Defesa & Geopolítica

Brasil pode participar de campeonato aeronáutico na Rússia

Posted by

País recebeu convite para se apresentar no Aviadarts e pode utilizar aeronaves russas no evento.

No dia 28 de julho ocorreu o encerramento do Campeonato Aeronáutico Internacional Aviadarts-2014, realizado nas unidades federativas de Voronezh e Lipetsk, na Rússia. Participaram do evento 33 tripulações da Força Aérea da Federação Russa, uma da Aviação da Marinha Russa, duas tripulações da China e duas da Bielorrússia. Adidos militares internacionais, entre eles os da Índia, Paquistão, Egito e Brasil, participaram como observadores. No próximo ano o número de participantes será ampliado.

“Gostei muito, tudo foi muito bem organizado. Foi uma excelente oportunidade de observar o trabalho dos profissionais, ver tantos aparelhos militares aéreos e avaliar as suas capacidades. Acima de tudo, fiquei surpreso e encantado com a qualidade do trabalho dos pilotos russos”, disse o adido de defesa brasileiro, Marco Antônio de Freitas Coutinho, à agência de notícias Ria Novosti.

De acordo com Coutinho, o preparo dos pilotos russos para as competições é digno de atenção especial, tanto pelas acrobacias que executam, como pela interação entre eles. Na Força Aérea brasileira, competições parecidas com o Aviadarts se diferenciam pelo fato de que são realizadas separadamente para cada tipo de aeronave.

O adido disse que no próximo ano o Brasil planeja enviar representantes de sua Força Aérea para o Aviadarts, que participariam do campeonato utilizando aeronaves de fabricação russa.

“Este ano recebemos o convite, e ele foi enviado ao Brasil para análise. No próximo ano, se for possível, não deixaremos de participar. Se o Brasil confirmar a sua vinda, nos apresentaremos utilizando principalmente helicópteros, mas todos os aparelhos seriam de produção russa”, destacou.

Segundo ele, a probabilidade de participação é muito grande, mas há alguns detalhes que devem ser considerados – o problema da distância, o planejamento e a organização do transporte das aeronaves.

Publicado originalmente pelRIA Nóvosti

Fonte: Gazeta Russa

18 Comments

shared on wplocker.com