Custos de sistema anti-míssil podem explicar operação em Gaza

Sugesão: Roberto CR

Por Rogerio Maestri

Na história sempre temos pretextos para ações militares, desde pretextos reais que são maximizados para mobilizar a população, como o assassinato do o arquiduque Francisco Fernando herdeiro do Império Austro-Húngaro em 28 de junho de 1914 que levou a primeira Guerra Mundial, como pretextos fabricados intencionalmente, como o incidente do Golfo de Tonkin, fabricado intencionalmente pelo governo Norte-americano para justificar o começo da Guerra do Vietnam.

Todos estes pretextos têm por objetivo começar uma ação militar com fundo econômico. Se olharmos a invasão da faixa de Gaza como uma consequência do assassinato de três jovens Israelenses dentro de uma área dominada pelo governo Israelense e por consequência dentro da sua jurisdição de investigação e punição dos assassinos, vemos que mais uma vez estamos a frente de um incidente que foi maximizado.

Invadir a faixa de Gaza com as baixas previstas pelo eficiente exército de Israel, não faz sentido dentro da lógica de retaliação empregada sistematicamente por esse Estado, até o dia 17 de julho foram confirmada a morte de 27 soldados israelenses e mais de 100 feridos, número de mortes que será bem amis pesado à medida que o ritmo da ação se desenvolver.

Mas qual seriam os verdadeiros motivos da invasão, os famosos túneis que cruzam a fronteira e que com a tecnologia de prospecção do subsolo que existem hoje em dia são facilmente detectados ou os foguetes Qassam que são atirados pelo Hamas sobre Israel.

Pelo número de vítimas durante o período que os arcaicos foguetes Qassam estão sendo usados, não deveria ser a causa de tão arriscada invasão, pois em mais de 14 anos de lançamento destes foguetes morreram menos israelenses do que no início desta invasão, entretanto, como diz um bom policial, para achar um criminoso procure primeiro um motivo econômico e talvez esteja por aí o motivo da invasão da faixa de Gaza.

O foguete Qassam é um parente próximo aos grandes rojões empregados em espetáculos pirotécnicos. É um pequeno conduto de aço de 11,5 cm de diâmetro, propulsionado por uma mistura de açúcar e nitrato de potássio (fertilizante agrícola) que o estopim é constituído por um cartucho de arma de fogo acionado por um prego. A carga explosiva é composta de TNT e outro fertilizante o nitrato de ureia.

Como se pode ver o Qassam é uma arma extremamente rudimentar, ultrapassada e BARATA. Se formos pesquisar na Internet a estimativa de custo de cada Qassam é de R$3.000,00 a R$1.500,00, e se feito em massa este custo pode cair ainda mais.

Após o início do uso dos foguetes Qassam, Israel desenvolveu um sofisticado sistema de proteção contra estes foguetes que na prática derruba 100% deles, logo sobre o ponto de vista de sinistralidade o Qassam é mais uma lenda do que uma arma.

Apesar de toda a disparidade tecnológica há uma disparidade maior que justifica a invasão da faixa de Gaza, o custo da defesa contra estes foguetes primitivos. No início do lançamento dos Qassam Israel começou a desenvolver um sistema eficientíssimo para intercepta-los, o chamado “Iron Dome”. Este sistema possui várias partes desde radares e centros de controle até os fantásticos foguetes Tamir, é um sistema eficiente (bem melhor do que o Patriot norte-americano) e funciona perfeitamente, com um pequeno problema O CU$TO.

Cada sistema é composto por uma base que tem um custo de implantação do sistema foi previsto um custo de US$680 milhões para o ano fiscal de 2013, e o total já deve ter ultrapassado o custo de quase meia dezena de bilhões de dólares. Porém o custo de implantação não é o único, para cada míssil Qassam lançado deve-se lançar dois mísseis Tamir,e cada míssil Tamir custa entre US$60.000,00 ou US$100.000,00 (conforme as estimativas feitas).

Quanto às guerras dos mísseis podemos resumir o seguinte. A cada míssil Qassam (US$500,00) lançado com absoluta certeza que não vai atingir nada, devem ser lançados dois misseis Tamir (US$120.000,00 ou US$200.000,00) que deverão com certeza atingir o Qassam.

