Defesa & Geopolítica

PAK FA alcança importantes progressos em 2013

Posted by

Sukhoi PAK-FA T-50
Rustam, Moscou

Texto, tradução e adaptação: E.M.Pinto

Os últimos meses têm sido marcados por um progresso significativo no avanço do programa do caça russo de quinta geração PAK FA.

Em 27 outubro de 2013 em Komsomolsk-on-Amur voou o quinto protótipo do caça PAK FA, a aeronave T-50-5.

Em 20 de novembro, a aeronave foi submetida aos testes no aeródromo de “Instituto de Pesquisa de Vôo – Gromov” em Zhukovsky, perto de Moscou. No início de 2014 dar-se-ão prosseguimento aso testes avançados que estão programados para a conclusão em 2015. Até o momento do primeiro vôo do T-50-5 foram mais de 450 voos efetuados pelos quatro primeiros protótipos do T-50, iniciados pelo protótipo T-50-1 em 29 de janeiro de 2010.

em Komsomolsk-on-Amur a planta aviação que leva a homenagem a Yuri Gagarin construíu  mais quatro outros protótipos, as aeronaves T-50-6-1, T-50-6-2, T-50-7 e 8, que deveria ser apresentado antes do final de 2014.

Progressos nos sistemas embarcados.

Como parte do programa PAK FA estão em desenvolvimento dois promissores turbofans para esta aeronave, os dois projetos são executados sob os auspícios da “OPK” Oboronprom “grupo integrado ao motor – OJSC”. Nas instalações da  United Engine Corporation “(APC) atualmente, foi realizada a primeira fase de testes do AL-41F1, desenvolvido pela JSC “NPO” Saturno “, cuja produção ficará a cargo da JSC do grupo UMPO. O AL-41F1 terá um empuxo máximo de 14.500 kg e é mais um desenvolvimento da família bem conhecida dos motores AL-31F o qual usa o motor compressor modificado do AL-41F, anteriormente desenvolvido para um extinto programa de caça de quinta geração idealizado na era soviética sob o código IMF.

NPO-Saturn-51_0_5_Plus

Até o momento, foram produzidos 18 motores AL-41F1 do primeiro estágio, dos quais encontram-se em ensaios de bancada e os demais estão incorporados nos protótipos de voo dos caças T-50 que executam extensos testes em voo real.

No estágio atual de desenvolvimento sobre os elementos básicos do AL-41F1 alcançam 750 horas antes da revisão, este índice já os indicam para entrada em produção  pela UMPO.

Para maior performance, o PAK FA contará com um segundo motor em desenvolvimento  cujo empuxo será de 16.000 libras ou mais, o que deve ser levado a produção de cerca de 2020. O desenvolvimento do motor do segundo estágio é executado em cooperação entre a divisão das empresas “Motores para aviões de combate” JDC, e KB-integrador,  UMPO – OKB, Lyulka “.

Ao longo do programa também se juntou ao grupo a FSUE, STC  de Moscou) e JSC e NPP. Além disso, o trabalho envolve os designers de “NPO” Saturno “(Rybinsk) incluído  outra Divisão JDC -” Motores para aviação civil “. Os motores serão produzidos na fábrica da UMPO.

Sukhoi PAK-FA T-502
Os trabalhos no motor do segundo estágio do PAK FA incluem pesquisa para desenvolver um novo gerador de gás que compreende um compressor de cinco estágios de alta pressão, câmara de combustão e turbina em fase de alta e baixa pressão, bem como a pesquisa sobre o desenvolvimento de três estágios de compressores de baixa pressão.

Até o final de 2013 deverá estar concluído o projeto de engenharia do motor do segundo estágio e lançada documentação para a fabricação e núcleo motor. Em 2014, a produção está programada para ocorrer nas instalações da UMPO onde no mesmo ano iniciam-se os testes de bancada e geradores de gases-piloto e de demonstração do novo motor.

untitled

Os sistemas de controle de armas e Radar AESA, W-121 e N036 foram criados pelo Instituto de Investigação Científica Tikhomirov” (INPI Zhukovsky).

A estrutura é composta por cinco Radares N036 AFAR –  X-band, dispostos na frente da fuselagem,  são eles, dois AFAR sidescan N036B e N036B-01, e dois AFAR N036L N36L-01  L-band posicionados a meia asa, concebidos para fins de identificação e detecção.

Também foram desenvolvidos os sistemas de computador N036UVS RLC. Os testes de vôo dos protótipos de RFCs W-121 têm sido realizados desde julho de 2012, nos protótipos T-50 3 e 4 e agora na configuração mais completa,  será realizado no T-50-5. A produção em série de RFCs W-121 será realizada na JSC Ryazan, GRPZ.903394_original

O maior progresso no desenvolvimento da W-121 RLC é produção em massa o principal elemento de radar Afar os transceptores de módulos. A produção de tais módulos – amplificadores de microondas de banda larga para PPR, é um tipo de circuito integrado monolítico GaN. Estabelecida na FSUE “Científico-Industrial, Istok, região de Moscou, incluída na composição da Roselektronika.

O desenvolvimento dos módulos para o radar microondas N036 microondas teve seu desenvolvimento iniciado em 2003. 
O grande avanço ocorreu nos últimos quatro anos e a “Istok”  inaugurou a linha-piloto para a montagem, configuração, testes e produção em massa dos  sub-módulos do AFAR com capacidade de produção de 100 mil unidades por ano, isto após o sucesso no desenvolvimento da tecnologia que desde que a partir de 2010 produz série e a baixa temperatura multi-camadas de cerâmicas, a empresa, afirma ser possível estender a produção para 200 mil conjuntos de peças por ano.

O desenvolvimento de armas guiadas para o PAK FA ficou acargo dae Tactical Missiles Corporation. Os sistemas de mísseis ar-ar estão incluídos no Tactical Missiles Corporação JSC Moscow “State Bureau” Vympel. Para o PAK FA a “Vympel” está desenvolvendo novas gerações de mísseis de curto elongo alcance bem como os sistemas de alojamento interno para estas armas.

