Defesa & Geopolítica

Ministério da Defesa ucraniano nega que a frota tivesse saído da Crimeia

Posted by

O Ministério da Defesa da Ucrânia qualifica como “desinformação de serviços secretos estrangeiros”, as informações da mídia de que a Marinha ucraniana tivesse saído da Crimeia e que a maioria dos militares ucranianos ali aquartelados tivessem passado para o lado das autoridades da Crimeia.

“Nenhum dos navios da Marinha de Guerra ucraniana, estacionados em sua base principal – Sevastopol, abandonou a bahia de Sevastopol. Os efetivos das unidades militares aquarteladas no território da Crimeia e bloqueadas por indivíduos armados, mantêm a calma e procuram, através de negociações, evitar o derramamento de sangue. Os militares das Forças Armadas da Ucrânia se negam a cumprir a exigência de depôr as armas”, declarou o Ministério da Defesa.

Fonte: Voz da Rússia

Navios de guerra ucranianos se retiram da Crimeia

 

Getman Sagaidachny, fragata, navio, ucrânia, marinha, Guarda Costeira, crimeia

Foto: ru.wikipedia.org/Stanislavovich/cc-by-sa 3.0

Todos os navios da Guarda Costeira da Ucrânia saíram da Crimeia, tendo atracado nos portos de Odessa e Mariupol, informou o Serviço de Guarda-Fronteiras da Ucrânia.

Na informação se assinala que todas as unidades dos grupos de Sevastopol e de Kerch, da Guarda Costeira, continuam de plantão, protegendo a fronteira nacional.

O Serviço qualificou a situação na fronteira, em geral, como calma, tendo assinalado que a Crimeia é a única região com problemas.

No sábado, a fragata Getman Sagaidachny, navio-insígnia das Forças Navais ucranianas, abandonou a base de Sevastopol. A mesma ordem foi recebida também pelos demais navios da Marinha ucraniana que se encontravam ali ancorados. Os navios da Guarda Costeira abandonaram esse porto na véspera.

Fonte: Voz da Rússia

4 Comments

shared on wplocker.com