Defesa & Geopolítica

China pretende lançar seu segundo Porta-Aviões antes de 2017

Posted by

CHINA CARRIER HULL 1Sugestão: Red Dragon

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

O periódico Qianzhan.com referiu-se em 11 de junho passado à um artigo no site do semanário Jane´s Defense do Reino Unido que indicava que primeiro porta-aviõeschinês totalmente produzido localmente está sendo construído em Dalian e é esperado para ser lançado ao mar ainda antes de 2017

Ao mesmo tempo, o Kanwa Defense Review do Canadá relatou que a china já possui a capacidade autônoma de projeto e construção de seu primeiro porta-aviões e que o projeto já está se encontra em construção em Dalian.

De acordo com Kanwa, houve finalmente uma decisão de conceder o contrato para a construção no Dalian Shipyard, pondo fim à sua concorrência de 4 anos com o Jiangnan Estaleiro de Xangai.

No entanto, o que Dalian tem obtido é o contrato principal. Como a construção é um projeto enorme, existem mais de 2.000 empresas subcontratadas, cada uma das quais é responsável por algumas partes dele enquanto Dalian Shipyard é responsável pela maior parte do projeto, incluindo o casco e a montagem final do navio.

O Estaleiro Jiangnan certamente tem alguns dos subcontratos, mas não conseguiu obter o contrato principal porque Dalian tem a experiência da transformação completa do Liaoning a partir de um navio sucateado adquirido à Ucrania, tornando-o um navio plenamente operacional.

Diz-se que quando a Ucrânia vendeu o casco para a China, devido à interferência dos EUA, diversas seções internas teriam sido desmontadas o que acarretou num reprojeto do  interior do navio. Além disso, novos sistemas elétricos tubulações e sistemas de segurança tiveram que ser projetados e dimensionados para caberem no casco. o resultado final foi que surpreendentemente em tempo record, os trabalhos do Dalian resultaram num novo navio, plenamente operacional e atualizado.

Diz-se que o novo Porta-aviões não utilizará catapultas, pois a china ainda trabalha no desenvolvimento deste tipo de sistemas e ainda. Além disso, há outros processos de construção a  serem superados como processos de soldagem de chapas grossas de aço e ligas especiais necessárias para navios desta magnitude.

Em 4 de junho,  o China Science Daily reportou em um artigo que “A produção de tarugos de aço para chapas grossas devem ser resolvidos” que a China tem o material rolante de aço para a produção, mas não pode produzir os enormes tarugos de aço para alimentar a usina de laminação para a a produção de um porta-aviões de 40.000 toneladas.

Será que este problema foi resolvido? Só a Ucrânia pode ajudar a China a resolver estes problemas, mas o país está mergulhado num caos e provavelmente perderá significativamente a sua indústria naval. Diz-se que a China tem atraído  especialistas da Ucranianos, em busca de altos salários, porém é fato que ainda persistem algumas deficiência a serem resolvidas no que se refere a construção do navio.

CHINA CARRIER HULL 12

A construção está sendo realizada na velocidade surpreendente, além da imaginação”, informou o China Science Daily “A produção de tarugos de aço para chapas de aço de larga espessura  tem de ser resolvida para que o navio seja concluído “(resumo de Chan Kai Yee com base nos relatórios, em chinês).

Fonte: Tiananmen

53 Comments

shared on wplocker.com