Defesa & Geopolítica

EUA confirmam expulsão de diplomatas e estudam resposta à Venezuela

Posted by

Embaixada dos EUA em Caracas, Venezuela

Os Estados Unidos confirmaram nesta terça-feira terem recebido ontem à noite uma “notificação diplomática” pela Venezuela que declarava “persona non grata” a encarregada de negócios da embaixada em Caracas, Kelly Keiderling, e outros dois funcionários diplomáticos.

“O governo venezuelano entregou uma notificação diplomática noite passada declarando persona non grata à encarregada de negócios Kelly Keiderling e outros dois funcionários, e “se deu 48 horas para abandonarem o país”, informou a porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki, em sua entrevista coletiva diária.

Agora, o governo americano avalia possíveis medidas de reciprocidade contra a Venezuela pela expulsão de três de seus diplomatas. “De acordo com a Convenção de Viena sobre as relações diplomáticas, os Estados Unidos podem adotar medidas de reciprocidade, e estamos considerando quais medidas poderão ser adotadas” neste caso, declarou Psaki.

Os EUA negaram sua participação em qualquer “conspiração para desestabilizar o governo venezuelano”. Na entrevista, Psaki fez questão de reiterar que os EUA “rejeitam completamente sua participação em qualquer conspiração para desestabilizar o governo venezuelano”.

Quem são os diplomatas expulsos

Kelly Keiderling é a funcionária de maior categoria na delegação dos Estados Unidos, depois que ambos os países reduziram suas relações diplomáticas ao nível de encarregados de negócios no final de 2010. Os outros dois funcionários americanos são Elizabeth Hoffman, que trabalha na seção política, e o vice-cônsul Dave Moo.

Já a embaixada da Venezuela em Washington está liderada atualmente por Calixto Ortega, também com categoria de encarregado de negócios. A decisão da expulsão dos funcionários americanos foi anunciada ontem pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, que assinalou ter informações que vinculavam Kelly e os outros dois diplomatas “a conspirações para desestabilizar” o governo da Venezuela.

EFE

Fonte: Terra

25 Comments

shared on wplocker.com