Defesa & Geopolítica

SUGESTÃO DE FILME: “SESSÃO ESPECIAL DE JUSTIÇA”

Posted by

 1975_Section_SpecialeA guerra no Teatro de Operações da Europa encerrou-se em 8 de maio de 1945, portanto há 68 anos, com a rendição incondicional da Alemanha, dando por encerrado a Segunda Guerra Mundial (II GM) no continente europeu .

Para reverenciar esses 68 anos, o Plano Brasil sugere este imperdível filme,   “Sessão Especial de Justiça“, feito em 1975 pelo cineasta grego, naturalizado francês, Costa-Gavras (*).

O filme ficção “Sessão Especial de Justiça” de Costa-Gravas, funciona como uma parábola sobre o funcionamento das engrenagens nos meandros do poder de uma nação, a partir do momento em que legisladores públicos, que almejam alcançar determinados resultados moralmente condenáveis, se utilizam para isso de uma lógica indefensável por qualquer ser humano decente.

Infelizmente, o filme é atualíssimo no Brasil de hoje, vide o recente embate entre os poderes federais, Judiciário e Legislativo. 

 [embedplusvideo height=”425″ width=”530″ standard=”http://www.youtube.com/v/0nYWCLkEa9I?fs=1″ vars=”ytid=0nYWCLkEa9I&width=530&height=425&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep7398″ /]

Sinopse do Filme:

Sessão Especial de Justiça”, trata-se de um filme de ficção elaborado por Costa-Gavras em 1975, sobre o tema de um tribunal montado na França, especialmente para condenar à morte, acusados de ações terroristas, como represália exigida pela Administração Militar Alemã em Paris (Militärverwaltung in Frankreich)  ao assassinato de um oficial da Marinha de Guerra Alemã  (Kriegsmarine)  por um comunista francês, além de contar a história de uma das muitas atrocidades perpetradas pelo governo de Vichy durante a Segunda Guerra Mundial, numa tentativa de apaziguar os seus companheiros nazistas.

Em 1941, numa manifestação de comunistas franceses contra o governo de Vichy, esta é encerrada à força por soldados nazistas. Quando um punhado de manifestantes são executados, seus companheiros se vingam matando um oficial da marinha alemã. As autoridades nazistas exigem uma resposta imediata do governo francês, de modo que uma centena de reféns serão presas e condenadas, a menos que os terroristas comunistas sejam executados.

 A nova lei, é rapidamente introduzida, permitindo que aqueles anteriormente condenados por crimes terroristas sejam julgados novamente, com a perspectiva de uma sentença mais dura. Para isso, um tribunal especial de justiça é criado para alcançar o resultado desejado: “seis convenientes sentenças de morte”, em tempo hábil .

 Na Segunda Guerra Mundial, em cada um dos países que a Alemanha Nazista derrotou, e/ou ocupou, sem derramamento de sangue, instituiu um regime diferente. A Áustria ficou incorporada ao Reich, a Tchecoeslováquia transformou-se no Protetorado da Boêmia e Moravia; na Noruega foi instalado um governo colaboracionista, na Dinamarca, manteve-se o rei. A Itália, inicialmente, foi aliada de Hitler que tinha grande apreço pelo ditador Mussolini, a quem dava grande liberdade. Já perto do final da guerra Mussolini foi destituído e preso pelo Rei Vitório Emanuel. Um comando nazista conseguiu libertar Mussolini e instalá-lo de volta à força no poder no norte de uma Itália já dividida e parcialmente ao lado dos aliados. Outras formas foram adotadas, cada país um caso diferente.

 (*) Konstantinos Gavras, mais conhecido como Costa-Gavras, em grego Κώστας Γαβράς, (Lutrá IréasArcádia12 de fevereiro de 1933) é um cineasta grego, naturalizadofrancês, que se notabilizou por seus filmes de denúncia política e, mais recentemente, de ficção social.

 

 

Seção Especial de Justiça – Legendado, Filme Completo (Costa-Gravas, 1975)

Comments are closed.

shared on wplocker.com