Defesa & Geopolítica

PAK DA planejado para entrar em serviço já em 2025

Posted by

su-pak-da2

E.M.Pinto

Plano Brasil

PAK DA o novo bombardeiro estratégico Russo

Em abril de 2013, a Força Aérea Russa aprovou o projeto e especificações do seu futuro bombardeiro estratégico conhecido como “PAK-DA” (futura aeronave de longo alcance), abrindo o caminho para o desenvolvimento de componentes e sistemas para a aeronave.

Nas palavras do Comandante da Força Aérea  Rússia Tenente-general Viktor Bondarev em um artigo reproduzido pela a agência de notícias Novosti o projeto PAK-DA tem sido planejado e será um desenvolvimento de vários anos, mas que o programa já teria sido aprovado formalmente pelas autoridades russas desde 2012.

A aeronave deve substituir a envelhecida frota de  63 aeronaves Tupolev Tu-95MS Bear e 13 bombardeiros estratégicos Tu-160 Blackjack  na próxima década. A principal arma nuclear usada por estas aeronaves é o míssil Kh-102, que entrou em serviço na Força Aérea Russa em 2000. O Tu-95MS pode transportar oito mísseis e Tu-160 transporta 12 em dois lançadores giratórios.

KH 101 o míssil de cruzeiro furtivo russo pode entrar no serviço operacional ainda em 2013

O escritórios de projetos Tupolev Design Bureau venceu a concorrência e  vai desenvolver o programa  PAK-DA, propondo um modelo de design subsônico de uma asa voador “flying wing”, (leia também PAK DA o novo bombardeiro estratégico Russo), que entre outras especificações, o destaque vai para a sua furtividade.

stealth_nuclear_bomber

A proposta venceu a expectativa de um bombardeiro estratégico supersônico stealth. O novo bombardeiro vai carregar armas convencionais e nucleares, incluindo um novo míssil de cruzeiro de longo alcance (leia Também KH 101 o míssil de cruzeiro furtivo russo pode entrar no serviço operacional ainda em 2013), que já foi adaptado para o novo bombardeiro.

As características de tal arma ainda são classificados, mas, de acordo com debate que veio à tona na mídia russa este ano, o novo míssil terá desempenho hipersônico.

Na década de 1980 os russos realizaram várias pesquisas referentes ao desenvolvimento de mísseis hipersônicos,  porém, nenhum dos programas atingiu a maturidade tecnológica. Especialistas dizem que a combinação da tecnologia stealth subsônico e voo hipersônico será ideal para superar a negação de acesso efetuado pelas armas anti-aéreas e permitiria aos futuros bombardeiros capacidades superiores as plataformas existentes.

O novo bombardeiro está previsto para entrar em produção até 2020 e será construído em uma nova linha de montagem de aeronaves baseado na planta de m Kazan (KAPO), a mesma que produziu os bombardeiros Tu-95 e Tu-160 0. De acordo com funcionários do Ministério da Defesa, o PAK-DA pode entrar em serviço até o ano de 2025.

Novas informações

Conforme já divulgamos aqui no Plano Brasil, os escritórios de projetos russos já trabalhavam no desenvolvimento de uma asa voadora desde os anos 70 (PAK DA o novo bombardeiro estratégico Russo) o qual era baseado no programa Tupolev 202, foi aqui no Plano Brasil que você também teve com exclusividade a primeira menção de que o projeto poderia servir de base ao Programa.

Novas informações dão conta de que o bombardeiro será propulsionado por dois motores e que possivelmente  PD-30, com um empuxo máximo de 29.500 kg. A relação empuxo / peso para este tipo de aeronaves é de cerca de 0,25, o que sugere que o peso máximo de cerca de 236 mil kg.

O compartimento de bombas deverá alocar  6 mísseis X-101/102 ou X-555  (KH 101) possuindo dimensões entre  8.75×2.5×2.5 m.

26 Comments

shared on wplocker.com