Defesa & Geopolítica

Boeing inaugura Centro de Pesquisa e Tecnologia em São José dos Campos

Posted by

Roberto Valadares Caiafa

A Boeing inaugurou hoje um novo centro de pesquisa e tecnologia no Parque Tecnológico de São José dos Campos, para trabalhar no desenvolvimento de tecnologias aeroespaciais com os principais pesquisadores e cientistas do país. As atuais áreas de foco do Centro de Pesquisa e Tecnologia da Boeing no Brasil (BR&T-Brasil) são: biocombustíveis sustentáveis para aviação; gerenciamento avançado de tráfego aéreo; sensoriamento remoto; metais e biomateriais avançados; tecnologias de apoio e serviços.

“Como parte do compromisso de longo prazo da Boeing com o país, o Centro de Pesquisa e Tecnologia da Boeing no Brasil se concentrará em projetos colaborativos de pesquisa e desenvolvimento, além de projetos que beneficiarão empresas do Brasil e os próprios brasileiros. Tudo isso, dentro do escopo de apoiar as metas de desenvolvimento tecnológico da Boeing como um todo”, afirma Donna Hrinak, presidente da Boeing Brasil.

“Reconhecemos a talentosa e crescente base de expertise tecnológica e a capacidade de pesquisa no Brasil, e estamos empolgados com a inauguração do BR&T-Brasil”, diz Al Bryant, vice-presidente do Centro de Pesquisa e Tecnologia da Boeing no Brasil. “O centro vai fortalecer nosso relacionamento com a comunidade brasileira de P&D e colaborar para aumentar as capacidades do Brasil de forma que possa alcançar os objetivos de desenvolvimento econômico e tecnológico do país”.

Al Bryant, vice-presidente do Centro de Pesquisa e Tecnologia da Boeing no Brasil, Paul Pasquier, vice-presidente de Tecnologia Global do Centro de Pesquisa e Tecnologia da Boeing, Horacio Forjaz, diretor-geral do Parque Tecnológico, Donna Hrinak, presidente da Boeing Brasil e o prefeito de São José dos Campos, Carlinhos Almeida, descerram a fita inaugural do mais novo centro global de pesquisa e tecnologia da empresa estadunidense, localizado no Parque Tecnológico de São José dos Campos  – (Fotos: © 2014 Parque Tecnológico São José dos Campos)

Inicialmente, a equipe do centro trabalha em pesquisas e coordenação de pesquisas com universidades como a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade de São Paulo (USP), além de empresas como a Embraer. A equipe também trabalha com instituições de tecnologia do governo brasileiro como o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

O Brasil é o sexto país a receber o centro de pesquisas avançadas da Boeing fora dos Estados Unidos, unindo-se a Europa, Austrália, Índia, China e Rússia.

“O BR&T-Brasil vai conectar-se às atividades de pesquisa que temos em andamento em todo o mundo,” afirma Paul Pasquier, vice-presidente de Tecnologia Global do Centro de Pesquisa e Tecnologia da Boeing. “O Brasil possui alguns dos tecnólogos mais inovadores do mundo, e este centro certamente será um catalisador para permitir uma colaboração global que beneficiará tanto o Brasil quanto a Boeing”.

A Boeing é a maior empresa aeroespacial do mundo e líder na fabricação de jatos comerciais e sistemas de defesa, espaço e segurança. A empresa emprega mais de 170 mil pessoas nos EUA e em 70 países. No Brasil, a Boeing está presente por meio de dois escritórios em São Paulo e Brasília, abertos em outubro de 2011.

Fonte: Tecnologia & Defesa

 

25 Comments

  1. Blue Eyes, Na Resistência says:

    “O centro vai fortalecer nosso relacionamento com a comunidade brasileira de P&D e colaborar para aumentar as capacidades do Brasil de forma que possa alcançar os objetivos de desenvolvimento econômico e tecnológico do país”. Um tapa na cara dos antiamericanistas de plantão… estamos esperando os russos fazerem o mesmo… mas acho que não… gostam mesmo de vender direto da prateleira sem direito a reclamação posterior… 🙂

    • PÉ DE CÃO says:

      rsrs zoinho azul as vezes eu acho que o plano brasil fica esperando as pessoas postarem os textos para ninguém ser influenciado por ninguém e acabar sendo o próprio pensamento do leitor e entendimento do texto

      rsrs novamente você ficou sozinho pois colocou sua paixão yankizada na frente da logica rs

      esta na bíblia maldito o homem que confia em outro homem !!!

      então zoinho de catarata para de confiar cegamente nos yankes e pensa neles como você pensa nos russos chineses e etc e tal
      comercio o brasil tem que ter com todos no mundo mas nao coloca sua paixão na frente da razão

      para de ser fantoche de yanke !!!!

