Defesa & Geopolítica

BRASIL INTERESSADO NO ‘TILTROTOR’ V-22 OSPREY? SEGUNDO A ROTOR & WING MAGAZINE, SIM!

Posted by

V22 osprey

“Segundo o Coronel Gregory Masiello do USMC (Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA), gerente do programa V-22 Osprey, Brasil estaria entre os interessados no ‘tiltrotor’ V-22 Osprey.

A informação sobre os países interessados no V-22 foi publicada na edição da revista Rotor & Wing Magazine, com data do mês de agosto de 2013, confirmando a notícia dada pela agência Reuters em junho de 2013.

Em relação à reportagem da Reuters de junho de 2013, a Rotor & Wing Magazine trouxe como principal novidade as possíveis quantidades (números de unidades), que alguns dos países interessados pretenderiam obter: Emirados Árabes Unidos – 16; Israel – 6; Qatar – 12; Canadá – 12 a 15; Japão – 6 a 10; Brasil – 10.”

[embedplusvideo height=”393″ width=”650″ editlink=”http://bit.ly/16D6WVj” standard=”http://www.youtube.com/v/vglHpvcK-Jk?fs=1″ vars=”ytid=vglHpvcK-Jk&width=650&height=393&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep7151″ /]

USMC Bell Boeing V-22 Osprey em vôo de demonstração no “Farnborough International Airshow” de 2012

Lista de países interessados no V-22 Osprey pode incluir o Brasil

bell_boeing_v_22

Segundo gerente do programa, Brasil estaria entre os interessados no ’tiltrotor’ V-22 Osprey. Revista especializada em asas rotativas, na sua edição do próximo mês de agosto, traz até a quantidade: 10 aeronaves

O coronel Gregory Masiello do USMC (Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA), gerente do programa V-22 Osprey, disse no mês passado que a aeronave já desperta a atenção de possíveis compradores externos. A declaração foi dada um pouco antes da assinatura de contrato, avaliado em cerca de US $ 6,5 bilhões, para a compra de 99 V-22 Osprey ao longo de cinco anos (veja link para notícia anterior ao final da matéria).

Segundo Masiello, o interesse internacional na aeronave manteve-se elevado. Conforme reportagem da Reuters publicada na ocasião, Masiello disse que o governo dos EUA havia fornecido briefings para a Arábia Saudita, Catar, Emirados Árabes Unidos, Itália, Brasil, Colômbia, Cingapura e Austrália. Ele também afirmou, conforme a Reuters, que o Pentágono estava trocando correspondência com três países em relação a possíveis compras do V-22, mas não mencionou quais eram os países.

Ainda segundo Masiello, o programa faz bons progressos e as 214 aeronaves em uso já voaram cerca de 190 mil horas de combate.

A informação sobre os países interessados no V-22 foi publicada na edição com data deste próximo mês de agosto da revista Rotor & Wing Magazine, confirmando a notícia dada pela agência Reuters no mês passado.

Em relação à reportagem da Reuters, a Rotor & Wing Magazine trouxe como principal novidade as possíveis quantidades que alguns dos países interessados pretenderiam obter: Emirados Árabes Unidos – 16; Israel – 6; Qatar – 12; Canadá – 12 a 15; Japão – 6 a 10; Brasil – 10. Pedidos de informação também teriam sido recebidos, segundo a Rotor & Wing Magazine, pelo Reino Unido, Colômbia, Líbia, Itália, Índia, Cingapura e Austrália, numa lista ligeiramente diferente da apresentada pela Reuters no mês passado.

O secretário de Defesa Chuck Hagel anunciou em abril que Israel seria o primeiro comprador estrangeiro do V-22. Fontes disseram que Israel receberia cinco ou seis V-22 a um preço estimado de US $ 70 milhões cada.

FONTE: Reuters Rotor & Wing Magazine  via Poder Aéreo

37 Comments

shared on wplocker.com