Na área de armas de curto alcance, o trabalho está em andamento para modernizar a família dos mísseis R-73. A principal direção da modernização foi a criação do “produto 760” (RVV-MD), a chamada “segunda fase da modernização.” Características foguete backfilled equipando seu sistema combinado de controle constituído por um buscador de calor, um sistema inercial (MIS) e correção de  receptor de radarOs mísseis poderão executar a aquisição do alvo mesmo após o seu lançamento .
Segundo a Vympel os testes demonstraram que os mísseis podem capturar o alvo mesmo após uma inversão de trajetória de 160 graus, as novas armas estão prontas para a produção em série.
Além deste desenvolvimento um novo míssil de curto alcance, altamente manobrável e designado K-MD está em desenvolvimento. O míssil é equipado com uma matriz térmica habilitada a possibilidade de reconhecimento um maior alcance de captura de cerca de duas vezes superior aos atuais, algo estimado em cerca de 80 km.
O motor com dual-mode permite operação de até 100 segundos, e o dispositivo de controle de fluxo de gás possui três canais. Os teste de lançamento desta nova arma estão previstas para  ocorrer nos anos 2014-2015.
No campo das armas de médio alcance destaca-se a modernização do R-77 com uma versão melhorada do foguete . A próxima etapa da modernização desenvolverá a arma RVV-SV. Que terá os seus tradicionais lemes dobráveis por sistemas fixos. O míssil está equipado com um novo radar multi-modo ativo-passivo  e de acordo com os dados conhecidos, a produção de RVV-DP deve ser iniciada em 2013.
Paralelamente ao R-77 um novo projeto de míssil de uma nova família encontra-se em estágio avançado de desenvolvimento, em breve teremos mais informações sobre este projeto.
Na área de armas de longo alcance para o PAK FA a “Vympel” está trabalhando em atualizar o R-37 o qual pode ser transportado nos compartimentos interiores do PAK FA. Os testes estão programados para 2014-2015.
Como armamento ar-superfície a Tactical Missiles Corporation está desenvolvendo novas armas baseadas nas bombas KAB-250 presumivelmente dotadas de sistemas de guiagem via Glossnas combinados com sistemas de orientação semiativo a laser. Uma nova geração de mísseis anti radar mísseis anti-radar Kh-58USHK o qual já foi demonstrado na MASK em 2011, já efetuou seus testes de voo e prepara-se para igualmente entrar na linha de produção.

Uma nova geração de mísseis modulares de curto alcance baseado na família Kh-38 deverá em breve ser testada as armas terão capacidades de engajamentos de alvos sobre quais quer condições e superfícies.

904419_original

1-O quinto Protótipo do PAK FA T-50 Numero 055 da cauda. Em novembro de 2013 em Komsomolsk-on-Amur K.

 

[embedplusvideo height=”395″ width=”650″ editlink=”http://bit.ly/19NDj7Z” standard=”http://www.youtube.com/v/SzYs_-zuq9w?fs=1″ vars=”ytid=SzYs_-zuq9w&width=650&height=395&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep4436″ /]

63 Comments

  1. Uma nova geração de mísseis modulares de curto alcance baseado na família Kh-38 deverá em breve ser testada as armas terão capacidades de engajamentos de alvos sobre quais quer condições e superfícies.

    904419_original ==== Estão armando bem o falcão…parabéns aos Russos.sds.

    • Alvez8O says:

      Com esta camuflagem (Pak Fa da última foto, Numero 055 ) está mais para “Tubarão”…!

  2. Rafa_positron says:

    Isso é um tapa com luvas de pelica nas ventas daquelas que nós conhecemos muito bem…

    E tome crise dos anos 90 !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. O mais impressionante nem é o PAK-FA, o que impressiona é que vão começar a desenvolver um avião de sexta geração a partir de 2016, no máximo 2017.
    Além de outro de quinta geração, que será o irmão menor do T-50, e que provavelmente ficará pronto até 2020.

  4. BrunoFN says:

    Um belíssimo caça .sem duvida alguma ele sera superior ao F-35 … e mais barato … .mesmo q remota …ainda sonho em ver esse vetor nas cores da FAB …..agora caso …se confirme q a FAB e o Gov Brasuca descartaram por por completa a aquisição de vetores russos (…falo isso em relação a esses 2 vetores YAK 130…e o T-50….) ….. em prol … de um único vetor ,(Gripen NG … q tem as suas vantagens .. mais n podemos ficar dependentes desse caça… so ele vai fazer nossa defesa aerea .. e um erro grave ) …. e somente ele .. sem diferencial algum …… me nego a acreditar q esse pais seja serio de fato … Gripen NG + PAK .. e o q o Brasil precisa

  5. HMS_TIRELESS says:

    Um press release com o padrão Putin de qualidade…..e enquanto isso os problemas do projeto (Incapacidade da indústria russa de fazer módulos AESA, RCS que teima em ficar alto) vão sendo solenemente ignorados…..rs!

    • Wolfpack says:

      Conte comigo quantos PAK-FA protótipos os Russos produziram desde 29 de Janeiro de 2010? 5 protótipos. Agora me diga quantos. Gripen NG foram produzidos, pode ser os DEMOs desde 2008?
      Tireless, este Gripen NG é a maior furada em que este País já se meteu. Será um rombo maior que o AMX, e tem gente graúda na FAB torcendo pra isso acontecer.
      Vamos olhar para nosso umbigo primeiro antes de tecer alguma crítica aos russos.

    • Equívoco HMS, o Radar saiu d abancada de testes desde 2012, Já está embarcado no protótipo 5 e segue para a produção, o código N-036 refere-se as antenas que congregam o sistema composto do radar que não é só o principal.

