Defesa & Geopolítica

EUA enviam porta-aviões USS George H. W. Bush (CVN-77) para o Golfo Pérsico

Posted by

O governo americano ordenou o envio do porta-aviões “USS George H.W. Bush” para o Golfo Pérsico em resposta à crise iraquiana, informou o Pentágono neste sábado.

“Isso permitirá ao comandante-em-chefe dispor de mais flexibilidade, se uma operação militar americana for deflagrada para proteger vidas americanas, cidadãos, ou nossos interesses no Iraque”, afirmou o porta-voz do Pentágono, o contra-almirante John Kirby.

Determinada pelo secretário americano da Defesa, Chuck Hagel, a ação acontece em meio a apelos para conter com ataques aéreos uma ofensiva relâmpago realizada por militantes islâmicos sunitas que ameaça Bagdá e o governo liderado pelos xiitas.

Na véspera, o presidente Barack Obama garantiu que não enviará tropas americanas para o terreno, mas todas as demais opções continuam sobre a mesa. O “USS George H.W. Bush” segue acompanhado de outros dois navios de guerra: o cruzador de mísseis guiados “USS Philippine Sea” e o destróier de mísseis guiados “USS Truxtun”, acrescentou Kirby no comunicado.

O porta-aviões deve chegar a seu destino no final do dia, completou o porta-voz. “A presença naval americana no Golfo Pérsico continua apoiando nosso velho compromisso com a segurança e com a estabilidade da região”, frisou.

AFP

Fonte: Terra

China se diz disposta a ajudar Iraque como puder

A china afirmou nesta sexta-feira estar observando de perto os desdobramentos violentos no Iraque desde que combatentes islâmicos capturaram mais duas cidades no seu avanço rumo ao sul e ofereceu ao governo de Bagdá toda e qualquer ajuda que puder dar.

A China é o principal país que explora os campos de petróleo do Iraque, que são os maiores do Oriente Médio abertos ao investimento estrangeiro, e tem um interesse natural na estabilidade do país.

“A China está prestando muita atenção à recente situação de segurança no Iraque e apoiamos os esforços do governo iraquiano para manter a segurança e a estabilidade internas. Esperamos que o Iraque consiga retornar à estabilidade, à segurança e à normalidade o mais cedo possível”, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying.

“Por muito tempo, a China tem dado ao Iraque uma grande quantidade de todos os tipos de ajuda e está disposta a fornecer qualquer auxílio que for capaz”, disse ela no seu comunicado diário à imprensa, sem dar mais detalhes.

A maior parte das instalações de perfuração e de exportação de petróleo do Iraque está no sul, onde grupos inspirados na Al Qaeda têm pouco apoio. Por isso, não se espera que sejam tão vulneráveis aos insurgentes como a infraestrutura do norte do país.

REUTERS

Fonte: Terra

2 Comments

shared on wplocker.com