Defesa & Geopolítica

Mantega condiciona recursos ao FMI a reformas na Europa

Posted by

Ministro brasileiro da Fazenda, Guido Mantega

Os países emergentes darão mais recursos ao FMI desde que os europeus reforcem suas medidas para enfrentar a crise e cumpram com a reforma que prevê dar maior poder de decisão a estas economias no Fundo Monetário Internacional, disse neste sábado, no México, o ministro brasileiro da Fazenda, Guido Mantega.

Mantega destacou estas duas condições ao final da reunião com seus homólogos dos BRICS (Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul), realizada à margem da reunião ministerial do G20 no México.

“Os emergentes vão ajudar os europeus desde que cumpram duas condições: reforcem suas medidas de socorro e façam mais do que estão fazendo com os fundos de estabilidade”, disse Mantega à imprensa.

“Também deverão cumprir com a reforma do FMI” acertada em 2010, que prevê um novo sistema de cotas e votos visando ampliar a participação das economias emergentes nas decisões do organismo.

Mantega denunciou uma “tendência ao retrocesso em relação à reforma de cotas”. “Não podemos acertar um aumento de recursos sem a aplicação desta reforma”.

Desde meados de 2011, o Brasil defende uma ajuda aos países europeus em crise via FMI, mas insiste em aumentar seu poder de decisão dentro do Fundo.

Fonte: Terra

20 Comments

shared on wplocker.com