Defesa & Geopolítica

Ajuste Fiscal: Cortes afetam planos do Ministério da Defesa

Posted by

Submarino

Ainda estão sendo estudados os setores da Defesa que serão afetados pelos cortes orçamentários, contudo, sabe-se que o programa de construção de submarinos e o programa nuclear da Marinha serão preservados. Foto do SBN : Ivan Plavetz

Ivan Plavetz

De acordo com o decreto 8.062 divulgado no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira (29), as medidas de ajuste fiscal implementadas pelo governo federal irão tirar mais R$ 919,4 milhões do Ministério da Defesa para o corrente ano.

Em maio passado a área econômica já havia cortado cerca de R$ 3,67 bilhões da pasta, significando uma redução total superior a 30%.

Diante desse contingenciamento, o ministro da Defesa, Celso Amorim, alertou a Presidência da República sobre os efeitos dessa redução de capital nos projetos importantes ora em andamento. Na ocasião, Amorim conseguiu a liberação de R$ 400 milhões.

Foto3MDcorte

Entre os setores da Defesa que não serão afetados pelos cortes orçamentários esta o programa nuclear da Marinha.

Embraer-KC-390-AG-02

KC-390 – EDS

Segundo a assessoria de comunicação do Ministério da Defesa, ainda estão sendo avaliados os setores cujas verbas serão reduzidas, entretanto, já se sabe que entre os programas preservados, três deles estão coligados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC):

— O PROSUB, que visa a construção de cinco submarinos para a Marinha do Brasil, sendo quatro convencionais e um de propulsão nuclear com a cooperação da França; o desenvolvimento do avião militar de transporte KC-390 sob a liderança da Força Aérea Brasileira (FAB) e Embraer Segurança e Defesa, o qual esta na fase de construção do primeiro protótipo; e o Programa Nuclear da Marinha (PNM), empreendimento voltado notadamente para a propulsão nuclear de submarinos.

 

Fonte: Tecnologia & Defesa

5 Comments

shared on wplocker.com