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Fantoche dos yankes, meu caro cãozinho é o seu ídolo de 9 dedos, o farol de garanhuns, o “dotô” hemorroidis causus, aquele que teve “erigida” a “hérnia” em praça pública em NY… 🙂 … vc não saberia fazer a diferença entre antiamericanismo barato e reconhecimento de fatos que realmente são necessários serem revistos… vc tenta ser original mas é mera cópia de algo que se pode chamar de patriota… vc é uma verdadeira galinha… dá pena… rsrsrsrsrsrsrs… a propósito, o iluminado de 9 dedos agora tá tentando enganar o povão dizendo que o Brasil foi descoberto no governo dele… até a PETROBRÁS foi formada sob seu iluminado reinado… formada não sei… mas delapidada… com certeza…

    • Agora falta disponibilizar a venda de ações da empresa na Bovespa, demonstrando que nos querem como parceiros e não como empregados.

  2. Julio Brasileiro says:

    Espero que venha para colaborar com o país, sem querer formar agentes para a CIA. Apesar de saber que tem muita mão obra aqui que ama tanto o país sede, que estariam dispostos a trabalhar nisso até de graça.

  3. PÉ DE CÃO says:

    tomara que não seja apenas para pegar nossos técnicos mais capacitados e levar embora no desbaratino !!!

  4. Administrador says:

    Parabéns mais uma vez São José! Um passo a frente sem dúvida. Que venham mais iniciativas como esta. Uma correção:

    “O Brasil é o sexto país a receber o centro de pesquisas avançadas da Boeing fora dos Estados Unidos, unindo-se a Europa, Austrália, Índia, China e Rússia.”

    Europa não é país.

    • Já é vista como sendo por muita gente.

  5. ARC says:

    Espero que nos agreguem alguma coisa, pois tenho receios de que só se instalem aqui para espionagem tecnológica, pois apesar de parecer tolo meu receio, nós temos avançado muito em certas tecnologias que seriam interessantes para os EUA.

    • Deagol says:

      Caro Arc!

      Concordo com você.
      Mas eu diria que cabe ao nosso governo a responsabilidade de fiscalizar e garantir os benefícios para o nosso país. Empresas querem lucro antes de qualquer coisa.

      Sds.

  6. Uma cravo e outra na ferradura, e com certeza ñ saíra nada p melhorar n caças, será total/ visando lucro p à martiz,espero estar mt errado;+,quem viver verá.Sds.

  7. Nascimento says:

    A RAPOSA E O GALINHEIRO

    (Hoje em Dia) – O escritor Hans Christian Andersen, que entendia do assunto, dizia que “os contos de fadas são escritos para que as crianças durmam, e os adultos despertem.”

    Em uma das fábulas que envolvem canídeos e galináceos, ambas da tradição lusitana, aprende-se porque não se deve deixar a segurança do galinheiro a cargo desses predadores.

    A lembrança vem à tona com a notícia, publicada pelo Valor Econômico, de que a Boeing, norte-americana, está trazendo, para o Brasil, sua divisão de Defesa, Espaço e Segurança, para tentar prestar serviços de segurança cibernética a órgãos como o Ministério da Defesa, o da Ciência e Tecnologia, grandes estatais, bancos e companhias do setor privado.

    Justamente algumas das áreas que foram mais visadas, e que, com certeza, continuam a ser  espionadas, por agências norte-americanas de informação, como a NSA, no âmbito do vasto “galinheiro cibernético” da rede mundial de computadores.

    Embora no site oficial da BDSS – o braço de defesa da Boeing – o link relativo à “defesa nacional” não leve mais a parte alguma, na seção Government Operations fica clara, como não poderia deixar de ser, a estreita ligação da empresa com o seu país de origem, onde tem fábricas e instalações em mais de 50 estados, e conta com 58 mil funcionários, e um faturamento de 33 bilhões de dólares.

    No Brasil – mesmo que contem com fortes concorrentes de outras regiões do mundo –  basta que empresas sejam norte-americanas, e tenham certa reputação estabelecida, ao longo dos anos, por meio de ações de marketing, para que as portas se abram como em um passe de mágica, muitas vezes, sem que sequer seja obedecida a legislação, do ponto de vista de licitação e contratação de serviços.

    Esse está sendo agora o caso da joint- venture assinada pela CEF com a IBM, em 2012, para prestar serviços no montante de mais de 1 bilhão de reais, que está sendo contestada e avaliada pelo TCU – o Tribunal de Contas da União.

    Na administração pública, é preciso tomar cuidado com quem se coloca dentro de casa, e  se assinam certos convênios, como foi o caso da contratação da Academi, ex-Blackwater -uma empresa privada de mercenários, acusada de crimes em várias regiões do globo –  para o treinamento de policiais brasileiros responsáveis pela segurança da Copa do Mundo.     