      Se olhar o protótipo 05 verá modificações estruturais nas tubeiras, quanto a o RCS, da mesma forma que as manchetes russa podem estar exagerando, Os dito especialistas brasileiros também, aliás dou mais crédito aos Russos do que a parafernalha brasileira paga que inclusive negava até a lama que a Rússia seria capaz de manter a Sukhoi aberta, desenvolver o Su 35 e o PAK FA.
      Os números tem se mostrado totalmente revés a estes “especialistas” o que não era de se espantar.
      Desde 2012 ele já está integrado aos protótipos, se eu não estiver errado, o 3 4 e 5 respectivamente.
      http://www.flightglobal.com/blogs/the-dewline/2012/08/sukhoi-starts-testing-new-aesa/
      MAs esta informações, não constam nos sites dos especialistas

      • UM exemplo clássico é a tal história do motor AL-41, ele já havia voado no Berkut nos anos 90.
        O Atual motor do PAK FA no entanto é uma modificação dele, o caça já tinha o seu motor, optou-se por desenvolver uma versão mais potente.
        Além disso, como previsto em 2020, uma nova variante provavelmente a AL-51 será o motor definitivo.
        Mas os especialistas ainda teimam em dizer que o AL-41 será desenvolvido ainda, sendo que já existe a pelo menos duas décadas

      • Ou melhor desde 1982 quando equipou o Foxbat

      • HMS_TIRELESS says:

        Grande Edilson:

        A questão não é o radar como sistema em si mas sim a incapacidade atual dos russos em produzir em escala industrial o Radar desenvolvido para o aparelho. Segundo a rportagem que acostei abaixo, os módulos TRM seria praticamente montados à mão. E como o amigo, profundo estudioso de história militar sabe, isso pode ser fatal. Basta lembrar o Dewoitine D-520.

        De igual forma, os problemas no RCS da aeronave são muito sérios, especialmente pelo fato de sabermos que os russos abriram mão de furtividade em troca de manobrabilidade, em um projeto que originalmente é menos furtivo que o F-22 e o F-35.

        Por fim, quanto aos motores, é fato sabido que os protótipos voam com os mesmos motores do Su-35. E como já podemos observar, os motores da aeronave não possuem qualquer medida para redução da assinatura IR, ao contrário do que se observa no F-22 e no F-35.

  6. HMS_TIRELESS says:

    Isso a propaganda Putiniana não diz:

    Existem várias incertezas sobre o futuro do projeto do caça de quinta geração da russa Sukhoi, o Perspektivniy Aviatsonnoi Kompleks – Frontovoi Aviatsii ( PAK -FA )/T -50. Estas dúvidas são originadas por problemas com os subsistemas principais, os atrasos com a introdução da aeronave em serviço e os planos para cobrir parte dos custos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), fazendo da Índia um parceiro de desenvolvimento da aeronave.

    O birô de projetos de radares russos NIIP, tradicional fornecedor de radares para aeronaves da família Sukhoi, desenvolveu modelos do protótipo do radar de varredura eletrônica ativa (AESA) N050. “Os resultados dos ensaios de voo do radar instalado em um dos quatro T-50 são muito impressionantes”, segundo um analista do setor aeroespacial russo familiarizado com o programa. No entanto, o N050 é um produto montado à mão e “atualmente a capacidade da base industrial para produzir o N050 em série não existe”, disse o mesmo analista. Além disso, “os TRM [módulos de transmissão/recepção] são produzidos na companhia militar de eletrônica Istok em uma escala limitada, tornando o custo do radar proibitivo”.

    Na mesma linha, os painéis compostos do T-50 de também são feitos à mão utilizando a mesma tecnologia básica empregada na família de aeronaves acrobáticas da Sukhoi.

    A maior parte do motor de quinta geração que deve equipar as versões futuras do T-50 ainda está no papel, dizem os especialistas russos. As aeronaves de ensaios em voo são movidas pelo mesmo motor Saturn 117S que é instalado no Su-35, e este também será o motor dos lotes iniciais de produção do T-50.

    Acima de tudo, sem alterações na aeronave é questionável se o T-50 vai ser realmente um projeto de baixa observabilidade. Diversos aspectos da aeronave, da forma como estão configurados atualmente, produzirão assinaturas de RCS (seção reta-radar), bem como IR (infravermelho) inaceitáveis de acordo com especialistas da indústria dos EUA que conversaram com a AIN.

    Outro fator é que o programa T-50 foi considerado economicamente viável somente se a Índia a comprar pelo menos 250 dos aviões, e também compartilhar os esforços de P&D. Mas a Índia está planejando adquirir apenas perto da metade desse número de aeronaves de caça de quinta geração. Fontes do Ministério da Defesa indiano disseram que eles não podem custear tanto o programa do T-50 como o do Dassault Rafale, que foi escolhido como o vencedor na competição MMRCA. Se a situação chegar no nível “”ou esse ou aquele”, o T-50 pode ser descartado em favor do caça francês e assim a Índia não colocaria todos os seus ovos na cesta russa.

    http://www.ainonline.com/aviation-news/ain-defense-perspective/2013-09-20/various-obstacles-confront-russias-t-50-project

    • Wolfpack says:

      Pinçou matéria da concorrência pra denegrir o T-50.
      http://www.aereo.jor.br/2013/09/23/incertezas-do-programa-pak-fa/
      Que vergonha!

      • Felipe Rodrigo says:

        Exite robô avançado o suficiente para construir partes da asa de um avião sem ajuda humana?
        Como eles acham que os F-35 e os F-22 são construídos?
        Outra pergunta,como que esses especialistas da indústria dos EUA sabem que RCS do PAK-FA são inaceitáveis,eles tem o projeto para fazer testes?
        Por a caso o PAK-FA já termino? já esta na sua versão Final?
        E porque justamente ”especialistas da indústria dos EUA” que foram usados como uma fonte legitimamente técnica nesse assunto? Etc Etc Etc.

      • HMS_TIRELESS says:

        Felipe:

        Embora não se possa afirmar com absoluta certeza o RCS da aeronave, as formas do mesmo já são amplamente conhecidas. Assim, é possível ter uma estimativa do RCS da aeronave. E eu não duvido que a inteligência ocidental igualmente tenha conseguido alguns dados do projeto.

      • Rafa_positron says:

        Tiririca Less pode gasta a o resto da cabeça dos dedos digitando…

        Nao importa o que ele diz…

        O PAK FA avança a revelia de tudo isso…

        Simples assim

      • Deagol says:

        Felipe Rodrigo

        “Outra pergunta,como que esses especialistas da indústria dos EUA sabem que RCS do PAK-FA são inaceitáveis,eles tem o projeto para fazer testes?”

