Defesa & Geopolítica

Suspeitos do ataque em Boston são da região do Cáucaso russo, diz mídia

Posted by

swat

Em maio de 2011, Dzhokhar Tsarnaev, então estudante do último ano do ensino médio, ganhou uma bolsa de estudos no valor de US$ 2,5 mil da cidade de Cambridge, Massachusetts, para pagar seu curso na universidade. Agora, Tsarnaev é um dos suspeitos de ter realizado o ataque em Boston , e é considerado pela polícia um “terrorista perigoso”.

Dois supostos irmãos, um agora morto , e um vivo e foragido . Horas depois de as imagens de dois homens com bonés de beisebol terem sido divulgadas , um retrato de formatura de um dos suspeitos também apareceu.


AP

Suspeitos do ataque de Boston: Tamerlan Tsarnaev (esq.) foi morto pela polícia e Dzhokhar Tsarnaev (dir.) está foragido

Tsarnaev, 19 anos, e seu irmão mais velho, Tamerlan, que foi morto após uma noite de violência em Cambridge, viviam juntos na rua Norfolk, em Cambridge, localizada a dez minutos de Boston. Um tio, Ruslan Tsarni, que vive em um subúrbio de Washington, afirmou à AP que os dois moravam juntos perto de Boston e estão nos EUA há cerca de dez anos. As autoridades, entretanto, afirmam que os irmãos estariam no país há cerca de um ano.

Eles vieram do Cáucaso russo, em cidade perto da Chechênia, que ficou assolada por insurgentes islâmicos após as guerras separatistas.

A página de Dzhokhar Tsarnaev na rede social Vkontakte diz que ele estudou na Cambridge Rindge & Latin School, formando-se em 2011, ano em que conseguiu uma bolsa de estudos.

“Ele estudou no Cambridge Rindge & Latin School, a única escola de ensino médio pública de Cambridge e o mesmo colégio que a minha filha estuda”, disse ao iG o brasileiro Yuri Ramos. “A minha filha não o conhece, mas amigos que estudaram com o rapaz estão abismados com as notícias, pois afirmam que ele era muito inteligente e amigável.”

Antes de se mudar para os EUA, Dzhokhar também estudou na Escola nº1 em Makhachkala, capital do Daguestão, república predominantemente muçulmana na região norte do Cáucaso russo, que se tornou um epicentro de insurgência islâmica. No site, ele se descreve como um falante fluente de checheno, inglês e russo. Sua visão de mundo é descrita como “islâmica” e seu objetivo pessoal é “carreira e dinheiro”.


Tsarnaev apareceu no vídeo divulgado pelas autoridades na quinta-feira identificado como suspeito número 2, andando pela calçada, sem ser notado pelos espectadores envolvidos na Maratona de Boston. Ele seguiu Tamerlan por cerca de três metros.

Segundo o site spotcrime.com, Tamerlan, o mais velho, foi preso em julho de 2009 por violência doméstica, após agredir sua namorada. Ele era um lutador amador de boxe, listado como um competidor da Narional Golden Gloves em 2009.

O pai dos suspeitos no ataque na Maratona de Boston afirmou que seu filho, que continua foragido, é um jovem esperto e talentoso. Anzor Tsarnaev conversou com a Associated Press pelo telefone da cidade russa de Makhachkala depois que a polícia ter informado que Tamerlan havia sido morto e seu outro filho, Dzokhar, era alvo de uma intensa perseguição.

“Meu filho é um verdadeiro anjo”, disse Tsarnaev. “Dzokhar é um estudante do segundo ano de medicina nos EUA. Ele é um menino muito inteligente. Esperamos que ele passe as próximas festas aqui.”

*Com AP

Fonte: Último Segundo

2 Comments

shared on wplocker.com