Defesa & Geopolítica

No Senado, Amorim pede mais recursos para Defesa

Posted by

AFP_EastNews-LAAd468

DÉBORA ÁLVARES
Agência Estado

O ministro da Defesa, Celso Amorim, fez um apelo ao Congresso Nacional ao pedir a aprovação de um projeto que aumente os recursos destinados às Forças Armadas. Segundo ele, o ideal seria ter não 1% do Produto Interno Bruto (PIB) para o setor, mas 2%. “Isso demonstraria a crescente consciência da importância da Defesa”, disse durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado na manhã desta quinta-feira.

Amorim voltou a ressaltar que o País está pronto para atuar nos grandes eventos que receberá a partir do próximo mês – entre 15 e 30 de junho o Brasil sediará a Copa das Confederações e, de 23 a 28 de julho, a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, que contará com a presença do Papa Francisco. A segurança será coordenada pelo Ministério da Defesa, em parceria com o da Justiça e outros órgãos do governo.
O ministro destacou que um efetivo de 20 mil militares das Forças Armadas deve ser deslocado para atuar na Copa das Confederações e oito mil, na visita do Papa ao País. “Isso entre aqueles que estarão diretamente atuando e outros que estarão de contingência para eventualidades de uma ação maior. Sem falar dos policiais militares e da Polícia Federal.”
Nos grandes eventos, conforme ressaltou o ministro, as Forças Armadas atuarão não só em relação a ações tipicamente suas, como controle do espaço aéreo, marítimo, contra terrorismo, defesa cibernética ou contra eventuais incidentes químicos, biológicos, mas “com força de contingência para qualquer motivo que venha a gerar falência dos órgãos de segurança”.
As parcerias com os Estados Unidos para medidas contra o terrorismo também foram destacadas por Amorim durante a audiência. Ele explicou que as Forças Armadas passam por treinamento para atuar nessa área e contam, inclusive, com uma unidade contra terrorismo para ação em questões como uso de armas químicas.

Fonte: Estadão

10 Comments

  1. Bom nao sei se é isso mas essa foto com uma maquete de tres veiculos da alemã KMW sendo o Leopard 1a5,o Guepard1a2 e o que parece ser um Leopard 2a7, seria uma possivel aquisição desse veiculo dos alemães? novos ou dos estoques do exercito germânico?

    • Lucas Senna says:

      Pouco provável, o L2A7 é muito pesado para nossa infraestrutura. Acho que o T-90 teria mais chances nesse quesito, mas nada é impossivel e o L2A7 certamente é um MBT bem capaz.

  2. Darth Sidious says:

    Muito bom, mais como fica os outros projetos, é nossos satélites vão decolar também, olhem essa petição, http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N31169

  3. alexandre says:

    Uns 200 deles(2A7) já estaria de bom tamanho estacionados no Rio Grande.

  4. PÉ DE CÃO says:

    tomara que o apelo do amorim seja entendido e posto em pratica

  5. Sayd_Jarrad says:

    Os nossos leopards possui canhão de 105 MM..Existe a possibilidade de muda-los para 120 mm ?…

    Saudações

  6. leonardo_sp says:

    2 % é o minimo ,

    alias parabéns pelo plano brasil por ter voltado so hj vim a descobrir a volta do site.
    parabéns E.M.Pinto

    • Salve Leo, obrigado.
      Espalhe a notícia
      abraçO
      Edilson Pinto

      • leonardo_sp says:

        tenha certeza disto.
        abraço.

  7. Lucas Senna says:

    Posso estar enganado, mas creio que esse seja o Estande da KMW durante a LAAD. Eles jamais deixariam de lado seu mais querido brinquedinho, e aliás, que brinquedo ein.

    Sobre o texto, parece até que o Amorin não aprendeu ainda que nosso senado é completamente inútil, se ele quer verbas é a gerentona que ele tem que pedir, não ao senado.

shared on wplocker.com