Por menos recursos que tenha Hamas o custo de um lançamento dos Tamir corresponde a 240 a 400 mísseis Qassam e se o Hamas gastar US$100.000,00 nos seus foguetes Israel deverá gastar US$24 a US$40 bilhões para intercepta-los.

Fonte: Luis Nassif

62 Comentários

  1. Eu apenas poderia esperar um estelionato intelectual daquele que Reinaldo Azevedo cunhou muito bem como “Nassífilis”. E um dos efeitos da sífilis é justamente a loucura e desconexão da realidade. O que o sifilítico e chapa branca articulista esqueceu de mencionar é que o arsenal do Hamas não se resume aos Qassam. Cabe lembrar que o Hamas também possui foguetes Grad (48 Km), M-75 (75Km) e M-302 (160 Km), fornecidos pelo Irã, lembrando que ainda esse ano foi interceptado e apreendido no Mar Vermelho um grande carregamento de armas iranianas em direção à Gaza.

    • Ele deve puxar carroças nas horas vagas e esquece de retirar os “oculos de couro “,por isso a dificuldade em ter uma visao de 360G !

      • por LUCENA
        .
        .
        E nas outras horas em que ele não puxa a carroça( só nas horas vagas), você reveza com ele … Hahahahah … você deve está muito atarefado toperinha … Hahahahah

    • por LUCENA
      .
      .
      Realmente, não dá para analisar por este ângulo afinal se trata de segurança e com isso o que importa é a eficiência e isso o sistema ” Iron Dome” é excelente, isso não se deve ter dúvidas.
      .
      Enquanto os fundamentalistas cobram do palestinos,o seu arcaico sistema Qassam, pagando essa guerra com a vida( os inocentes );já para o lado dos israelitas, sai caro no bolso más, vale a pena para o cidadão israelita que pelo menos, eles souberam que o dinheiro; foi muito bem aplicado e entre o custo e benefício, a vida é ainda um bem que não se pode botar um preço. … 😉

      • O hamas é cínico como os esquerdalhas… atiram morteiros contra Israel e depois correm para debaixo das burcas de mulheres inocentes e crianças… assim fazem os PETRALHAS… roubam, desviam e manipulam e depois dizem que “não sabiam de nada”… SAFADOS…

    • “lembrando que ainda esse ano foi interceptado e apreendido no Mar Vermelho um grande carregamento de armas iranianas em direção à Gaza.”

      …e que Israel não teve sequer coragem de, FINALMENTE, invadir e destruir o Irã…

      Realmente, bem lembrado… rsrsrsrsrs

  2. Mais uma LOROTA deste irrelevante pensador , a invasao ao prostibulo de gaza se fez necessaria para descobrir e destruir tuneis e plataforma de lançamentos assim como tambem procurar pelos esconderijos das ortras armas , sem pisar em solo hostil eh praticamente impossivel realizar tais tarefas (a nao ser que resolvessem pulverizar os insectos com atomos doidoes) ,alias os bolivianos adoram este sapiente !

    • Na verdade Israel tinha planos de entrar em Gaza a muito tempo, mas esperou o momento propício em que toda a estrutura do hamas estivesse consolidada para entrar com tudo… é o tal provérbio: deixemos que o joio cresça para depois corta-lo… não convém (questão de custo) retirá-lo antes do tempo… qndo crescer, então, arrancaremos e o queimaremos de vez…

  3. O autor falou a mais pura verdade. Os foguetes dos Palestinos são bem rudimentar. Não possuem tecnologia alguma. São rojões bem melhorado.

    Se os Palestinos tivessem foguetes e mísseis sofisticados eles causariam muitos danos em Israel.

    Israel só usa como desculpa esses foguetes rudimentares para fazer limpeza étnica em Gaza.

      • Não há nada de novo, nem de inesperado no apoio da “Veja” às invasões e massacres na Palestina.    

