Crise prolongada em Washington pode debilitar EUA no mundo

Uma crise orçamentária prolongada em Washington poderia debilitar a posição dos Estados Unidos no mundo, afirmou neste sábado o secretário de Estado americano John Kerry.

“Se for prolongado, ou repetido, as pessoas podem começar a colocar em dúvida a vontade dos Estados Unidos para manter o rumo e sua capacidade para fazê-lo. Mas não é o caso e não acredito que seja”, disse Kerry em uma entrevista coletiva antes da abertura, segunda-feira, da reunião do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) na ilha indonésia de Bali.

A falta de acordo entre republicanos e democratas sobre o orçamento paralisa desde terça-feira a administração americana e não parece estar perto de uma solução.

A crise orçamentária obrigou o presidente Barack Obama a anular uma viagem pelo continente asiático, mas Kerry ressaltou que sua ausência não afetará as relações dos Estados Unidos com a região.

“Serei claro. Nada do que acontece (em Washington) diminui uma polegada de nosso compromisso com nossos sócios na Ásia”, afirmou Kerry ao desembarcar em Bali.

Kerry substitui Obama na viagem asiática e deixou claro que considera os republicanos responsáveis pela paralisia do orçamento.

“Pessoalmente acredito que é temerário”, disse Kerry sobre o bloqueio, antes de citar o “risco” que representa para a defesa nacional.

Barack Obama pretendia participar na segunda-feira na reunião da Apec, que inclui 21 países da Ásia-Pacífico, e depois do encontro da Asean (Associação de Nações do Sudeste da Ásia) em Brunei, antes de encerrar a viagem com escalas na Malásia e nas Filipinas.

Analistas consideram que o cancelamento da viagem de Obama poderia afetar a estratégia de transformar a Ásia no eixo da política externa americana.

A ausência de Obama deixa o campo livre para a China e seu presidente Xi Jinping, que deseja ganha influência na região.

AFP

 

Fonte: Terra

Obama pede que Congresso aprove orçamento federal ‘sem condições’

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu neste sábado ao Congresso que deixe de lado a “farsa” e aprove um orçamento federal “sem condições” para resolver o fechamento parcial do governo, horas antes de o Legislativo votar uma medida para autorizar despesas. “Só há uma maneira de sair desse insensato e prejudicial fechamento do governo: que aprovem um orçamento que financie nosso governo, sem condições partidárias”, disse Obama durante seu discurso de sábado no rádio e na internet.

“O Senado já fez isso e há republicanos e democratas suficientes na Câmara dos Representantes dispostos a fazer o mesmo e acabar imediatamente com esse fechamento” do governo, argumentou.

Como em outras ocasiões, Obama se queixou de que “a extrema direita” do Partido Republicano não permita que o presidente da câmara baixa, o republicano John Boehner, submeta o orçamento do ano fiscal 2014 a um simples voto de “sim ou não”. “Façam esse voto, parem com essa farsa, acabem com esse fechamento agora”, criticou.

Obama voltou a acusar os republicanos de provocar um fechamento parcial da máquina burocrática federal – que afeta cerca de 800 mil empregados públicos – porque se opõem à reforma da saúde de 2010.

A maioria dos republicanos continua insistindo em anular ou adiar o início dessa lei dentro do processo orçamentário, por considerá-la uma ingerência cara do governo na economia. Também acusam Obama de intransigência nesse debate, que continua sem sinais de solução e hoje entrou em seu quinto dia.

Após uma reunião a portas fechadas na sexta-feira com a bancada republicana da câmara baixa, Boehner reiterou sua negativa a submeter a votação uma medida de despesas orçamentários incondicional, como a Casa Branca exige. Em vez de uma extensão de seis semanas nos fundos para reativar a burocracia federal, os republicanos preveem começar a votar a partir de hoje mesmo uma série de medidas para restabelecer alguns dos programas federais, incluindo temas como a segurança fronteiriça, a educação pré-escolar e desastres naturais.

