Defesa & Geopolítica

Rússia não vai permitir guerra civil na Ucrânia – Serguey Lavrov

Posted by

O chefe da diplomacia russa, Ministro Serguey Lavrov, afirmou que a Rússia não vai permitir que um conflito sangrento ecloda na Ucrânia. “Cada vez mais e mais frequentes são os apelos à Rússia para defender [a população pacífica do Leste da Ucrânia] desta avalanche de ilegalidade desenfreada”, disse Lavrov, em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, 21, em Moscou. “Colocam-nos numa posição muito difícil”, frisou ele.

“Qualquer agente que esteja aplicando deliberadamente uma política visando a desencadear a guerra civil, na esperança de provocar um conflito de grande proporção, grave e sangrento, dedica-se a uma política criminosa. E nós não só condenamos essa política, mas também iremos suprimi-la”, garantiu o chanceler russo.

Fonte: Diário da Rússia

Governo de Kiev ordena toque de recolher em Slavyansk

A cidade de Slavyansk, na Ucrânia, está sob regime de toque de recolher. A informação foi divulgada por Vyacheslav Ponomarev , líder dos destacamentos locais de autodefesa. A medida, implantada no final de semana pela autoridade de Kiev, vigora entre meia-noite e seis horas da manhã.

Segundo Ponomarev , antes da adoção da ordem de recolher, houve confronto entre adeptos da federalização do país e as forças de segurança de Kiev. Um manifestante foi morto e dois ficaram gravemente feridos. O confronto armado aconteceu junto a um posto de controle policial. De acordo com a mesma fonte, os membros do grupo de autodefesa enfrentaram os policiais e feriram sete deles.

Slavyansk, Donetsk e Odessa estão entre as cidades ucranianas nas quais é muito forte a reivindicação pela realização de um referendo pela federalização da Ucrânia e nos mesmos moldes do realizado na Crimeia em 16 de março.

Fonte: Diário da Rússia

6 Comments

shared on wplocker.com