        Roberto Civita, o falecido dono da “Veja”, é judeu nascido em Milão-Itália em 1936, fez todos os seus estudos nos EUA. O governo FHC/PSDB/DEM concedeu-lhe, em 2002, a mais elevada honraria, a de “Grande Oficial da Ordem do Rio Branco”, pelos imensos serviços prestados à direita e ao governo demotucano. Há 12 anos, a revista é importante batalhadora pela volta da direita ao poder no Brasil.

      • Olha Natimorto eu não sei onde a VEJA entra nessa história mas, falando em italianos, sei que vocês petralhas veneram o Mino Carta. Então vai essa de presente para você:

        Justiça manda revista Carta Capital indenizar Gilmar Mendes

        A Justiça do Distrito Federal condenou a Editora Confiança, responsável pela revista Carta Capital, e dois jornalistas a pagar uma indenização por danos morais de R$ 180 mil ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes.

        A decisão foi tomada pelo juiz da 21ª Vara Cível de Brasília, Hilmar Castelo Branco Raposo Filho. Ainda cabe recurso ao Tribunal de Justiça do DF.

        O magistrado entendeu que houve ofensa à honra do ministro em três textos publicados em 2012 pela revista, que apontavam o ministro como contraventor e beneficiário do esquema de corrupção do publicitário Marcos Valério de Souza, condenado pelo STF como o operador do mensalão.

        No despacho, o juiz estabeleceu que a editora e o jornalista Leandro Fortes vão ter de indenizar o ministro em R$ 120 mil. Ficou fixado ainda que a editora e o jornalista Mino Carta deverão pagar outros R$ 60 mil.

        http://folhapolitica.jusbrasil.com.br/noticias/122599245/justica-manda-revista-carta-capital-indenizar-gilmar-mendes

        PS: Como a gente sabe que a Carta Capital não vende nada, será que vai sobrar para os petralhas pagarem a indenização à Gilmar Mendes?

      • Vão fazer uma vaquinha, como aquela que fizeram para o zé larápio pagar a multa imposta pela justiça…

      • O da autoria do fantasioso “grampo telefônico” de 2012, em seu gabinete, violando a privacidade de sua chamada telefônica com aquele paladino da ética e dos bons costumes, o então senador Demóstenes Torres/DEM. Tem suas assinaturas os mais velozes (e furiosos) Habeas Corpus concedidos no Brasil dos últimos anos – aqueles que livraram o notório banqueiro Daniel Dantas das grades da Papuda.

      • Não para por aí Natimorto! Também o puxasaco mor PHA foi condenado a indenizar GIlmar Mendes:

        PHA É CONDENADO POR OFENSAS A GILMAR MENDES

        Reinaldo Chaves, Consultor Jurídico – O blogueiro e apresentador Paulo Henrique Amorim terá de pagar R$ 100 mil por ter publicado, em seu blog, ofensas ao ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes. A condenação foi mantida pela desembargadora Carmelita Brasil, primeira vice-presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, que negou os recursos especial e extraordinário apresentados por Amorim. O dinheiro será doado à Associação de Pais Amigos dos Excepcionais (Apae) de Diamantino (MT), cidade natal de Gilmar Mendes.

        O motivo dos processos foram duas publicações de 2008, quando o ministro era presidente do STF e julgou dois pedidos de Habeas Corpus do banqueiro Daniel Dantas, soltando-o depois de ter sido preso na chamada operação satiagraha.

        Paulo Henrique Amorim — que além de ser blogueiro atua como palestrante e mestre de cerimônias em eventos empresariais — insinuou, em uma montagem em seu blog, que o ministro havia sido subornado pelo banqueiro. Em um texto, dias depois, acusa Gilmar Mendes de transformar o Supremo “num balcão de negócios”.

        Representado pelo advogado e ministro aposentado José Paulo Sepúlveda Pertence e pelo advogado Diego Barbosa Campos, Gilmar Mendes (foto) ingressou com duas ações de reparação de danos, alegando que o blogueiro feriu a sua honra, além de induzir o leitor a concluir que era corrupto e comparsa do banqueiro.

        Em sua defesa, Amorim alegou que não houve ofensa à honra e à reputação do ministro. De acordo com o apresentador, as publicações “relatam fatos de notoriedade social”, em conformidade com os documentos da investigação da Polícia Federal durante a operação satiagraha. O blogueiro foi defendido pelo advogado Cesar Marcos Klouri.