        Redução de assinatura é baseada em ciência e Tecnologia e podem ser observadas em um projeto, assim a RCS de uma aeronave pode ser suposta com relativa confiança.

        Se você comprar bons livros sobre Stealth e furtividade verá por si mesmo que em muitos pontos o PAK tem características que não contribuem para uma RCS tão baixa como as aeronaves americanas.
        Não há necessidade de ser especialista para verificar que o T-50 não será tão stealth como os 5Gs dos EUA. Apenas olhando o acabamento da fuselagem do t-50 já é possível ver que ele está muito mais para um flanker do que para um F-22.

        Em segundo lugar, os próprios russos admitiram que não estão desenvolvendo uma aeronave tão furtiva quanto o f-22, f-35 e B-2.
        Pois pretendem dar ênfase em outras carcterísticas que consideram importantes.

        Também podemos lembrar que os indianos afirmaram que desejam uma versão mais furtiva do caça russo diferente dessa que está sendo apresentada.

        Claro que não se pode medir a RCS de um caça apenas por fotos, mas tudo indica que o avião russo terá rteflexão nos radares consideravelmente maior do que seus rivais americanos.
        Já estão no quinto protótipo o que indica que esses modelos são muito próximos do modelo de produção.

      • MalExGrimmjow says:

        Resposta Abaixo!

      • Felipe Rodrigo says:

        Então tudo indica que o F-35 por ser tão gordinho (rsrsrsr) tem mais RCS que o PAK-FA. 🙂

      • Deagol says:

        Acredite no que quiser.

        Eu não vou perder tempo escrevendo aquilo que você não quer aceitar.

  7. Furiano,en says:

    Sem muitas palavras mais….cade o BRASIL neste projeto??? e não foi por falta de convite. A participação seria um salto tecnológico para o país.Porque o brasil faz isso comigo (nós)??? porque perde tantas oportunidades??? será ego grande? não porque nem tem um caça. Será falta de comprometimento com os parceiros, falta de dinheiro, engenheiros não qualificados, medo de ser grande e ter q aguentar inveja dos países Sul-americanos que riem na nossa frente mais por traz querem nos ver por baixo??? enfim….. porque?porque?porque?porque?porque?porque?porque?porque?porque?porque?porque?porque?porque? ate quando?????

    PLIN tive uma ideia! ( Vários já tiveram )

    Mais um PORQUE? não investe na educação com qualidade, assim o país terá filhos com capacidade de planejamento, fazer projetos, ser um ótimo médico, matemático, físico, astrônomo, químico, engenheiro que estamos perdendo de balde porque não tem qualidade ( todos sabem que os engenheiros brasileiros estão diminuindo drasticamente mais o que se faz para torna-los competitivos?) enfim um ótimo POLÍTICO que nos faz tanta falta. Sei que tem, porem são poucos e para se levantar um país sabemos que não conseguimos fazendo isto sozinhos SEM QUALIDADE EDUCACIONAL. Para os que estão no poder do BRASIL CONSTRUAM UMA NAÇÃO DE PRIMEIRO MUNDO. Já que todos sabemos que temos recursos em abundancia.

    Aqui vai dois provérbios para um melhor entendimento dos companheiros. Olha como seriam pessoas com qualidades e sem qualidades.( levem em consideração a educação ensinadas nas escolas).

    “Os pregos que se destacam são martelados.” (ensino com qualidade)

    (ensino sem qualidade, por causa de uma pessoa)

    “Por causa do ferreiro, perdeu-se o prego; por causa do prego, perdeu-se a ferradura; por causa da ferradura, perdeu-se o cavalo; por causa do cavalo, perdeu-se o mensageiro; por causa do mensageiro, perdeu-se a carta; por causa da carta, perdeu-se a guerra.”

    Enfim mais uma vez porque brasil fazes isto com teus filhos?

    – Viva BRASIL ! país rico sem qualidade educacional. porque?

  8. O Brasil já está conversando sobre ele com os Russos… fala-se em ToT e participação… e mesmo que venha de Prateleira, o que eu não concordo nos 4G, tomara que venha mesmo nos 5°G assim pra começar a ter contato com 5G!!

    O Brasil só tem a ganhar!!

    Já com o F-35 só teria um poço sem fundo de dinheiro… e o F-35 também não é aos níveis do PAK-FA T-50, mais potente em tudo!

    Valeu!!

    • HMS_TIRELESS says:

      Pode esquecer meu caro ! Conforme tem se observado das matérias jornalísticas e das entrevistas concedidas pelo TB Saito (O grande herói da FAB de hoje em dia), o futuro da força irá passar muito longe da Rússia e da Sukhoi. Já se fala na aquisição de mais 50 Gripens além dos 36 iniciais, com algumas projeções indicando um número ideal de 160 exemplares. Se serão adquiridos nesse montante aí já são outros 500.

      E quanto aos caças de 5ª geração, basta lembrar que a SAAB possui um projeto, o FS 2020, que com a escolha da FAB e a possibilidade do Brasil participar do seu desenvolvimento mostra uma opção infinitamente melhor para o desenvolvimento da indústria aerospacial Brasileira que o “Sacrossanto”PAK FA.

      • Concordo com você, uma vez assinado o FX2 com a SAAB a melhor opção para o Brasil será mesmo FS2020.

      • HMS_TIRELESS says:

        Sem dúvida grande Edilson! Caso seja tomada a decisão política de se aprofundar a cooperação com a SAAB, o FS 2020 emerge como a melhor alternativa. E é bom frisar que o projeto já atraiu a atenção da Turquia, que também poderia ser um valioso parceiro para o programa.

      • Há um terceiro país interessado em colaborar com a Turquia, a Itália.

      • HMS_TIRELESS says:

        Turquia,Itália e Suécia…..como você pode ver é um time de respeito visto que os dois primeiros são membros da OTAN. O Brasil só tem a ganhar no FS 2020 grande Edilson!

