Defesa & Geopolítica

Henry Kissinger critica atitude dos políticos ocidentais em relação a Vladimir Putin

Posted by

Ex-secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger

O ex-secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger, em seu artigo no jornal “The Washington Post”, criticou os políticos ocidentais por demonizarem o presidente russo Vladimir Putin. Ele também propôs seu próprio plano para resolver a crise na Ucrânia. Ainda de acordo com Kissinger, a demonização de Putin pelo Ocidente não é política, mas um álibi que justifica a incompetência.

Segundo o ex-secretário de Estado, “a Ucrânia não deve ser um ponto de discórdia entre o Oriente e o Ocidente, mas uma ponte entre eles”. Kissinger também considera que a Ucrânia não deve aderir à OTAN ou ser um observador da Organização, mas pode cooperar relativamente com o Ocidente na maioria das questões, evitando cuidadosamente as hostilidades em relação à Rússia.

Henry Kissinger ainda cita a ligação histórica que a Rússia tem com a Ucrânia, dizendo que o Ocidente deve entender que para a Rússia a Ucrânia nunca pode ser apenas um país estrangeiro. Ele observa que a História Russa começou na chamada Kiev-Rus, a Rússia Kievana, de onde a religião russa se espalhou.

No que diz respeito à República Autônoma da Crimeia, o ex-secretário de Estado sugere que a Rússia reconheça a soberania da Ucrânia sobre a região, mas que, em contrapartida, Kiev reforce a autonomia da Crimeia, garantindo eleições naquela república autônoma com observadores internacionais.

Polêmico e controverso, Henry Kissinger teve um importante papel na política externa dos Estados Unidos entre 1968 e 1976.

 

Fonte: Diário da Rússia

4 Comments

shared on wplocker.com