        Argumentos
        No recurso especial Amorim alegou a violação aos artigos 186 e 927, ambos do Código Civil, sustentando ausência de dano moral indenizável, porque o exercício concreto da liberdade de expressão assegura ao jornalista o direito de expender crítica, ainda que desfavorável, em tom contundente e contra qualquer pessoa ou autoridade.

        Já no recurso extraordinário, após mencionar a existência de repercussão geral, Amorim indicou ofensa aos artigos 5º e 220 da Constituição Federal, argumentando que a liberdade de expressão e de imprensa prevalece frente aos direitos da personalidade. Afirma ainda, a ausência de dano moral, por inexistir nexo causal entre a veiculação da matéria jornalística e a mácula aos direitos da personalidade sustentada pelo recorrido.

        Decisão
        Para Carmelita o recurso especial não merece ser admitido quanto à contrariedade aos artigos 186 e 927 porque o acolhimento das alegações, a fim de afastar a ocorrência de dano moral, demandaria a incursão no acervo fático-probatório da causa, o que encontra impedimento na Súmula 7 do STJ, segundo a qual a pretensão de simples reexame de prova não dá oportunidade para recurso especial.

        Quanto ao recurso extraordinário, foi destacado que o Supremo Tribunal Federal já decidiu que o dano moral, quando aferido pelas instâncias ordinárias, não revela repercussão geral apta a dar seguimento ao apelo extremo, no Recurso Extraordinário com Agravo 756.917.

        A defesa do ministro Gilmar Mendes afirma que, depois dessa nova decisão, vai começar a execução provisória da sentença.

        Histórico negativo
        A atuação de Paulo Henrique Amorim (foto) em seu blog chega constantemente à Justiça. O apresentador tem um histórico de condenações por textos publicados. Já foi condenado a indenizar, por ofensas, além do próprio Gilmar Mendes, o banqueiro Daniel Dantas, o diretor geral de jornalismo e esportes da TV Globo, Ali Kamel, e o jornalista Heraldo Pereira, também da rede Globo.

        Além das ações por danos morais, o blogueiro também responde a ações penais por injúria e racismo.

        http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/147232/PHA-%C3%A9-condenado-por-ofensas-a-Gilmar-Mendes.htm

        PS: E nesse caso, quem vai pagar a indenização, os petralhas ou o bispo Macedo. Ou será que vão rachar o valor?…rs!

    • por LUCENA
      .
      .
      Sr.Bob;
      .
      Os sionistas sempre estiveram muito bem preparado para fazer essa limpeza étnica em Gaza… ( guerra ).
      .
      Basta o senhor verificar os mapas político de Israel e da Palestina, a cada ano os palestinos vão perdendo terras e ainda as suas vidas, até aqui sempre quem sai perdendo em todo os aspectos, são os palestinos.
      .
      A cupa de tudo isso, é dos EUA e da Europa pois ali, é uma região que sempre esteve sobe o controle dos EUA/OTAN e assim,sempre fizeram vista grossa aos massacres que os sionistas fazem contra os palestinos.
      .
      Nem adianta trazer os árabes para o tema pois, muitos sultanatos ( sauditas, por exemplo) são cria da aristocracia ocidental, ou melhor; muitos comem na mão do tio Sam ainda….por enquanto. 😉

      • “Os sionistas sempre estiveram muito bem preparado para fazer essa limpeza étnica em Gaza” — concordo inteiramente com essa proposição Lucena.

        Oq me irrita é a inação da comunidade internacional. Mas afinal, bem sabemos que toda guerra tem suas motivações.

      • A comunidade internacional é dominada pela comunidade ocidental, que é dominada, por enquanto pelo “boss” yanke, que é padrastro da criação disso aí. Portanto não da para esperar muita coisa a não ser algumas criticas ou lamentações protocolares.

  4. helveciofilho
    por LUCENA,

    Se o mundo fosse justo, já teriam aplicados sanções severas contra o massacre que Israel comete contra os Palestinos.

    Pra você ter uma idéia, os EUA e a UE dão mais importância para ao avião abatido com 295 passageiros na Ucrânia do que 900 Palestinos mortos por Israel. Sem contar que eles fazem vista grossa em relação ao massacres cometidos por terroristas Sírio contra a população civil e cristãos.

