Defesa & Geopolítica

Mais seis Viking Air DHC-6-400 para as Forças Armadas do Peru

Posted by

DHC-6-400

Ivan Plavetz

A Força Aérea do Peru (FAP) adquiriu em 2010 um lote de 12 DHC-6-400 por US$ 68,4 milhões, para operar  no Grupo Aéreo nº42 baseado em Iquitos. Foto Viking Air

De acordo com fontes locais, as Forças Armadas do Peru estão interessadas na aquisição de um lote adicional de seis aviões de transporte turboélice DHC-6-400 fabricados pela canadense Viking Air, versão atualizada dos legendários Twin Otter da extinta De Havilland Canadá. Quatro exemplares seriam destinados para a Aviação do Exército do Peru (AEP) e os dois restantes para a Aviação Naval do Peru.

A Força Aérea do Peru (FAP) adquiriu em 2010 um lote de 12 DHC-6-400 por US$ 68,4 milhões, e destinados ao Grupo Aéreo nº42 baseado em Iquitos. Até o momento, quatro aeronaves foram entregues, prevendo-se que o lote seja completado ao longo de 2014.

vikingair

A avionica do DHC-6-400 é de última geração, incluindo o painel dominado por mostradores digitais no lugar dos analógicos da versão primitiva. Foto Viking Air

O DHC-6-400 possui uma envergadura de 19,81 metros, comprimento de 15,77 metros e altura de 5,94 metros, sendo que decola com um peso máximo bruto de 5670 kg. A propulsão da aeronave é executada por dois motores turboélice Pratt & Whitney PT6A-34, que possibilita o voo a uma velocidade máxima de 314 km/h.

O teto máximo de serviço é de 8.138 metros e o alcance situa-se na casa dos 1400 km. Dotado de apreciável capacidade STOL (decolagens e pousos curtos), o modelo alça voo consumindo apenas 366 metros de pista e aterrissa em 320 metros dependendo das condições locais.

O DHC-6 adapta-se bem aos aeródromos rudimentares e em ambientes do tipo Amazônico, condições frequentemente encontradas no território peruano.

A avionica da versão desenvolvida pela Viking Air é de última geração, incluindo o painel dominado por mostradores digitais no lugar dos analógicos da versão primitiva.

Foto4DHC6400Peru.

As Forças Armadas do Peru operam aviões De Havilland DHC-6 Twin Otter a mais de 40 anos, incluindo aparelhos configurados com flutuadores, acessório que encontra frequente aplicação nos lagos e rios existentes no território do país. Foto FAP

Fonte: Tecnologia & Defesa

Comments are closed.

shared on wplocker.com