        E vou além! Acho que o GF deve, através da EMBRAER, fazer o possível para ingressar no programa T-x, inclusive com o fim de prover para a FAB um LIFT e acabar com a ideia de determinados setores de se adquirir o YAK 346.

      • Infelizmente parece ser a estrada qu eserá trilhada…

        Mas se for uma coisa vasta com a Europa Ocidental tudo bem, o Brasil e a Europa se dão muito bem, tanto é que nem visto pra turista é pedido mesmo que eles tenham os mesmos problemas com imigração ilegal que os USA tem.

        Sempre defendi a Europa com exceção da guerra síria… alias nem tem como defender mesmo nesse caso!

  9. BobSap says:

    Alguns colegas aqui adoram diminuir os produtos Russos. Parece até psicológico.

    Desenvolver um caça do zero e com novas tecnologia não é tarefa fácil para nenhum país.Nem mesmo para aqueles que dominam a tecnologias de aviação.

    Enfrentar dificuldades e problemas num desenvolvimento de um caça super moderno é algo completamente normal. Na minha opinião, o cronograma de desenvolvimento T-50 está normal. Não é um caça qualquer, é a quinta geração.

    Nenhum piloto de T-50 morreu ainda por falta de oxigênio. Isso é bom sinal…

    • HMS_TIRELESS says:

      BobSap!

      Normal no desenvolvimento de um sistema de armas complexo como o T-50, o F-22 e o F-35 é justamente ter problemas pois se avança em terreno inexplorado. Entretanto, como os russos empurram para embaixo do tapete os problemas inevitáveis de desenvolvimento. Com isso a turminha pensa que o T-50 é o supra-sumo da galáxia.

      Por seu turno, como os americanos são muito transparentes nos problemas do F-35, esse mesma turminha que citei acima começa a falar besteira pois acham que os divinos engenheiros aeronáuticos russos conseguem fazer um caça melhor que todo mundo pela fração do preço.

      • MalExGrimmjow says:

        Ahuahuhauahua Transparente, tem que ser, afinal é um consórcio investimento externo.

        E pra falar a verdade os Russos estão até transparente demais com o T-50. Faz me lembra, na hora em que o Su-27 apareceu que histeria.

        Não me canso de ver HMS, barrigada jogo de marketing né foi oque tu dissera.
        hauhauhauahuahauhauahuahauah!
        http://www.youtube.com/watch?v=oGuWadoTgkE

      • HMS_TIRELESS says:

        Vamos ver se em uma guerra de verdade os únicos vídeos que iremos ver vão ser o de Rafales sendo abatidos pelo Raptors. Não adianta, você é somente mais uma tiete antiamericana frustrada e ressentida….

      • MalExGrimmjow says:

        So tenho a dizer Chupaaaa!

  10. RobertoCR says:

    Depois de ler o post fui dar uma comparada entre as características técnicas de Gripen, Typhoon, Raphale, SU-27/35. De novo!

    Só de conferir as capacidades das turbinas já dá uma tristeza…

    Cada vez mais me convenço de que, apesar de aparentemente ter sido a melhor proposta sob o ponto de vista do domínio sobre a construção do avião, ele está bem abaixo da concorrência quanto as capacidades. Esse argumento de que a Rússia priorizou a construção de um caça acrobático beira o ridículo. Enquanto o PAK-FA, F-22 e F-35 não voarem a plenos pulmões, o senhor dos céus é o SU-35.

    O Gripen não é um caça ruim. Nós é que necessitamos de algo que possa oferecer muito mais do que ele entrega. A escolha foi ruim. E ficou pior com a declaração do Saito de que ele impõe respeito.

    • HMS_TIRELESS says:

      Meu caro Roberto, acho que você está sendo incoerente consigo mesmo. Ao mesmo tempo em que você reconhece, embora use o termo “aparentemente”, que o Gripen é melhor para o nosso país adquirir o domínio na construção de um avião de combate, você defende a parceria caracú com a Sukhoi.

      • RobertoCR says:

        hehehehe… quem é você?

        Porque o HMS que eu costumo ver escrever por aí a muito tempo (principalmente lá no Cavok) você não é.

        E por favor, não vamos falar de incoerência. Você mal e porcamente viu (e não leu) um artigo em que Putin é apresentado como conservador, e já foi falando em “histeria”. Procure outra pessoa para dar loas a suas considerações.

        Você é irrelevante HMS.

      • RobertoCR,

        Você não deve ter notado, mas é “Meio Claro” demais o porque de tal mudança no comportamento aqui nesse tópico… VAMOS FAZER UMA ANALISE? Estamos aqui pra isso não, ANALISAR?

        O comportamento mudou porque “O dono do Site”, o Edilson Pinto está por aqui, está participando, comentando e seguindo esse tópico!!

        Então TUDO MUDA também não é mesmo?? Tem que ser educado, tem que mostrar o contrário do que sempre é em todo lugar na internet, e ainda faz como se fosse “O Melhor Amigo do Dono”, tapinha nas costas, etc… Pode notar acima… “Grande Edilson” aqui e ali, coisa e tal…

        Só mudou a estratégia pra tentar calar o adversário, pra tentar perseguir o opositor nos comentários… Agora a tática é usar as relações pessoais com o dono do site pra se chegar a esse objetivo!!

        Sabemos que pra quem vê tudo como ideologia não existe essa de “Mudança Pessoal” real ou admitir que o outro tenha razão, mudar de ideia nem pensar, não conseguem, pra eles é tudo baseado na contraposição ao outro, na união pelo ódio… Então Não… Pra eles não existem opiniões democráticas e livres, e nem MESMO ESPORTIVAS OU HONESTAS, usa-se todo tipo de metodologia pra vencer, pois na cabeça dos ideólogos existem NO MUNDO só “Aliados ou Inimigos”, nada de adversário esportivo COMO A MAIORIA DE FATO É, que comenta só por esporte, pelo prazer de fazer um comentário dando a própria opinião livre ou que gosta de pesquisar antes de falar, assim só pra ter uma base antes de começar um papo na internet… NÃO Roberto… NÃO É ASSIM PROS FANÁTICOS IDEOLÓGICOS!!