    No lugar de contratar empresas estrangeiras, o Governo Federal – e os estaduais – por meio do SERPRO, da TELEBRÁS, de nossas universidades e institutos de pesquisa, precisa investir em software nacional e livre, servidores próprios, e criptografia. E  estabelecer parâmetros que proíbam ou desestimulem a compra de soluções externas – principalmente de países que já nos espionaram –  nas quais, eventualmente, como a raposa dentro do galinheiro, possam vir “portas” ocultas  para dar acesso a empresas e governos de outros países a nossas informações nacionais estratégicas.

    http://www.maurosantayana.com/2014/05/a-raposa-e-o-galinheiro.html

  8. helveciofilho says:

    por LUCENA
    .
    .
    De olho neles brasileiro … com essa gente não se brinca más sim, está em prontidão. >(

    • helveciofilho says:

      por LUCENA
      .
      .
      Jornalista que revelou espionagem dos EUA criará noticiário
      .
      Glenn Greenwald, o correspondente, advogado e blogueiro que trouxe ao jornal britânico The Guardian um dos maiores eventos da década, a divulgação dos documentos sobre espionagem fornecidos pelo ex-técnico da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos EUA, Edward Snowden, está deixando o jornal para lançar um próprio, de grande escala. Greenwald deu informações sobre o novo projeto ao portal BuzzFeed, nesta terça-feira (15).
      .
      (*)fonte: [ vermelho.org.br/noticia/226928-9 ]
      .
      .
      (…) O jornal The Guardian atingiu picos importantes do jornalismo investigativo recentemente, para além das histórias sobre o programa de espionagem, com reportagens sobre o WikiLeaks, que vazou documentos sensíveis da política externa, e sobre os escândalos de escutas telefônicas da News Corporation, grupo de comunicação do magnata Rupert Murdoch. (…)
      .
      .

    • helveciofilho says:

      por LUCENA
      .
      .
      Na Copa, EUA são maior risco ao Brasil
      .
      Visitantes americanos podem trazer ao país até 225 espécies de praga inexistentes aqui, dizem pesquisadores
      Fronteira seca extensa e dificuldade de controle nos portos e aeroportos preocupam agricultores, pecuaristas e indústria

      .
      (*) fonte: assuntos militares/ Mauro Zafalon ( Colunista da Folha )
      .
      .
      (…) A maior ameaça vem dos norte-americanos, com 225 espécies. E pior: além de líder nas pragas, os EUA trazem o maior número de torcedores.
      .
      As dificuldades no controle de entrada nos portos e aeroportos e a extensa fronteira seca brasileira estão tirando o sono de produtores de grãos, proteínas e hortifrútis e da indústria de defensivos.
      .
      E o perigo é real. O rastro de pragas deixado pelas delegações que participaram da Olimpíada de Pequim, em 2008, foi longo: 44 novas espécies ficaram por lá. (…)

      .
      .
      (**) [ assuntosmilitares.jor.br/2014/06/na-copa-eua-sao-maior-risco-ao-brasil ]

      • Deagol says:

        Boa ideia, vamos fazer uma copa e proibir os turistas de entrarem no Brasil.

        “E pior: além de líder nas pragas, os EUA trazem o maior número de torcedores.”

        E não dá para perceber que são eles que trarão mais dinheiro para o nosso país. que vão consumir nossos produtos, serviços e dar empego para muita gente pobre.

        Entram turistas do mundo todo no Brasil o ano inteiro.
        A prevenção das pragas é responsabilidade do brasil, não culpa dos turistas.

        É cada uma pior que a outra…

  9. 1maluquinho 1maluquinho says:

    Eles querem apenas captarem o que puderem e prestarem serviços nada com eles nos trara nunhuma independencia em nenhum sentido e ainda nos chiparão e nos monitorarão no que puderem.
    Armam a teia para capturarem o que mais querem,nosso programa aeroespacial e o mais ambicioso,nosso programa de defesa aeroespacial.Ai estariamos ate o talo nas mãos deles.

    • Já estamos. O que se coloca é se teremos ou não condição de obter um pouco mais de independência.

  10. stadeu says:

    Pra quem se diz ter orgulho de ter 83 ano de Boing no Brasil …
    Pra mim eles estão querendo é saber como é esse papo de Flex e Biocombustível aeronáutico … zoião mesmo .

    83 anos Bahhh…

    • Deagol says:

      Empresas estão interessadas em negócios e lucros. Por acaso as empresas brasileiras que se instalam em outros países fazem isso por caridade?
      O Brasil é quem deve saber impor seus interesses.

      • stadeu says:

        Abraça …

  11. William says:

    Abraça….

  12. Carlos Augusto says:

    Detesto comunistas, essa turma de bolivarianos, cubanos, venezuelanos e “brasileiros”, me dá nojo, mas amizade dos americanos nessa altura do campeonato pode chutar que é macumba. Podem ficar lá nos EUA, que não vamos perder nada.

    • Deagol says:

      A sim, investimento em pesquisa e tecnologia com universidades brasileiras
      é uma coisa inútil mesmo.

      Deveriam criar um centro de pesquisa aeroespacial cubano ou venezuelano, ai vocês ficariam felizes.

  13. Temos de ter mt cuidado c essa tal de NSA(Nós Samos Assaltantes ) esses caras são o cão chupando manga azeda.. ;-(

shared on wplocker.com