  5. O autor do texto é Rogério Maestri… E não Luis Nassif, que é o jornalista dono do espaço. O texto apresenta uma faceta desconhecida, além do mais é fato de que a quantidade de mortos pelos ataques do Hamas é ínfima, quando comparados com os atos de terrorismo de estado da parte de Israel.

    Mas… A invasão por terra de Gaza não está sendo um passeio, tanto, que os fascistas sionistas procuram esconder suas baixas, todavia, não conseguem esconder o seu fracasso do Youtube… Onde vemos Merkavas explodindo, comandantes sendo mortos, soldados emboscados e comandos trucidados…
    Armas e uniformes sionistas sendo expostos como troféus pelos heróis da resistência em Gaza…
    A resposta sionista, como era de se esperar, é a ferocidade dos ataques a escolas. -E o máximo que a covardia permite.
    😉

    • Esqueceu de tomar o seu Gardenal hoje rancoroso Ucraniano?

      No mais, fascista é você e os outros da sua laia!

      • Minha cara putinha sino-russo-iraniana! Eu já estive na aludida pagina e apenas me diverti com o editor, que é um desequilibrado iguala você.

      • Me responde então putinha de Teerã, onde foi parar o F-22 que teria sido abatido na Síria e que o desequilibrado lá noticiou com estardalhaço? Cadê o piloto, que teria sido “capturado”? Está vendo porque não dá para levar desequilibrados como você a sério?

      • Não vi nada demais nesse site, alias bem informativo mesmo. Mostrou bem como o Hamas é fraquinho, só sabe usar crianças como escudo mesmo, nisso são imbatíveis.

    • por LUCENA
      .
      .
      O pasteleiro virou lobisomem … Hhahahaha … se descabelou toda …. Hahahah ….haja pasteis pelo chão .. Hahahahah …
      .
      **********
      .
      Bicho Homem
      .
      .
      Eu vi o Lobisomem
      que bicho cabeludo
      eu vi o homem bicho
      eu vi o bicho homem
      eu vi o Lobisomem
      garanto não me iludo
      era um homem meio bicho
      era um bicho meio homem
      .
      Eu caminhava pela rua destraido
      quase que desprevinido
      quando avistei o homem
      eu não pensava que ele fosse virar bicho
      desses homens meio bicho
      desses bicho meio homem
      .
      Era Lobisomem, era Lobisomem
      era um homem meio bicho
      era um bicho meio homem

      .
      Chegando eu casa eu contei o ocorrido
      e porque tinha corrido desse bicho meio homem
      quem me escutava já gritava pegue o bicho
      que esse bicho eu já conheço
      ele mata mais não come
      .
      Era Lobisomem, era Lobisomem
      era um homem meio bicho
      era um bicho meio homem

      .
      .
      😀 😀 😀 😀

      • Já te disse Pastel de Vento, volta para a CEASA que a Kombi meia seis te espera! E em sua homenagem lá vai ela!

        Marcha da Kombi
        Premeditando o Breque (Premê)
        Eu economizei, mizei.
        Comprei, comprei, comprei
        Uma kombi meia seis,
        De um japonês.
        Ela é ensinada,
        Ela é uma brasa.
        Corre a beça
        E vai sozinha pro ceasa.
        Ela é uma jóia.
        Que lataria!
        Passou de trinta
        Já começa a bateria.
        Eu economizei, mizei.
        Comprei, comprei, comprei
        Uma kombi meia seis,
        De um japonês.
        Mas vou contar prá vocês
        Ela já me aborreceu
        É só ceasa, é só ceasa.
        Tem mais de um mês
        Que eu não volto para casa.
        Eu economizei, mizei.
        Comprei, comprei, comprei
        Uma kombi meia seis,
        De um japonês.

    • Cuidado Ilya, não fale contra os patrícios da menina senão ela dá um piti. Mas pelo menos essa sionista dá exemplo para muitos maus cidadãos brasileiros do que vem a ser patriotismo.

