Defesa & Geopolítica

China Revela versão mais avançada do seu caça leve o J-10″C”

Posted by
J-10B_101b
Na foto o caça J-10B
Informações: Red Dragon (Taiwan).
Texto e  adaptação: E.M.Pinto
Mal acaba de revelar ao público internacional o mais recente desenvolvimento do caça leve da família J-10, a variante “B” que recentemente entrou em serviço na  Força Aérea do Exército da Libertação Popular da china (PLAAF), a Chengdu Aircraft Industry Group  anunciou estar trabalhando numa variante mais furtiva e mais avançada da aeronave, que por hora atende pelo código J 10″C”.
A nova aeronave já em testes, também é equipado com um radar de varredura eletrônica ativa AESA, a varianet anterior, o J-10B segundo a Chengdu, teria a capacidade de superar os caças F-15J do Japão se um confronto aéreo viesse a ocorrer sobre as ilhas Diaoyutai disputadas pelo Japão e China  (chamadas Senkaku no Japão e Diaoyu na China).
O caça também é construído para ser consideravelmente furtivo em relação a variante J 10-B que já é dezenas de vezes mais discreto que a versão J-10A.  O J-10B já usa material absorvente de radar e novas tomadas de ar (diverterless), refinamentos aerodinâmicos que lhe conferem maior capacidade de discrição em comparação com o seu antecessor, o J-10A.
comparisonJ-10
Segundo informações além dos EUA, a China é o único país no mundo que tem a capacidade de projetar e construir sistemas diverterless, entrada supersônico (DSI).  A diverterless (DSI) é um tipo de entrada de ar usado por alguns modernos aviões de combate para controlar o fluxo de ar em seus motores que trabalham em conjunto para desviar a camada limite do fluxo de ar para longe do motor do avião, enquanto comprimindo o ar para retardá-lo a partir de uma velocidade supersônica. O sistema pode ser usado para substituir os métodos convencionais de controle da camada limite de fluxo de ar durante o voo supersônico a velocidades de até Mach 2, tal como a rampa de admissão e de cone de entrada , que é mais complexa, pesada e cara, utilizada em todos os demais caças, ocidentais e orientais.
Com esta tecnologia, o J-10B é acreditado para ser o melhor lutador de 4,5 geração na região da Ásia-Pacífico. Seu sistema de comando HMD montado no capacete projetado para pilotos J-10B reage muito rápido e também é muito semelhante aos desenvolvidos para os caças F-16E / F Block 60 e ao francês desenvolvido para os caças F3 e F4 Rafale.
Não se sabe ainda quais serão as modificações estruturais impostas ao programa J-10C. Acredita-se que uma variante possa inclusive estar sendo desenvolvida para operar abordo de Porta Aviões, a China almeja possuir uma poderosa força de caças 4,5 G ainda nesta década, com efeito para a próxima, a partir de 2030 as forças armadas chinesas estarão sofrendo uma vultosa conversão para a 5ª Geração, não é segredo a ninguém que os avanços necessários para estes programas, estão sendo desenvolvidos nos programas de 4,5 atualmente em desenvolvimento.
J -10C? A imagem é uma concepção artística, meramente representativa

J -10C?
A imagem é uma concepção artística, meramente representativa

Sabe-se que  o J-10B foi projetado principalmente par ser um caça de superioridade aérea, ele não possuirá plena capacidade de ataque a qualquer tempo. para isto, será necessário uma caça multifunção, capaz de realizar missões de ataque ao solo, bem como missões de combate aéreo contra potenciais inimigos na região. Portanto, a PLAN  pretende possuir uma  versão mais avançada, o  J-10C, preenchendo a necessidade da Força Aérea e da Marinha do PLA.

38 Comments

shared on wplocker.com