Defesa & Geopolítica

Nota oficial da Presidência da República: Presidente Dilma Rousseff não fará viagem de Estado a Washington

Posted by

Priscilla Mendes

As práticas ilegais de interceptação das comunicações e dados de cidadãos, empresas e membros do governo brasileiro constituem fato grave, atentatório à soberania nacional e aos direitos individuais e incompatíveis com a convivência democrática entre países amigos.”

Nota oficial da Presidência da República

Nota oficial

A presidenta Dilma Rousseff recebeu ontem, 16 de setembro, telefonema do presidente Barack Obama, dando continuidade ao encontro mantido em São Petersburgo, à margem do G-20, e aos contatos entre o ministro Luiz Alberto Figueiredo Machado e a assessora de Segurança Nacional Susan Rice.

O governo brasileiro tem presente a importância e a diversidade do relacionamento bilateral, fundado no respeito e na confiança mútua. Temos trabalhado conjuntamente para promover o crescimento econômico e fomentar a geração de emprego e renda. Nossas relações compreendem a cooperação em áreas tão diversas como ciência e tecnologia, educação, energia, comércio e finanças, envolvendo governos, empresas e cidadãos dos dois países.

As práticas ilegais de interceptação das comunicações e dados de cidadãos, empresas e membros do governo brasileiro constituem fato grave, atentatório à soberania nacional e aos direitos individuais, e incompatível com a convivência democrática entre países amigos.

Tendo em conta a proximidade da programada visita de Estado a Washington – e na ausência de tempestiva apuração do ocorrido, com as correspondentes explicações e o compromisso de cessar as atividades de interceptação – não estão dadas as condições para a realização da visita na data anteriormente acordada.

Dessa forma, os dois presidentes decidiram adiar a visita de Estado, pois os resultados desta visita não devem ficar condicionados a um tema cuja solução satisfatória para o Brasil ainda não foi alcançada.

O governo brasileiro confia em que, uma vez resolvida a questão de maneira adequada, a visita de Estado ocorra no mais breve prazo possível, impulsionando a construção de nossa parceria estratégica a patamares ainda mais altos.

Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República Federativa do Brasil

A presidente Dilma Rousseff decidiu adiar a viagem de Estado que faria em outubro a Washington, nos Estados Unidos, segundo informou em nota nesta terça-feira (17) a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

De acordo com a nota, “os dois presidentes decidiram adiar a visita de Estado, pois os resultados desta visita não devem ficar condicionados a um tema cuja solução satisfatória para o Brasil ainda não foi alcançada”.

A decisão foi motivada pelas denúncias de que a agência de segurança norte-americana, a NSA, espionou a presidente, seus assessores e também a Petrobras, segundo revelou o programa Fantástico.

As práticas ilegais de interceptação das comunicações e dados de cidadãos, empresas e membros do governo brasileiro constituem fato grave, atentatório à soberania nacional e aos direitos individuais e incompatível com a convivência democrática entre países amigos.”

Nota oficial da Presidência da República

“Tendo em conta proximidade da programada visita de Estado a Washington – e na ausência de tempestiva apuração do ocorrido, com as correspondentes explicações e o compromisso de cessar as atividades de interceptação – não estão dadas as condições para a realização da visita na data anteriorimente acordada”, diz a nota.

Ainda de acordo com a secretaria, o governo brasileiro espera que a visita de Estado ocorra “no mais breve prazo possível”.

“O governo brasileiro confia em que, uma vez resolvida à questão de maneira adequada, a visita de Estado ocorra no mais breve prazo possível, impulsionando a construção de nossa parceria estratégica e patamares ainda mais altos”, diz o texto da nota.

Dilma chegaria no dia 23 de outubro à capital dos Estados Unidos para a visita de Estado. O único presidente brasileiro convidado para uma viagem nestes moldes foi Fernando Henrique Cardoso, em 1995.

A viagem de Estado está na mais alta categoria diplomática entre dois países e é realizada apenas duas vezes por ano pelos Estados Unidos. A visita inclui diversas pompas e cerimônias formais, como revista às tropas norte-americanas, visita às sedes dos três poderes e jantar de gala na Casa Branca oferecido pelo presidente Barack Obama.

