Defesa & Geopolítica

CHANCELER URUGUAIO NEGA MISSÃO COMERCIAL ÀS MALVINAS

Posted by

O ministro de Relações Exteriores do Uruguai, Luis Almagro, negou hoje que uma missão comercial do país será enviada em breve às Ilhas Malvinas, como havia sido publicado pela imprensa.

Almagro classificou a informação, veiculada pelo jornal britânico The Sun e citada por publicações uruguaias, como um “disparate”.

Segundo o The Sun, empresários uruguaios teriam programado uma nova viagem ao arquipélago enquanto, nesta mesma semana, produtos do país seriam enviados às Malvinas.
No começo de fevereiro, uma missão comercial integrada por 19 empresários do Uruguai viajou ao arquipélago para explorar a possibilidade de realizar negócios no local, especialmente no que diz respeito à pecuária.

A missão foi respaldada pelo presidente uruguaio, José Mujica, enquanto o embaixador argentino em Montevidéu, Dante Dovena, não questionou a atitude, apesar da medida ter sido questionada por Buenos Aires.

Supostos veteranos da guerra das Malvinas, reunidos no grupo virtual “Resistência patriótica”, por sua vez, planejam atacar um navio que esteve no conflito bélico e hoje é uma embarcação comercial de bandeira uruguaia.

Segundo alguns integrantes do grupo, a intenção é devolver a “identidade” e a “bandeira” ao navio, ao qual denominam como “herói de guerra”, como publicou o jornal uruguaio El País.

Fonte: Ansalatina

7 Comments

shared on wplocker.com