        Pra eles se você fala o que pensa ou achou pesquisando, É INDIFERENTE, o que conta mesmo é só “SE” o que VOCÊ diz é contra a ideologia deles ou não, se for, você será visto somente como “INIMIGO”, E COMO INIMIGO SERÁ TRATADO!!

        Não há meio termo, tolerância, esportividade, humor ou busca da verdade, não, o que há é IGNORAR OS DADOS E OS FATOS QUE TROUXER E DESVIAR DOS TEMAS pra ficar mais fácil cativar a massa e fazer proselitismo, e sem esquecer do clássico pra isso, descredibilizar o inimigo através dos ATAQUES PESSOAIS, QUE VOCÊ PARECE CONHECER MUITO BEM!!

        Pros FANÁTICOS IDEOLÓGICOS é tudo uma questão de guerra mesmo, contra um inimigo claro, o opositor de ideias, ou verdade contraria, então esse inimigo é você, sou eu, e todos aqueles que são contra a VERDADE DOS FATOS IRREFUTAVEIS, e isso MESMO QUE NÃO SEJAMOS INIMIGO EM NADA POIS NA NOSSA CABEÇA SOMOS TODOS BRASILEIROS, mas na concepção dos ideólogos de plantão não é assim, NÃO HÁ meio termo ou direitos civis, só conflito contra o outro lado, contra o “odiado”, contra o outro que defende de alguma forma outra causa ou até mesmo esporadicamente outro país que eles odeiam e também consideram “inimigo”… E inimigos que tem que ser calados no melhor dos casos…

        ISSO TUDO É SÓ TEATRO, é tudo pra tentar calar “QUEM FOR CONTRARIO” a ideologia deles… É só pra te fazer mal, te silenciar, te fazer desistir ou te expulsar mais “fácil” do que usando as técnicas de irritação, acusação e ridicularização dos teus argumentos, como já vimos tantas vezes por aí… AGORA NÃO, tudo mudou, agora é tudo baseado na tática “DOS GRANDES AMIGOS” com o dono do site, e depois sugestões pra “EVITAR BAGUNÇAS” que prejudicariam o site e assim por diante… GRAMSCI na veia!!

        MAS NÃO SE ILUDA… Nada mudou, só a tática operativa, o objetivo final continua o mesmo, CONTINUA TUDO É TUDO PREMEDITADO SÓ PRA TE CALAR, fazer “mal ao inimigo”, agora por dentro do site, como os Gramscistas pregavam, contaminar e vencer por dentro!

        E depois ainda falarão NA CARA DURA que Gramsci é coisa só de esquerdista que ama a Rússia ou a China e odeia a liberdade e a democracia!

        Como eu disse, pra eles toda ocasião é boa pra fazer propaganda… Mas nós estamos aqui pra analisar, ver dados, e talvez aprender alguma coisa nova não é mesmo??… E AÍ FOI MAIS UMA ANALISE, mas sem aprender nada de novo!!

        Não vejo outra razão pra explicar a mudança de comportamento…

        Valeu!!

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Francoorp, o filho perdido de Gramsci e Lenine: “Xingue-os do que você é, acuse-os do que você faz.”…

      • MalExGrimmjow says:

        Esse ai é o Vassalo do “Vader” mano!

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Esse aqui é vassalo do tiririca… um verdadeiro ator de picadeiro…

      • MalExGrimmjow says:

        Man, gosto de ver comentários assim, pois depreciam a vc mesmo meu caro!

    • Deagol says:

      “Depois de ler o post fui dar uma comparada entre as características técnicas de Gripen, Typhoon, Raphale, SU-27/35. De novo!

      Só de conferir as capacidades das turbinas já dá uma tristeza…”

      Amigo. Concordo que as características técnicas são importantes, mas mais do que isso é importante a aletrônica embarcada, por exemplo a AESA do Gripen NG terá um ângulo de varredura maior que a do Rafale e isso já oferece uma vantagem.

      Outra vantagem do Gripen, que não vejo ser levada a sério pelos participantes do blog, é a capacidade de de decolar de estradas com pequenas bases aéreas montáveis em poucas horas. Essa é uma vantagem estratégica importante.
      Nossos Rafales ou sukhois seriam quase todos destruídos no solo por míssies de cruzeiro, seriam quase inúteis contra uma nação desenvolvida e poderosa.

      Embora eu até preferisse o Sukhoi 35 não há garantias de que sua eletrônica seja mais confiável e que sua disponibilidade e manutenção sejam melhores. Não adianta os russos terem míssies mais potentes se as chances deles atingirem os alvos são menores que os nossos, e isso não é informação que se encontra na web.

      O Gripen NG será uma aeronave muito capaz, cabe a nossa FAB desenvolver métodos e táticas para tirarmos o melhor proveito dele.

      • RobertoCR says:

        Olá Deagol

        Por óbvio, comparar apenas as características técnicas é insufuciente para analisarmos o quadro geral. O problema é que não existe o vetor demonstrando as capacidades reais, apenas um demonstrador das tecnologias embarcadas. Então as características técnicas tornam-se relevantes na comparação.

        Como escrevi acima, não considero o caça ruim, mas a nossa escolha foi pois baseou-se em uma promessa futura. Não estou afirmando que suecos “não são confiáveis” (expressão fraca que campeia por aí), ou então que são incapazes de entegarem o prometido. É que, sob meu ponto de vista, o conceito de caça único para todas as funções, premissa do FX-2, não será contemplado com o Gripen NG, por mais que sua performance seja estabelecida em patamares superiores as versões atuais. Acredito que, no máximo, irá se aproximar de Typhoon ou Rafale. E ainda temos que considerar a versão naval, que apenas será viabilizada se também for comtemplada neste projeto brasileiro. De qualquer forma, acredito que ele necessitará de apoio de um caça mais pesado, complementando sua capacidade de carga pois, por mais que a tecnologia embarcada o torne extremamente capaz, o volume armas transportado ainda é muito importante.

        Esta sua citação:
        “Outra vantagem do Gripen, que não vejo ser levada a sério pelos participantes do blog, é a capacidade de de decolar de estradas com pequenas bases aéreas montáveis em poucas horas. Essa é uma vantagem estratégica importante.”