Segundo informou o blog de Cristiana Lôbo, o governo avaliou que não há garantias de que novas denúncias de espionagem não vazarão. O receio da presidente, de acordo com o blog, é o constrangimento que uma nova denúncia provocaria no momento em que ela estivesse nos EUA.

 

Fonte: G1

 

23 Comments

  1. 1maluquinho says:

    Chora bananeira
    bananeira chora
    chora bananeira a Boing ja foi embora
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    AI TITIA GANHOU PONTO COMIGO UM BEIJINHO RESPEITOSO NO TOUCINHO DO SEU BIFINHO ROLE.

  2. 1maluquinho says:

    Sera que foi decidido de comum acordo ou colocado assim para não arranhar imagens heim pois como esta colocado basta eles contarem estorinha convincente e voltam abrirem as perninhas né !
    Veremos se essa Quadrilha dos Irmãos Petralhas resistira aos convincentes argumentos regados a dolares como de costume.
    Então minha Senhora os M2000 estão saindo e alem disso o Brasil necessita ter capacidade de construir proprios caças,o que voce fara heim ?
    Ate se escolher o Gripen NG Anglos armarão alguma.
    Porque não compra JF e assim se isenta de desagradar a todos ou tenha a coragem de decidir-se pelo que realmente capacitara a industria,a nação que é o desejado dos pilotos SUKHOIS.
    Dentro de sua visão de dizer que ate Cucamonga Federation é parceira estrategica do Brasil não é a Russia nos interesses gerais em ambito BRICS tambem parceira estrategica do Brasil ?
    Amiguinha Dilma sua cabeça sera pesada e medida ano que vem e se não tiver a coragem de tomar decisões impactantes vai de ralo heim…

  3. Lucas Senna says:

    “países amigos”? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK to chorando de rir aqui kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Nascimento says:

    “Guess who\’s not coming to dinner”
    ”Adivinhe quem NÃO vem para o jantar”
    Huffington Post, sobre o não da Dilma

  5. HMS_TIRELESS says:

    Se a gerentona fosse realmente uma estadista teria mantido a visita e, quando fosse conversar diretamente com Obama, teria mostrado todo o seu descontentamento. Mas não! Deixou-se aconselhar por um “núcleo duro”composto dois notórios bolcheviques de tendências fascistóides (Rui Falcão e Franklin Martins) e o nosso ex-presidente, que anseia pela oportunidade de vingar-se de Obama pelo fato do Presidente americano ter jogado aquele acordo nuclear fajuto no lixo. República bananeira é isso aí!

  6. regivaldo says:

    Quem não é protagonista acaba sendo protagonizado!O protagonista dessa historia é o repórter americano radicado no Brasil, que recebendo os dados do americano exilado na russia constrangeu a nossa grande líder (fisicamente falando)!Corria o risco de passar vergonha ao lado do Obama!Essa senhora anda com marqueteiro a tiracolo, imaginem que transformações implicará ao Brasil e aos brasileiros esse governo, ou seja, nenhum!Se nem pra comprar 36 caças pra defesa do Brasil tem a ousadia, tão pouco pra coisas de maior envergadura!O futuro é turvo e como sempre depende do protagonismo do nosso povo, de todos os brasileiros, que continuarão a pagar altíssimos impostos pra sustentar esses parasitas, cada vez mais dispensáveis!

    • 1maluquinho says:

      E o cagaço dos Americanos de quando a Dilma estar em Washington no meio do jantar sair mais um vazamento de informações contra os EUA heim ! kkkkkk
      Perdeu EUA kkkk

  7. stadeu says:

    O lado bom da espionagem é o seguinte :

    NINGUÉM ESTÁ ACIMA DO BEM OU DO MAL OU SE SENTIR INTOCÁVEL POIS ESTARÁ SENDO OBSERVADO.

    • stadeu says:

      Também acho que dada a fragilidade da segurança das informações mais

      finas está na hora de ESTATIZAR as grandes empresas que envolvem a

      Segurança Nacional :

      Embratel, Telebras, Embraer , Avibrás e qualquer outra empresa que possa

      sofrer um cheque mate sob qualquer pretexto estrangeiro no país.

      Economia aberta é uma coisa de perna aberta é outra.

      • Concordo, mas seria melhor apena ampliar o âmbito de atuação da Telebrás e criar concorrência publico-privada no setor de comunicações.