Prevê-se que a câmara baixa submeta a votação hoje uma medida que autorize o pagamento retroativo dos empregados públicos afetados pelo primeiro fechamento parcial do governo em 17 anos. O Senado, sob controle democrata, disse que rejeitará medidas a conta-gotas e que todo o orçamento federal deve ser aprovado, enquanto a Casa Branca diz que Obama vetará medidas parciais.

A hierarquia democrata da câmara baixa convocou uma entrevista coletiva às 15h locais de hoje (18h de Brasília) para divulgar sua proposta para resolver a crise. As consequências econômicas da paralisação em Washington incluem a interrupção de serviços, a suspensão de salários para a força de trabalho federal e danos ao turismo e os negócios que dependem do setor, entre outras.

Segundo o Escritório de Gestão e Orçamento da Casa Branca, o fechamento parcial do governo entre dezembro de 1995 e janeiro de 1996 custou aos contribuintes pelo menos US$ 1,4 bilhões. Em seu discurso de hoje, Obama leu parte de algumas das mais de 30 mil cartas de soldados, empresários e cidadãos que lhe escreveram sobre o impacto da crise em suas famílias.

O Congresso não deve exigir um “resgate” em troca de fazer seu trabalho porque isso equivale a “tomar como refém a nossa democracia e economia por uma lei já estabelecida”, ressaltou Obama. “Nossa democracia não funciona como estão pensando. Não pagarei um resgate em troca da reabertura do governo e certamente não pagarei um resgate para elevar o teto da dívida”, anunciou.

Obama destacou que se um fechamento do governo for “insensato”, é “drasticamente pior” uma paralisação da economia por descumprimento de pagamentos ao não se elevar o teto da dívida. O líder se referia à outra batalha próxima nos corredores do Congresso: o aumento do teto da dívida nacional de US$ 16,7 trilhões, segundo o Departamento do Tesouro, acontecerá no dia 17 deste mês. Os republicanos exigem maiores cortes fiscais em troca de aumentá-lo.

Obama reiterou sua vontade de trabalhar com democratas e republicanos para fomentar o crescimento econômico, a criação de empregos e a disciplina fiscal, mas “não sob a sombra dessas ameaças a nossa economia”.

EFE

 

