Defesa & Geopolítica

Navios Ucranianos não têm condição de deixar a Base naval de Sebastopol

Posted by

sevastopol

E.M.Pinto

Informações

Ria Novosti e le Pourtail des Sus Marins

Segundo informações de um correspondente da Ria Novosti em Sabastopol, na península da Crimeia, as declarações do presidente em exercício da Ucrânia Alexander Turchinov não estariam corretas e a Marinha  Ucraniana não suspendeu seus navios da base naval de Sevastopol.

Os Navios de guerra ucranianos permanecem na baía de Sevastopol, Crimeia, ao contrário das suas declarações. 

O correspondente da Agência visitou Sevastopol para garantir que que os navios não haviam sido rebocados pelos navios russos. No entanto, esses navios de guerra e submarinos não têm tripulação e não podem deixar a baía sozinhos. Em particular, o submarino Zaporozhye e vários navios de apoio da Marinha ucraniana permanecem ancorados sem tripulações.

sevastopol2

“Parece que as autoridades ucranianas não tem como saber o número exato de seus navios”, disse o chefe da administração municipal  Dmitry Belik à RIA Novosti, comentando a declaração de M. Tourtchinov que todos os navios Marinha ucraniana tinha deixado a Crimeia e Sevastopol e que estes navios teriam se dirigido para Odessa acatando as ordens de Kiev.

Na sequência de acordos entre os ministérios russos e ucranianos da Defesa, Kiev retirou seus navios da República da Crimeia que se juntou a federação Russa em meados de março. Segundo as declarações, os rebocadores russos teriam alegadamente levado os vasos ucranianos para águas neutras, onde teriam sido feitas as transferências para a Marinha de guerra da Ucrânia. Moscou alega ter entregue 12 dos 70 navios da Marinha ucraniana, porém o número de deserções e de desobediências as ordens do governo central de Kiev teriam afetado diretamente os efetivos da Marinha que basicamente é composta por militares residentes nas proximidades de Sevastopol e Odessa.

É muito provável que o efetivo destes navios tenham se juntado a onda de militares que aderiram ao movimento da Crimeia livre e que por isso os navios não teriam tripulações suficientes para suspender.

4 Comments

shared on wplocker.com