      • Realmente, VC não tem ideia do que seja ser patriota… acha que usando “brasileiro” em seu nick vc está autorizado a ser mais patriota do que quem não aceita ser esse país ROUBADO, SURRUPIADO e DEGRADADO MORAL e MATERIALMENTE PELOS PETRALHAS… ponha-se no seu lugar, TRAÍRA do povo brasileiro… quem acoita LADRÃO também é bandido…

      • por LUCENA
        .
        .
        Diferente de você capachão azul, o Sr. Julio faz jus de leva no seu nick a palavra “Brasileiro” más, já você, com esse seu nick, rsrrssr …. também faz jus e demostra que tremendo quinta coluna que você é e sempre será … Heheheheh …

    • Eh tao pretencioso ao ponto de achar que julgavamos ser o nacif o autor do texto,kkkkkkkkkkk ,talves um viagra resolva parte de seus problemas ,senhor facistinha frustado !

    • Pois é soldados israelenses morrendo por seu povo, do outro lado temos um povo palestino morrendo pelo valoroso HAMAS.

      Quanto a escolas, bom são os covardes do HAMAS que escondem explosivos em seus porões, mas p/ vc isso é uma estrategia normal.

  6. Segundo nosso Ucraniano dependente de Gardenal, O Youtube estaria repleto de vídeos de Merkavas sendo destruídos. Curioso foi pesquisar e encontro um vídeo com o pomposo título de “Hamas destruction of Israeli Merkava Tank” que pode ser visto abaixo:

    https://www.youtube.com/watch?v=cTosByiPWMo

    Contudo, o próprio Hamas trata de desmascarar a própria farsa. Ao ver o vídeo em câmera lenta tudo o que vemos é o míssil explodir antes de atingir o tanque. Cortesia do APS Trophy..rs!

  7. Se os DAM deles, os judeuss, e tão caro assim, está explicado o exercito dentro do campó de concentração de GAZA..´´a foram mortos + de 1000 Palestinos ,calma, virão mt outras mortes, e os Palestinos só , só mataram só 40 judeuss, eu pensando q matariam uns 2000 judeuss, só morreram uns 45 , calma, a guerra ianda ñ acabou; são mt ruim de mira, SÓ COMPRA MISSEIS VELHOS E OBSOLETOS se vai fazer, façam direito..seu bostas..sds. 🙁

  8. correto o autor, eu já tinha falado que era rojão de doze

    mas o autor veio e expos em números quanto é custoso ficar pagando de putenfia isruela

    se o hamas continuar o isruela vai acabar falindo rsrs

  9. Pessoal,

    Primeiramente, o Iron Domme é realmente um sistema eficiente, mas não vai fazer milagre…

    Não há sistema nesse mundo que resista a um ataque de saturação. E o fato é que uma tragédia só não aconteceu em Israel ainda porque esses foguetes são terrivelmente imprecisos, de modo que somente uma pequena porção deles chega de fato a áreas de risco… De todos os artefatos lançados até agora, se somente uns 10% deles terminasse visando um alvo especifico, é certo que uma porção deles eventualmente passaria, causando um verdadeiro massacre.

    Se há alguma razão relacionada ao sistema anti-misseis de Israel que fez o país ir a guerra, esta é a certeza de que o pior ainda não aconteceu por conta de uma conjunção de fatores, que vão desde o Iron Domme, passando por medidas preventivas da população e, principalmente, pelo fato de que os extremistas não tem nada mais preciso para usar…

    Evidente que qualquer país responsável vai a guerra com uma tabela de custos nas mãos, mas acima dos custos, há a população a ser protegida…

  10. Não sei porque a celeuma em torno do artigo. O autor argumentou bem e mostrou os números:
    – para abater 1 Qassam são necessário 2 Tamir.

    Apesar da eficiência do sistema Iron Dome, o que o articulista está destacando é que, para mitigar os efeitos do lançamento de cada Qassam, o governo de Israel gasta, no mínimo, entre U$D 120 mil e U$D 200 mil. Fora os custos com outros equipamentos auxiliares e de pessoal. É muito dinheiro gasto contra armas que, como afirma o autor, são elaboradas à partir de açúcar. E fora estes custos relacionados diretamente com a defesa ao míssil, há toda a criação de abrigos de segurança e preparação de equipes e sistemas de emergência que foram construídos em cima da fama dada ao artefato.