Fonte: Terra

10 Comentários

  1. Na questao sobre essa crise envolvendo a administracao de Negro Obama estou com o economista Dr. Paul Craig Roberts, membro do Partido Republicano, conservador tradicional, (tenho minhas suspeitas que e racista anglo saxonico), ex secretario do Tesouro Norte Americano na administracao do Presidente Ronald Reagan, um dos formuladores da doutrina economica chamada Reaganomics, (que permitiu os EUA vencer a guerra economica com a ex Uniao Sovietica, que resultou na implosao desta e sua eliminacao dos mapas), ex editor do jornal economico Wall Street e da Revista Business Weekly, enfim homem que tudo pode ser, mas esquerdalha, socialista ele nao e, muito menos um comunista. O homem e de extrema direita. Mas admiro o que escreve, no momento estou lendo seu livro “THE FAILURE OF LAISSEZ FAIRE CAPITALISM” que segundo Michael Hudson “mostra que o papo sobre mercado livre e uma estoria para encobrir, disfarcar os horrores “of an asset-stripping operation” pelos bancos particulares que resulta em miseria as populacoes e destruicao dos meios ambientes.” O livro e publicado pela Clarity Press e custa $18, nos EUA e £13 na Inglaterra. Dr. Paul Craig Roberts publicou no http://www.globalresearch.ca um artigo com o titulo THE REAL CRISIS IS NOT THE GOVERNMENT SHUTDOWN: JOBS OFFSHORING, DWINDDLING CONSUMER SPENDING AND A WIDENING BUDGET DEFICIT. dIiz Craig Roberts, …”A verdadeira crise nao reside na questao de impor limite no orcamento. O fechamento parcial da maquina governamental e apenas um resultado de que os Republicanos estao usando a questao de limitar o orcamento para tentar bloquear a implementacao do programa social de Obama, o chamado Obamacare. SE O FECHAMENTO CONTINUA E COMECAR A SE TORNAR UM PROBLEMA, OBAMA TEM PODER SUFICIENTE SOB OS VARIOS ARTIGOS DAS LEIS “ANTITERROR” PARA DECLARAR UM ESTADO DE EMERGENCIA NACIONAL E ELEVAR O “DEBT CEILING” *(O LIMITE NO ORCAMENTO) POR DECRETO PRESIDENCIAL (EXECUTIVE ORDER)…….A crise real e a transferencia de producao industrial pelas corporacoes norte americanas para paises onde o salario e baixo, China e India, o que reduziu a quantia arrecadada de imposto pela Receita Federal, reduziu a capacidade de consumo da populacao norte americana…..A crise real a a ausencia de inteligencia entre os economistas e formuladores da politica economica que tem apregoado nos ultimos 20 anos que nao devemos nos preocupar com a globalizacao, e a transferencia de trabalhos norte americanos…..Agora essa e para responder ao BLUE EYES em seu ultimo comentario ao que escrevi ontem. Como Blue Eyes le ingles nao vou traduzir. diz Craig Roberts, “IN MY OPINION, THE US ECONOMY IS NOT SALVAGEABLE IN ITS PRESENT FORM. THE ECONOMY IS RUNNING OUT OF WATER RESOURCES. THE SUPPLY THAT REMAINS IS BEING DECIMATED BY FRACKING. THE SOIL IS DEPLETED BY GLYSOPHATES, A REQUIREMENT OF GMO AGRICULTURE. THE EXTERNAL COST OF PRODUCTION ARE RISING (THE COSTS THAT THE CORPORACOES IMPOSE ON THE ENVIRONMENT AND THIRD PARTIES) AND POSSIBLE EXCEED THE VALUES OF THE INCREASE IN CORPORATE OUTPUT. ECONOMISTS ARE INCAPABLE OF INDEPENDENT THOUGHT, AND ELECTED REPRESENTATIVES ARE DEPENDENT ON THE PRIVATE INTERESTS THAT FINANCE THEIR CAMPAIGNS. IT IS DIFICULT TO IMAGINE A MORE DISCOURAGING SITUATION. AT THIS TIME, COLLAPSE SEEMS THE MOST LIKELY FORECAST. PERHAPS OUT OF THE RUINS, A NEW INTELLIGENT BEGINNING MIGHT OCCUR. IF THERE ARE ANY LEADERS. Como se ve a opiniao positiva que tem muitos brasileiros sobre a economia ianque nao tem muita ressonancia com o que pensam sobre o assuntos aqueles que realmente conhecem a economia norte americana. Posso citar muitos soutros autores sobre o assunto. Google Antal Fekete, Prudent Bears, Financial; Sense, Zero Hedge. Em particular este ultimo oferece uma lista de outros sites especializados na politica economic a norte americana, que e de facil acesso.

  2. O Interessante que esse é o único politico Yankee que me é simpático, e olha que eu não gosto de políticos… mas me agrada e não sei porque!!

    Mas está certo, essa crise não afeta as relações com os asiáticos, é mais uma crise interna, coisa da politica interna, pelo menos POR ENQUANTO… pois ele também está certo que com o andar da carruagem, essas crise sem duvida afetarão o domínio hegemônico dos USA no mundo, o que a meu ver acontecerá de um jeito ou de outro, é inevitável esse fim da hegemonia americana, sempre aconteceu e vai acontecer sempre, pois o mundo não é estático e nem mesmo os humanos, está sempre em evolução!!

    Valeu!!