        Os governos, prefeituras e empresas estatais seriam obrigados a contratar com a Telebras.

        Os cidadãos e empresas privados ficariam livres para contratar o melhor serviço e preço.

        Uma concorrência parecida com a que existe no setor financeiro entre bancos públicos e privados.

    • 1maluquinho says:

      O lado bom da divulgação de espionagens é que faz otarios abrirem os olhos.

  8. Vader says:

    Prevaleceu a politicagem barata, como era de se esperar do governo da gerenta do PT. Aquela do Foro de São Paulo. Aquela que recebe ordens de Havana.

    Alguns fatos desse causo todo:

    1. Não há prova ou sequer evidência alguma de prejuízo ou ação danosa dos EUA ou suas empresas contra o Brasil, seus governantes ou suas empresas;

    2. A PeTralhada podre achou a desculpa que queria para engavetar mais uma vez o FX2. Que venha o JF-17 “Thunder”…

    3. A corja que nos governa joga para a torcida (público interno), mais uma vez, “peitando” o USA sem necessidade ou resultado prático algum pra mostrar “independência”;

    4. Os EUA não deixarão de interceptar as comunicações de outros países por conta do chilique da Boca-Torta, dado que para eles esta é uma questão de segurança nacional. Apenas irão melhorar seus controles para impedir vazamentos;

    5. O governo brasileiro HÁ MUITO TEMPO não apenas sabe como se beneficia da “espionagem” (?) do Tio Sam. Se o governo do PT quer uma internet “neutra”, que fabrique a sua. Porque a internet que usamos É americana e será SEMPRE monitorada por eles;

    6. O Brasil tem tudo a perder com o afastamento dos EUA, e nada a ganhar. Como disse um certo assessor do Presidente George Walker Bush, “sem os EUA o Brasil pode começar a se preparar para negociar com os pinguins da Antártica”.

    Torço e torço muito para que a administração americana perca a paciência e atire a porcaria ao ventilador contando a nós, reles brasileiros mortais, o que descobriu nessas escutas sobre o alto escalão do governo PeTralha.

    Mas sabendo que se trata do governante mais patético que já sentou-se na Casa Branca desde Jimmy Carter (no mínimo), provavelmente o cidadão apenas dará de ombros.

    Como disse alguém outro dia: comecem a estocar papel higiênico, senhores. Pois a Venezuela é aqui.

    • Blue Eyes, Na Resistência says:

      Umas verdades sobre o partidão e seus apoiadores… http://www.youtube.com/watch?v=isgmGsf_QeU

    • 1maluquinho says:

      kkkkkk não era voce meu caro que afirmava que ja estava tudo acordado e decidido kkkkk quero ver a carinha de broa solada da Montaer kkkkk

  9. Vader says:

    Aliás, ao dizer que “lamenta mas compreende” a atitude da PeTralha, Obama JÁ deu de ombros…

  10. Cesar Pereira says:

    Essa viagem não tinha importância alguma mesmo, mas o certo seria mandar um recado mais incisivo, ou seja tirar o caça dos EUA da concorrência do eterno FX2, Assim os EUA tomariam do próprio veneno, e de quebra mexeríamos na parte mais sensível deles ,o bolso !

  11. “..culpa dela…como disse o meu amigo 1Maluquinho: Chora Bananeira…sds.

  12. stalker.sdl says:

    chupa fanboyolada yanke kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!

    • 1maluquinho says:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  13. 1maluquinho says:

    Galvão filma eu kkkkk Pode isso Arnaldo ? kkkkkk

  14. 1maluquinho says:

    Calma Virgenzinhas escandalizadas diante do pupito a descabelarem as piriquitinhas,quando acharem que a poeira vai baixar virão novas revelações e o caldo entorna de novo kkkkkkkkkkkkk

  15. Blue Eyes, Na Resistência says:

    Os dementes de plantão acham que isso foi vantagem para o país… bando de tapados… isso foi IRRESPONSABILIDADE e DESCONSIDERAÇÃO com a nação brasileira… antes de ser petista ela é PresidentE do Brasil… mas isso os esquerdalhas não entendem porque são por demais imorais… também, filhos de chocadeiras… rsrsrsrsrrsrs….

shared on wplocker.com