    O custo financeiro é alto e, em algum momento, será cobrado principalmente se a campanha for prolongada. Israel não está em uma fase em que possa queimar dinheiro. Se o sistema de abrigos continuar funcionando como está, logo começarão a aparecer notícias de que maior número de Qassam estão atingindo o solo, porém sem vítimas. Quanto ao custo para o Hamas, é só fazer uma visita ao supermercado e manter as ovelhas alimentadas para obter a matéria prima. Não dá para competir com isso.

    A propósito deste tipo de gasto, durante a primeira invasão ao Iraque na década de 1990, os militares norte-americanos relutaram muito em despachar os Patriot para Israel por este mesmo motivo: os Scud iraquianos eram, usando a expressão destes militares, grandes rojões que não compensavam o esforço e o custo de se utilizar o Patriot, um equipamento altamente especializado e caro de operar/manter. E este só foi deslocado para Israel por motivos políticos e falhou miseravelmente em sua missão. A caça ao Scud nem foi prioridade dos militares norte-americanos quando invadiram o país, o que gerou certo mal estar entre os líderes militares e líderes políticos norte-americanos. E esta é uma história fácil de conferir: está em praticamente toda biografia lançada por ex integrantes do governo Busch Snr que participaram do conflito.

    Não sei como alguém consegue usar o argumento que o texto é propaganda contra Israel, ou então tenta desqualificar a fonte porque o ex-petista arrependido Reinaldo Azevedo disse que ela não é confiável. Isso é de uma infantilidade assustadora e mostra que se quer apensas impedir que se discuta o assunto.

  11. ja ta juntando muedinhas para ajudar seu pais placebo e

    seus irmaozinhos genocidas

    tiraleite de boi

    isruel um pais que na verdade e uma ocupação com prazo de validade

    depois que tomarem um coro dos arabes nao venha contar aquela istorinha de povo perseguido

    alias o mundo esperava o que de quem matou jesus

    • Quem vai dar um “coro”em Israel? Os países árabes? Além de ser o Pol Pot do hospício você ainda não estudou história seu burro! Israel já ganhou três guerras contra os árabes e se a coisa apertar ainda tem bombas nucleares para fritar com eles. É isso que dá colocar wi-fi no hospício….rs!

      • Também, não cadearam com uma WEP adequada… qualquer maníaco passa a ter acesso e trollar na net em espaços nobres… 🙂

      • coitado do tiraleite de boi ,esse é o problema de todo sionista

        so enxergam o umbigo deles !!
        quem venceu a guerra foi os estados unidos que atacaram e até pintaram as cores de isruela em seus caças

        vocês perdem até para as crianças palestinas

        hoje em dia a fabricação de armas nucleares esta mais ampla que a sua ridícula filosofia possa imaginar

        isruela gosta apenas de ficar se gabando de ter pois sabe que é a unica maneira de se manterem por mais tempo naquele deserto

        para poderem ficar batendo cabeça no muro das lamentações

        de tanto bater cabeça naquela parede ficaram com problemas neurológicos que fizeram os isruelas a se sentirem nazisionistas poderosos indestrutível ,puro engano não passa de um pais

        fictício feito por artimanhas apenas para juntar ali desgregados de outros países

        um exemplo é você sionista declarado por que não vai morar la no deserto ????

        sabe porque ,pois não bota fé de ir para la não tem coragem !!!!

        essa é a realidade dos fatos .