    • Negro Obama lhe agrada e voce nao sabe porque? Se voce for de pele escura, e facil de entender, sao muitas pessoas que origem africana, que acreditaram nesse negro enganador, vendido. Dai eu acrescentar a palavra “Negro” antes de mencionar seu nome. Nos EUA a comunidade de origem africana e consciente do significado da palavra negro. Segnifica, Sujeira, Vem de necro, no grego, isto corpse, cadaver. Quando um africacentrista se refere a uma pessoa de origem africana com a palavra “Negro” fulano , Negro Sicrano, ele quer dizer que essa pessoa de origem africana se vendeu aos brancos. O mesmo significado de Uncle Tom, do livro A cabina do Pai Tomas. Ainda ontem uma mulher negra, mae de uma criacinha, aparentemente em estado depressivo, se dirigiu a Casa Branca, tentou entrar na Casa Branca de carro e foi morta a tiros. Nao sei o que passou na cabeca dessa mulher, mas creio que foi uma daquelas pra quem Negro Obama e Deus. E pagou com vida. Se voce for cara palida, branco meu, eu diria que voce e um daqueles brancos com sentimento de culpa por causa dos crimes que os europeus cometeram contra os africanos entre os seculos XV e XX. e votaria no Negro so porque ele e preto. Quanto a mim, uma pessoa de origem africana, esse Negro nunca me iludiu.

      • Não é o Obama que me é simpático como politico yankee, que me agrada ver, mas o Kerry… talvez pela esposa ser moçambicana, Ex-colonia portuguesa, ele tenha um pouco menos de prejuízos formados anteriormente, o que é positivo pro Brasil… é meio pouco pra gerar simpatias eu sei, mas pelo visto me fez olhar com outros olhos pra mais um politico simpático, e sabemos todos que os políticos servem pra isso mesmo, ser simpáticos e ter consensos das massas… eles são vendedores não de imagem como muitos acreditam erroneamente, mas são sim vendedores de simpatia!

        A simpatia é mais forte que a imagem que uma pessoa apresente pros outros… a simpatia GERA A IMAGEM que você faz da pessoa em sua mente!

        Valeu!

      • Tema difícil de se tratar, ainda maispor uma pessoa na minha condição de branco… mas concordo que muitos sem caráter muitas vezes deixam de avaliar negativamente um sujeito só porque o mesmo tem características externas que o torna, dentro do tal politicamente correto, imune a criticas, apesar do mesmo tomar atitudes erradas e imorais… é o caso do obamis que, por ser preto (preto é cor de pele… na minha concepção não há raça negra, uma vez que a raça humana, já comprovado cientificamente, é uma só… existe etnia negra, o que é outra coisa, enfim…) não pode sofrer certas criticas, mesmo nos EUA, mas se é um candidato branco, ai o bicho pega… os americanos também sofrem desse dilema moral… por isso os pretos americanos foram por décadas tratados a pão de ló pelo estado e essa política gerou distorções criticadas mesmo por pretos dirigentes de organizações defensoras dos direitos dos afrodescendentes americanos… ou seja, até eles mesmos chegaram a conclusão que o coitadismo é pior para eles do que o próprio preconceito em si… mas isso seria assunto para um post inteiro… saudações…

      • Não tem nada a ver a Simpatia Politica com uma questão de ser Brancos ou Negros Blue Eyes… e eu sou chegado em uma negrinha bem arrumada também, como todos no interior do Brasil, então não tem racismo amigo, não é a raça que gera simpatias, é o INDIVIDUO EM SIM!!

        A simpatia está sempre coligada a vários aspectos que um individuo demostra de si mesmo, como a mimica corporal, as expressões faciais, o tom de voz, o raciocínio, o olhar, etc…

        Todos esses fatores interligados geram a simpatia, E AGORA FALANDO EM ANTROPOLOGIA HUMANA… eu sei que pros primatas em geral, se eu não falo da simpatia do “Macho Dominante na tribo dos gorilas humanos” eles não vão entender o MEU PONTO DE VISTA, pra eles é o líder o mais simpático, os outros são meros “Serviçais” do macho dominante, não tem simpatia ou no máximo tem pouca simpatia!

