Defesa & Geopolítica

COM A PALAVRA, O PRESIDENTE DA FIFA JOSEPH BLATTER:

Posted by
B356586FA6B141EFBBEE6CE57CE9090D
“O Brasil passou no teste. Isso, aliás, foi muito mais que um teste. Foi a Copa dos Campeões”, disse Blatter. “Posso dizer que o torneio foi exitoso.”
 
Ele afirmou que a Fifa está no Brasil para “ajudar”. Relembrou também que todas as exigências da entidade para a Copa das Confederações e Copa do Mundo eram conhecidas em 2007, quando o Brasil ganhou o direito de sediar os eventos.”
Blatter diz Copa das Confederações do Brasil é um sucesso e engrandece Fifa
Rodrigo Mattos e Vinicius Konchinski
Do UOL, no Rio de Janeiro

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse nesta sexta-feira que os protestos no Brasil não abalaram a federação nem a realização da Copa das Confederações deste ano. Pelo contrário. Em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, Blatter disse o torneio é um sucesso, e as manifestações organizadas durante a competição engrandeceram a Fifa.

“A Fifa sai maior deste torneio”, afirmou ele, quando perguntado sobre os possíveis impactos dos protestos na imagem da Federação Internacional de Futebol.

Perguntado sobre a organização da Copa das Confederações, Blatter também minimizou os efeitos das manifestações. Respondeu que, segundo todos os relatórios que recebeu até o momento (ainda faltam duas partidas para o final do torneio), a competição foi bem sucedida.

“O Brasil passou no teste. Isso, aliás, foi muito mais que um teste. Foi a Copa dos Campeões”, disse Blatter. “Posso dizer que o torneio foi exitoso.”

O presidente da Fifa, mais uma vez, declarou que entende os protestos da população brasileira. Em suas respostas, contudo, deu o entender que não considera justas as reclamações contra a entidade máxima do futebol.

Ele afirmou que a Fifa está no Brasil para “ajudar”. Relembrou também que todas as exigências da entidade para a Copa das Confederações e Copa do Mundo eram conhecidas em 2007, quando o Brasil ganhou o direito de sediar os eventos.

Blatter ainda disse que acredita que todo o projeto de desenvolvimento anunciado pelo governo por causa da Copa sairá do papel. A realização dos projetos, disse ele, é “uma questão de paciência e confiança”.

Sobre confiança, Blatter disse também que confia que o governo brasileiro proverá a segurança necessária para as últimas partidas da Copa das Confederações e para a Copa do Mundo. Ele repetiu as palavras do secretário-geral Jérôme Valcke, que disse que a Fifa nunca pensou em suspender a Copa das Confederações no Brasil ou em um plano B para a Copa do Mundo de 2014.

“Isso [manter os torneio] é uma confiança no governo e na população do Brasil. A população gosta do futebol”, afirmou ele. “Na nossa pesquisa, 71% das pessoas querem a Copa do Mundo.”

Fonte: UOL 

2 Comments

shared on wplocker.com