        Concordo. Então teremos de avaliar a capacidade atual da maioria de nossas estradas, mais o que está sendo feito através de reformas e duplicações (note que nenhuma rodovia nova esta sendo construída no Brasil) em rodovias federais e estaduais. E este quadro é péssimo. Aí, o que seria uma bela vantagem ao Gripen (dispersão), se torna nula por conta da qualidade de infraestrutura rodoviária nacional.

        Outra coisa que não acredito é na possibilidade de venda, a partir das unidades produzidas no Brasil, para países da América do Sul. Isto só vai ocorrer se o Brasil incrementar suas ações político-econômicas no continente para minimizar a histórica visão intervencionista que o país possue na região. E nem isso pode garantir a compra. Então, sob meu ponto de vista, pode ser que o caça que produziremos (e que considero o mais adequado para os outros países da América do Sul), não encontre comprador na região.

        Abs

  11. Rafa_positron says:

    Kkkkkkkk

    Quando eu leio os comentários desesperados e descabelados do Tiririca Less eu fico aliviado em saber que engenharia nao se mistura com ideologia

    Pode ranger os dentes a pra vontade tiririca Less…

    Isso é irrelevante…..

    Hauahahauahauahuahauahauhauahauahauhauahauahu

    ….

    Só lembro do Sentinel…

    Kkkkkkkk

    • HMS_TIRELESS says:

      E você continua correndo atràs do seu próprio rabo não é meu caro Rafrutinha! Como engenheiro você é uma mentira mal ajambrada. Como comentarista, um fiasco ideologicamente viciado……

      • Rafa_positron says:

        Vc pode gritar
        Espernear
        Me xingar
        Duvidar da minha formação acadêmica
        Morder a fronha do travesseiro
        Tacar a dentada na parede


        Enfim,,, vc pode passar 3 horas elaborando teorias Vaderianas dignas dos mais talentosos estudantes de curso de piloto…

        Nada muda o fato de que o PAK FA avança

        Quer um conselho?

        Poupe esforços…

        Nada do que vc diz ou deseja influencia na realidade dos fatos…….

        Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  12. Felipe Rodrigo says:

    Na sexta foto que mostra o Míssil Kh-58USHK,tem outro atras dele alguém sabe me dizer que míssil e aquele.
    Muito Obrigado.

  13. PÉ DE CÃO says:

    o brasil ira entrar nesse projeto ,mas apenas depois de comprar a defesa anti aérea e o congresso aceitar a compra do gripem
    pois aqui no brasil tem muito politico entreguista de oposição se o governo federal fizer tudo de vez sem aprovar no congresso a mídia sionista corre gritando para os quatro cantos que o governo so investe no setor de defesa

  14. Rafa_positron says:

    Nao é a primeira vez que os seguidores dos ensinamentos VADERIANOS duvidam do PAK fa…..

    Na hora certa, os Prints virão…..

    E que sejam homens para aparecerem aqui e se defenderem….

    Nao façam como o “mestre” de vcs…. O estudante-mor com curso de piloto

    Depois de ter dito que era Rafale desde criancinha, mudou de idéia e quando eu mostrei aqui o que ele disse, sumiu sem deixar rastro

    A mesma coisa aconteceu com a PATACUADA do PROSUB…. Depois de eu ter colado os infinitos elogios que ele dedicou ao projeto, ficou com a cara tremendo de vergonha…

    O tempo….

  15. MalExGrimmjow says:

    Deagol

    Engraçado tu não mencionou o F-117
    Se for pra analisar características meu caro o F-22 deveria ter superfícies refletoras idênticas, ou seja, ser meio similar em design. Quanto a absorver ondas de radar na teoria muito bonito, mas, e na pratica?!

    Mais tu é ignorante oque foi abatido não conta.

    Santa baboseira em mano!
    Só vim quebrar suas pernas hj mesmo.
    ^^
    Diga ai o bom livro que lhe ensinou!
    Caso não saiba o F-22 nunca entrou em combate contra nenhuma defesa aérea fora da OTAN. Elefantão branco
    Sei não, se terá o mesmo destino do F-117, onde suas missões exigiam precisão cirúrgica.
    No mais, Rafale Papa o Raptor no café da manhã.
    Realmente tem muito rebite nessa fuselagem do pak-fa, motores a mostra daquele jeito só pra protótipo mesmo, pq afinal, todos sabemos que o motor do projeto não está pronto. Mas, todos esses entraves são de fácil solução. Mais por hora, os russos querem uma aeronave com capacidade de supercruise mais furtiva possível para policiar seu imenso território. No mais os russos surpreendem quando menos se espera deles.

    • Deagol says:

      Não vou esponder à essa sua agressividade.
      Crianças não responsáveis pelo que falam.

      O PAK é menos furtivo que o F-22, F-35 e até o B-2, se não quer aceitar continue repetindo suas bobagens.

      Se você não tem conhecimento não devia nem se manifestar

      “No mais, Rafale Papa o Raptor no café da manhã.”
      Mais uma bobagem! o radar do rafale nem detecta o Raptor.

      Se você acha que um engajamento prova qual avião é melhor só demosntra que não entende nada de aviação! fato que todo nundo aqui já sabe.

      “Só vim quebrar suas pernas hj mesmo”
      E por acaso você tem conhecimento algum para quebrar as pernas de alguém?

      Está quebrando as próprias pernas, pois mais cedo ou mais tarde aparecerão informações provando que você está errado.
      São os próprios russos que dizem que o t-50 não será tão furtivo e os americaos também.

      Seja feliz com sua própria ignorância.

      • MalExGrimmjow says:

        De novo incrível, escreveu meia duzia de besteira e não deu embasamento.

        Incrível.

        Mostre que estou errado a lembra dos pilotos do Eurofighters no IRST o B-2? Lembro do buchicho que foi.

        Vc n se compara ao _RR_, esse sim se responde-se iria ouvir e se estivesse certo não iria nem retrucar, mais, vossa senhoria é displicente por isso gosto de vir falar de vcs gostam de falar mal, mais, provar que é bom nada.