        Isso é muito comum vindo do subconsciente de um cérebro de primatas evoluídos, a figura do macho dominante da tribo é sempre como sendo a mais importante e nele se tem o foco principal, e é justamente ai que te enganam na politica, o líder politico ou partidário é somente um pra falar na tua frente, é aparecer bem na foto… a verdadeira politica é feita por trás das câmaras, nos bastidores pelos politico menores, mas na tua cabeça e nas tuas palavras de primata só vem à tona o Líder Politico, como o Obama, vemos isso muito por aí, os ataques politico em maioria na imprensa e feita pelos adversários são concentrados só a Obama ou Lula, mas quase nada de ataques aos seus “atendentes imediatos” nos bastidores da politica!

        Tudo é um condicionamento da evolução cerebral dos primatas que dão prioridade a um “Alfa no Comando”, e muitos humanos não conseguem entender uma condição onde não exista um “Macho Alfa” com as rédeas na mão, como no caso do mundo multipolar, muitos não conseguem imaginar como sendo possível um mundo onde vários potentes tenham que conviver sem que nenhum seja o dominante global… pra esses primatas da velha guarda ou é USA ou é China, tem que ter um dominante… mas a nova era geopolítica parece que não será assim, o dominante parece que será a ONU e os estados nacionais serão somente partes de uma organização maior!

        E mais… Alias é até OBVIO… Tudo o que uma pessoa “SEMPRE” vê por ai, inclusive o Racismo, ESTÁ NOS OLHOS DE QUEM VÊ… o corrupto verá corrupção pra todo lado e como base de tudo, o infame verá infâmia em todo mundo, o ladrão temerá sempre ser roubado e verá todos os lugares por onde os ladrões entrarão, o medroso verá perigo em todo lugar, o preguiçoso verá desculpas em qualquer situação, o IMORAL verá imoralidade em todo mundo e em todo assunto, o veado verá veadagem em tudo quanto é coisa, o racista verá racismo em tudo e em TODOS!!

        Simples assim!!

        Valeu!!

      • Essa prolexidade toda para não dizer NADA ???… ciscou, ciscou e chegou no mesmo ponto… acusou os outros de racista qndo na verdade quem tem medo de enfrentar o tema não resolve a questão de indigência de caráter… provavelmente vc só passou os olhos pelo meu post… releia e comente novamente…

    • E como esta afetando. Li tambem um artigo no http://www.globalresearch.ca com o titulo Government Shut Down: Pentagon Spends Over $5 billion on Military and Spy Equipment. escrito por Kit Daniel.Diz Daniel que “O Departamento de Defeza, assinou 94 contratos num total de $5 bilhoes de dolares no dia 30 de Setembro…” O artigo especifica as particularidades dos contratos. Mas finaliza o artigo dizendo que apesar desses gastos, “O Pentagono realmente fez um corte nas despezas afetando algumas areas do Departamento de Defeza, por causa do impasse na aprovacao do orcamento.JOGOS DE FUTEBOL NOS COLEGIOS DAS MARINHA, FORCA AEREA E DO EXERCITO FORAM SUSPENSOS. E, a coisa la ta feia!

    • por LUCENA.
      .
      .
      AQUILO QUE ELES NÃO QUEREM QUE VOCÊ SAIBA !
      .
      .
      A desigualdade dos EUA
      .
      .
      VÍDEO
      .
      [ verdademundial.org/2013/09/desigualdade-nos-eua.html ]
      .
      .
      Essa com certeza nunca entrará nos dados do Gerson,cerrrrrto…rssrsrr

Comentários não permitidos.