin, em uma entrevista concedida à rádio alemã Deutschlandfunk, cujo texto integral é publicado por esta emissora.

Interrogado sobre se Kiev está exortando a UE e o Pacto do Atlântico Norte a prestar “uma ajuda militar à Ucrânia”, Klimkin respondeu: “Sim, com certeza. Necessitamos de ajuda militar. Se a recebermos, nossas tropas terão maior facilidade em agir”.

Ainda assim, o chanceler ucraniano manifestou a esperança de que finalmente seja possível obter uma trégua e encontrar uma solução pacífica para o conflito.

Hoje, dia 17 de agosto, decorrerão em Berlim negociações entre os chefes da diplomacia da Rússia, Ucrânia, Alemanha e França.

Fonte: Voz da Rússia

5 Comments

shared on wplocker.com