        Oque os caros senhores não entenderam é que essas façanhas minimas geram um turbilhão de possibilidades.

        Pelo geito do pouco que sei, os senhores não me deram provas que sabem mais, o simples dizer “vc n sabe de nada” chega a ser ridículo, bom nem adianta dizer n tenho tempo para lhe responder, pós, acredito se tem tempo pra vir me criticar creio q tbm tem para fazer um comentário bem embasado não?

      • Deagol says:

        “vc n sabe de nada”

        Essa é a verdade.
        Pode baixar o nível o quanto quiser palavras de crianças não me ofendem.

        E repito, você não sabe nada e escreve um monte de besteiras.

        Nem educação básica recebeu.

    • HMS_TIRELESS says:

      Se existe algum burro aqui é você Max Tapado! E quem vai quebrar as suas pernas sou eu! O F-22 tem um design bem mais furtivo que o T-50 meu caro. Os próprios russos reconhecem isso. Mas ter problemas com RCS do PAK FA é um problema no mínimo constrangedor você não acha? Especialmente por não ser de fácil solução. E o que dizer dos motores, que sequer possuem medidas para redução de assinatura IR tal como F-22 e F-35 possuem? No mais, esse tua cnversa fiada de que “Rafale papa o F-22 no café” só cola com tietes antiamericanas frustradas como você. Vamos ver seem uma guerra os Rafales não seriam abatidos pelos Raptors sem mesmo saberem de onde vieram os mísseis?

      • Deagol says:

        Caro Tireless.

        Valeu pelo apoio!
        Mas nem adianta perder tempo dando explicações para esses fanboys. São apenas crianças.

        Saudações.

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Viva a MAX IGNORÂNCIA !!!…

      • MalExGrimmjow says:

        Lol veio toda a tribo.

        Só Risos legal que agora posso pisar no calo de um que piso nos demais.

        Huahuahuahauhauhauhauhauhau.

      • Deagol says:

        “Só Risos legal que agora posso pisar no calo de um que piso nos demais.””

        Cara você não pisou no calo e ninguém pois seus argumentos são apenas bobagens sem importância.

        O que você fez foi baixar o nível da do debate até o seu nível intelectual, baixaria.

      • MalExGrimmjow says:

        Hum trocadilho e ofensas alguém esta saindo dos eixos legal ver isso.^^

        Vamos lá, sei que vc é capaz de fazer melhor que isso.

        Sobre misseis AIM-120 é furtivo? O Sistema de alerta do Rafale dará o sinal e o piloto saberá fazer a tática mais adequada para descobrir sua origem, invisível sim para um sistema que funciona dotado a olho nu, porém com um IRST mesmo que o primeiro seja abatido o resto ficara sabendo através do data-link. Outra coisa esta contando que todos os AIM-120 acertem 100% é menosprezar demais os pilotos franceses.

      • Deagol says:

        Cara você disse tanta besteira que aqui ninguém vai perder tempo discutindo com você.

      • HMS_TIRELESS says:

        O AIM-120 não é furtivo mas o F-22 possui um sistema de detecção passivo, o ALR-94, que
        é capaz de detectar um caça como o Rafale a mais de 300 Km. Melhor que isso, ele pode usar as informações para alimentar a cabeça de orientação do AIM-120 que, após disparado, poderá receber infomações do aparelho lançador via Data-link e manter seu radar ativo desligado. Assim, quando o Rafale perceber o AMRAAM será tarde demais.

      • MalExGrimmjow says:

        Resposta abaixo.

  16. MalExGrimmjow says:

    Olá HMS_TIRELESS.
    Impressionantes informações, tá crescendo no meu conceito.

    Bom continuando o debate a um problema mesmo que o ALR – 94, que é capaz de detectar alvos a 300 km, mais, com qual assinatura de radar? O Rafale diz sua fabricante no setor frontal ter RCS 0.1m2 e lateral de 0.3m2 carregado 1.3m2. Não tive a oportunidade de ler qualquer dado oficial sobre a RCS do Rafale F4, então não colocarei projetos que estão em seu desenvolvimento, vou usar apenas como comparativo a versão F3.
    Bom a aeronave a frente pode disparar o míssil a 180km do alvo para que este seja atualizado via data-link pelo caça posicionado mais atrás (não faço ideia, do nome das posições), mais, este ainda teria que se colocar a uma distância de 180km para realizar o disparo dando margem ao calculo direto dos pilotos do Rafale, sobre “Missile Approach Warning” sistema do Rafale deve ter a mesma capacidade dos radares AESA dos F-18 de detectar misseis. Pelas minhas contas de “padaria” se o Rafale detectar o míssil em questão e este fosse disparado de sua distância máxima de emprego, o Rafale iria demorar em torno de 4min para chegar a seu alvo se este conseguir empreender velocidade máxima de suas turbinas, em 4min o Rafale iria Detectar o primeiro F-22 no seu IRST. Bom, não vou comentar o radar pq se o Captor-M em teoria detecta um f-22 há mais ou menos entre 28 ~42km oque seria em pratica uma distância menor que o sistema IRST francês, que é considerado um dos melhores do mundo. Bom mais vão dizer em 4 min acontece muita coisa, realmente ,mais, a margem existe e também a possibilidade para tal.
    Um material interessante:
    http://sistemasdearmas.com.br/ge/furt04ir.html
    http://www.f-16.net/forum/viewtopic.php?t=4408
    http://www.aereo.jor.br/2010/02/01/um-pouco-sobre-secao-reta-radar-rcs-e-tecnologia-stealth/
    http://www.indiandefence.com/forums/indian-air-force/22158-eurofighter-typhoon-v-s-dassault-rafale-analysis-868.html
    Sistema de Guerra eletrônica do Rafale:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Thales_Spectra
    http://www.mbda-systems.com/mediagallery/files/spectra_ds.pdf
    http://www.mbda-systems.com/mediagallery/files/ddm_ng_ds.pdf
    http://www.flightglobal.com/news/articles/flight-test-dassault-rafale-rampant-rafale-334383/
    Sds. MalExGrimmjow.

shared on wplocker.com