      • Olha só! Pé de Poodle, o Pol Pot do hospício, resolveu pintar de hominho e resolveu grunhir suas estultices. Pena que as mesmas não sejam nem um “Rojão de 12” senão vejamos:

        “quem venceu a guerra foi os estados unidos que atacaram e até pintaram as cores de isruela em seus caças”

        Quem sequer se deu o trabalho de pintar as cores dos países árabes nos aviões, e ainda os pilotou, foram os soviéticos. E o que aconteceu? Cinco dos pilotos soviéticos foram abatidos pelos Israelenses….hehehehehe

        “Rimon 20 (Hebrew: רימון 20‎, Pomegranate 20) was the code name of a planned aerial battle which pitted the Israeli Air Force against Soviet fighter pilots stationed in Egypt during the War of Attrition. In the engagement, which took place on July 30, 1970, five Soviet flown MiG-21s were downed by Israeli F-4 Phantoms and Mirage IIIs.”

        http://en.wikipedia.org/wiki/Operation_Rimon_20

        “hoje em dia a fabricação de armas nucleares esta mais ampla que a sua ridícula filosofia possa imaginar”

        Está mais ampla por que? Agora estão vendendo urânio e plutônio na farmácia e eu não fiquei sabendo é? E outra, quem tentou fazer a sua (Iraque e Síria) foi atacado, e ainda houveram os cientistas iranianos que foram explodidos pelo Mossad……

        “um exemplo é você sionista declarado por que não vai morar la no deserto ????”

        Ué, por que você então não paga a minha passagem? Ops! esqueci que os absolutamente incapazes por moléstia mental grave, como é o seu caso, não podem celebrar negócios jurídicos.

        “essa é a realidade dos fatos”

        A realidade dos fatos é que está chegando a sua sessão de choques elétricos aí no hospício meu caro Pol Pot! Boa sorte….rs!

      • tiraleite pior cego é aquele que não quer enxergar
        arruma uma parede para você ficar batendo sua cabeça pois se vai lamentar muito ainda rs

        a parede das lamentações !!!

      • É por essas e outras que sou defensor do tratamento humanizado em instituições psiquiátricas. Toda vez que sai de uma sessão de choques elétricos o Pé de Cão volta pior..rs!

  12. Poxa, era melhor instalar o Patriot, que sistema caro esse heim?! até os mísseis são carinhos demais, e no constante enfrentamento que Israel vive isso significa muuuuuito dinheiro.

  13. Vou falar. Gostei do texto. Demonstra o quanto o Iron dome é caro e eficiente. Me fez lembrar do Rafael… rsrs. Mas um quem paga é o “contribuinte americano”, o outro é o francês, rs.

  14. e sobre o sistema sionista dizem ser eficiente
    mas seria correto nos jugarmos eficiente

    apenas por esse sistema deter rojões de 12 …..

    rojões esses que até o próprio autor do texto diz que a maioria não chega nem próximo ao alvo referido

    o sistema além de ser caro não foi testado contra algo que seja verdadeiramente uma arma de guerra um míssil

    e mostra a inoperância do estado do isruela putenfia pois eles não desenvolveram nada mais barato contra os rojões de 12 do hamas ???

    quem te governa isruela ??? extrema direitalha que envolveram seu pais em uma guerra eterna

    pois os árabes não vao sair dessa região por milênios

    esse partido de extrema direitalha ridículo ao invez de fazer uma convivência pacifica com seus vizinhos apenas fez guerras ,e usa milhões para deter rojões de 12 do hamas

    ridículos ,essa é a realidade . os sionistas não desenvolveram nada mais barato para deter rojões de 12 ,

    vai juntando muedinhas tiraleite de boi !!!

  15. O texto é bem razoável. Aliás, isso é um problema que todos os sistemas antimísseis sofrem. O custo de uma bateria para defender contra uma determinada ameaça sempre é maior que o custo para usar aquela arma/ameaça em especifico. Todo míssil antimíssil é mais caro do que o míssil que foi planejado para destruir, e o Iron Dome não é exceção. Principalmente considerando que o Hamas usam armamento bem rudimentar e por tanto, extremamente barato. Acaba sendo uma tarefa ingrata de enxugar gelo, aonde para cada foguete derrubado existem outros 10 esperando lançamento, e os custos para continuar se defendendo desse ataque de saturação são exorbitantes. É justamente por isso que país nenhum tenta criar uma zona impenetrável em suas cidades, os custos não valem a pena, esses sistemas são feitos para defender alvos estratégicos, e não posições gerais. Uma decisão política mas que tem um preço salgado. Israel tá entre a cruz e a espada, não pode simplesmente desistir da ideia do escudo, o preço político é alto demais, porém os abrigos são muito mais eficientes financeiramente.

Comentários não permitidos.