Defesa & Geopolítica

Em 2015 US Navy vai iniciar estudo para substituição do Super Hornet

Posted by

Por volta do ano de 2035 a US Navy (Marinha norte-americana) espera introduzir em serviço o caça que vai substituir a sua frota de Boeing F/A-18E/F Super Hornet, que na época já estará atingindo a vida útil estrutural de 9 mil horas.

FAXX

Apesar de estar muito distante dos dias de hoje, já em 2015 a US Navy deve iniciar a avaliação dos concorrentes para o seu programa F/A-XX, cujo processo de aquisição pode começar em meados de 2030.

FAXX2

A US Navy não sabe exatamente como e o que deve ter o caça, as suas funções principais e secundárias, entretanto o seu desenvolvimento será baseado no aprendizado e nas capacidades dos Lockheed Martin F-35C que estão entrando em serviço na Força.

FAXX3

Neste sentido também deverá haver uma cooperação maior com a United States Air Force (Usaf, Força Aérea norte-americana), que já iniciou os estudos de substituição dos Boeing F/A-22 Raptor.

Ambas devem desenvolver em conjunto sistemas, componentes, sensores e até mesmo motores que serão usados em suas futuras aeronaves de combate.

 

Fonte: C&R

12 Comments

  1. Alexandre says:

    Os EUA já iniciaram estudos para substituir os F22????? como assim????? Esse caça pelo que parece foi um fracasso mesmo, nunca foi testado em combate, sempre apresentou problemas, manutenção carissima e foi descontinuado antes de atingir sequer a metade da previsão inicial determinada pela a USAF. Um engodo que no máximo serviu como um demonstrador de novas tecnologias,por isso não foi vendido para nenhum país,mesmo os mais aliados , acho que não queriam mostrar que foi mais propaganda que capacidade real.

    • Deagol says:

      Simplesmente tudo errado!
      Mais um péssimo comentário feito por crianças que mal sabem utilizar a internet.

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Esse sujeito acima tá se fazendo de bobo… não é de agora que aparece por aqui dando uma de joão sem braço… se fosse eu tinha vergonha…

  2. Parabéns ele podem, e tem lideranças q sabem o q querem,p terem a melhor segurança possível…Qto ao BRASIL.Sds.

  3. 2035?
    Então a supremacia tecnológica dos EUA, vai começar a acabar a partir da década de 2030, porque a China iniciou em 2013, segundo a inteligência russa, os trabalhos num avião de combate de sexta geração, e que vai ficar pronto até 2033.
    A única vantagem dos EUA sobre a vantagem numérica da China, na década de 2020, será sua vantagem tecnológica, de cerca de 10% sobre os sistemas chineses que estarão em uso nesse tempo.

    • Deagol says:

      Nada como uma boa piada para começar o ano novo!

      Fico com pena de seus colegas de trabalho e amigos que são obrigados a conviver com tanta ignorância e falta de educação!

      Sério, você não faz a mínima ideia do que está falando.
      lamentável!!!

      • Nada como uma boa piada para começar o ano novo!

        Fico com pena de seus colegas de trabalho e amigos que são obrigados a conviver com tanta ignorância e falta de educação!

        Sério, você não faz a mínima ideia do que está falando.
        lamentável!!!

        Que coincidência, quando li o seu comentário, cheio de argumentos sólidos, pensei exatamente o mesmo.

      • Deagol says:

        “Que coincidência, quando li o seu comentário, cheio de argumentos sólidos, pensei exatamente o mesmo.”

        claro que deve pensar exatamente o mesmo, você nem sabe do que está falando.
        Os EUA já começaram o desenvolvimento de aeronaves de sexta geração há tempos e estão muito na frente dos chineses, que até agora só fizeram propaganda.

        E realmente tenho pena dos seus amigos e colegas, pq aqui no blog você só se expressa com linguagem vulgar, ofensas, palavrões e termos de baixo nível.

        Nem imagino de que parte do Brasil pode ter surgido pessoa tão mal educada, mas garanto que é uma vergonha e um desrespeito aos participantes editores do blog.

        Nem moradores de rua e mendigos utilizam tantas baixarias para se expressar.

        Além disso, seu comentário estava totalmente errado e só desmosntra o pouco conhecimento que você tem.

    • Rogério says:

      Quem viver verá kkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Henrique says:

    O fato é que o F18 continuará sendo o pé-de-boi da US Navy até 2030! Para aguentar o desgaste não só do mar mas do uso intenso (porque os EUA usam de fato seus meios) não basta somente tecnologia mas um meio que tenha um custo benefício razoável e que não inviabilize sua plena utilização.
    Vi um comentário sobre o F22 acima, o avião tem ou teve alguns defeitos sim (acho que o sistema de fornecimento de oxigênio foi o principal deles) mas não tem similar em tecnologia atualmente… o que parou suas aquisições foi simplesmente o preço (aquisição e manutenção) e de qualquer maneira foram produzidos, se não me engano, mais de 180 …. o que “sozinhos” já serve para enfrentar qualquer força aérea da atualidade…
    Abraços,

    • Blue Eyes, Na Resistência says:

      A verdade falou pelos seus dedos, Henrique…

  5. William says:

    Não acho justo depreciar o F-22. Ele com defeitos como tudo que o homem faz não deve ter um ‘par’ atualmente. Podem existir alguns que poderiam lutar quase de igual pra igual, infelizmente dimensionar seria conjecturar… ou perder tempo. Os americanos ‘ainda’ estão na crista da onda e um país belicista nunca venderia o que tem de melhor mesmo para aliados. O SH é o que mais se equilibra na utilização do meio naval americano, que pode sustentá-lo, mas não se enganem, os americanos nunca largaram o osso, não vai ser em 2030 que eles vão largar ou deixar de investir em P&D… só se algo der muito errado por lá….

shared on wplocker.com