Defesa & Geopolítica

GENERAL-DE-EXÉRCITO LUIZ CARLOS PRESTES ???

Posted by
CARTAZ-PRESTES - 115 anos
“Além da restituição do mandato de senador a Luiz Carlos Prestes, que será feita hoje, 5ª feira, 16/05/2013, no Senado, a família do grande líder comunista quer mais.”

General Prestes – Parte 1

Além da restituição do mandato de senador a Luiz Carlos Prestes, que será feita hoje no Senado, a família do grande líder comunista quer mais.

A viúva, Maria, vai hoje a Brasília entregar ao ministro Celso Amorim um pedido para que Prestes receba a patente de general do Exército (Veja a carta escrita por Maria Prestes para Celso Amorim abaixo).

 

Carta para Celso Amorim 

 

Excelentíssimo Senhor
Celso Luiz Nunes Amorim
Ministro de Estado da Defesa do Brasil

Rio de Janeiro, 16 de maio de 2013

Receba os mais afetuosos cumprimentos da minha parte, dos meus nove filhos, vinte cinco netos e dez bisnetos. Especialmente, pela corajosa gestão frente ao Ministério da Defesa. Vosso papel junto ao Exército, Marinha e Aeronáutica se destaca no cumprimento do compromisso de proteção das fronteiras da nação e no fortalecimento da tradição democrática das Forças Armadas.

O Exército brasileiro, desde a Proclamação da República, até a marcha da Coluna Prestes, revolução de 1930 e participação na Segunda Guerra Mundial, demonstrou bravura e forjou sua identidade na busca da liberdade. Sendo assim, nada mais natural que plenamente recuperar a imagem de Luiz Carlos Prestes junto ao Exército do Brasil.

Conseguimos, desde 1979, a anistia política e a anistia militar do Cavaleiro da Esperança. Agora, o Senado Federal, a meu pedido, revogou a cassação de seu mandato de Senador da república.

Portanto, seria justo elevar sua patente a General do Exército. Tanto pelo mérito de ser um dos maiores estrategistas militares do Brasil, como por ter comandado oficiais, que, por idade, mérito e trajetória, chegaram à patente de Marechal, como – por exemplo – Osvaldo Cordeiro de Farias.

Sendo Luiz Carlos Prestes elevado à patente de General, seu gênio estratégico e tático poderá ser incorporado devidamente à História do Exército, fortalecendo ainda mais o talento do soldado brasileiro. “A Pátria tudo devemos dar e nada pedir, nem mesmo a compreensão”, disse um dos maiores amigos de Prestes, o Comandante do Terceiro Destacamento da Coluna Prestes – Antônio de Siqueira Campos. Este espírito de entrega total aos interesses na nossa querida terra norteou a vida de Prestes. Por isso contamos com a Vossa generosidade.

Sendo o que se apresenta.
Com admiração e respeito,

__________________________________
Maria do Carmo Ribeiro (Maria Prestes)
Viúva de Luiz Carlos Prestes

 

Fonte: Blog do Ancelmo/O Globo, Página 12, 5ª Feira, 16/05/2013 

 

Leia também:

General Prestes – Parte 2  

Carta aberta ao ministro Celso Amorim 

A notícia, publicada na coluna, de que a viúva de Luiz Carlos Prestes, dona Maria do Carmo Ribeiro, pediu ao Ministério da Defesa que o Cavalheiro da Esperança seja considerado general do Exército iniciou um novo capítulo de desavenças na família do famoso comunista.

Anita, filha de Luiz com Olga Benário, também enviou um carta ao Ministro da Defesa, mas dizendo que considerar seu pai general do Exército seria um desrespeito à vontade dele.

Veja a carta na íntegra:

 

 

Exmo. Ministro da Defesa
Sr. Celso Amorim

Tendo em vista notícia hoje publicada na coluna de Ancelmo Gois em “O Globo”, referente a um suposto desejo da família de Luiz Carlos Prestes de que este receba a patente de general, devo declarar que, na qualidade de sua filha com Olga Benario Prestes, não admito que se faça semelhante afirmação em nome de toda a família.

Considero necessário esclarecer que Prestes sempre foi contrário à sua reintegração ao Exército, como é do conhecimento de seus companheiros e amigos mais próximos.Tal medida constituiria, portanto, um desrespeito à sua vontade, conforme já o foi sua anterior promoção a coronel do Exército, efetuada após seu falecimento.

Como é do conhecimento público, Prestes não aceitou a anistia de 1930 e não solicitou sua reintegração ao Exército. Durante o Estado Novo, quando respondeu a processo de deserção do Exército, foi absolvido pelo Conselho Especial da Justiça Militar, que considerou improcedente a denúncia, uma vez que o acusado jamais requerera sua volta ao Exército.

Certa de que poderei contar com sua compreensão, atenciosamente, Anita Leocadia Prestes.

 

Calma, gente!
Anita Prestes, filha de Prestes com Olga Benário, não concorda mais uma vez com a viúva do pai, Maria, que pleiteia a patente de general para o líder comunista:

— Prestes sempre foi contrário à sua reintegração ao Exército, conforme é do conhecimento de seus companheiros e amigos mais próximos.

É. Pode ser. 

Fonte: Blog do Ancelmo/O Globo, Página 16, 6ª Feira, 17/05/2013 

3 Comments

shared on wplocker.com