Defesa & Geopolítica

China – Principal potência comercial, superando os Estados Unidos

Posted by

Com corrente de comércio de US$ 4,1 tri, país passou Estados Unidos em 2012

Quatro anos depois de se tornar, em 2009, o maior exportador mundial, a China fechou o ano passado como principal potência comercial, superando os Estados Unidos.

Em 2013, a corrente de comércio (exportações mais importações) da China atingiu US$ 4,16 trilhões, segundo dados da Administração Aduaneira chinesa. Já a corrente de comércio dos EUA, até novembro, ficou em US$ 3,5 trilhões. Embora ainda falte registrar os negócios de dezembro, analistas descartam ser impossível os norte-americanos ultrapassarem os chineses.

Para a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) – que reúne os 32 países mais industrializados – o gigante asiático vai se tornar a primeira economia mundial em 2016, ultrapassando os EUA.

O país, segundo a Agência Internacional de Energia (EIA, na sigla em inglês), já se converteu no maior importador de petróleo do mundo a partir de outubro.

Ano passado, a corrente de comércio da China cresceu 7,6% sobre 2012. E cerca de 10% do comércio mundial de mercadorias têm como destino e origem a China, contra 5% dez anos antes.

As exportações do gigante asiático cresceram 7,9%, ano passado, para US$ 2,21 trilhões, enquanto as importações somaram US$ 1,95 trilhão, incremento de 7,3% sobre o ano anterior. Com isso, o país gerou superávit comercial US$ 259,8 bilhões, mais 12,4% sobre 2012.

Em dezembro, as exportações chinesas tiveram forte desaceleração, crescendo 4,3%, em relação ao mesmo mês de 2012, após avançar 12,7%, em novembro, também na comparação anual. Já as importações, na mesma comparação, avançaram 8,3%, em dezembro, contra 5,3%, em novembro. O movimento confirma a mudança de estratégia do governo de menor dependência das exportações e fortalecimento do mercado interno.

 

Fonte: Monitor Mercantil

13 Comments

shared on wplocker.com