Defesa & Geopolítica

Militares já sabem que “Sininho” tem cursos de ativismo político e agitação em Cuba e na Rússia

Posted by

1656050_228826923967155_635775022_nMilitares já sabem que Sininhotem cursos de ativismo político e agitação em Cuba e na Rússia

NOTA DO PLANO BRASIL: “ As multidões não incidem na desobediência por consenso geral, mas por instigação de uns poucos que, agindo mal em grupos, esperam ficar impunes de suas culpas e iniquidades.

Entretanto, se a extrema urgência sugerir o remédio da espada (*), cumpre reprimir os criminosos segundo o costume antigo, de modo que a todos se estenda o temor e a poucos o castigo.”

Vegécio (Publius Flavius Vegetius Renatus, escritor do Império Romano do século IV d.C.)

(*) Gládio 

Militares já sabem que “Sininho” tem cursos de ativismo político e agitação em Cuba e na Rússia

Não há mais dúvidas da relação entre os protestos violentos nos grandes centros urbanos e as intenções de agitação profissional para preparação revolucionária, financiadas por esquemas transnacionais de extrema esquerda. A inteligência das Forças Armadas acaba de descobrir que a ativista conhecida no facebook pelo codinome de “Sininho” (alusão indevida a uma das fadinhas da Disney) tem formação em ações de guerrilha e terror urbano em Cuba, e provavelmente na Rússia.

Militares já sabem que Elisa de Quadros Pinto Sanzi, de 28 anos, que posa como a patricinha “Sininho” nas redes sociais e já foi detida em várias manifestações, fez pelo menos quatro viagens a Cuba. Uma delas teve duração de seis meses (em geral, o tempo dos cursos de formação revolucionária da juventude na pobre Ilha Perdida dos milionários Irmãos Castro). Também foi registrada pelo menos uma passagem da jovem agitadora pela Rússia – onde ONGs promovem treinamentos de ações de guerrilha urbana e terrorismo.

“Sininho” já é investigada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, depois de repetidas detenções em manifestações violentas. No dia 19 de janeiro de 2014, chegou a ser levada para a delegacia por ter chamado um PM de “macaco”. Ela já responde a dois inquéritos por formação de quadrilha. Natural de Porto Alegre, Sininho deve ser investigada também pela Polícia Federal. A jovem possui duas carteiras de identidade, com números diferentes.

Mesmo assim, continua livre, leve e solta… E posando de mocinha radical chic nas fotos, como na segunda-feira, quando compareceu a uma delegacia, no Rio de Janeiro, para prestar depoimento sobre uma eventual colaboração aos suspeitos de envolvimento no tiro de rojão que matou o cinegrafista da Band Santiago Andrade.

Fonte: Alerta Total 

Leia também:

Esse “sino” toca diferente…

Os Serviços de Inteligência dos Militares afirmam que Sininho tem formação de guerrilha e terror urbanos.

Elisa Quadros esteve quatro vezes em Cuba participando de Cursos de Ativismos. … (acerca do) processo de implantação de uma ditadura do proletariado no Brasil. … (e assim) mais adiante fazer as mudanças na Constituição (Federal), na política e na sociedade e institucionalizar o inferno no Brasil.

Fonte: Partido Militar Brasileiro 

71 Comments

shared on wplocker.com