Defesa & Geopolítica

Deu no VOO TÁTICO: O APKWS e algumas coisas interessantes sobre os foguetes guiados

Posted by

Foguete guiado de 70 mm APKWS da BAe Systems

by PFF

Há alguns dias, diversos sites noticiaram que os Fuzileiros Navais norte-americanos iriam usar pela primeira vez foguetes guiados 70 mm em situações de combate real.

Os foguetes guiados já vem sendo estudados e desenvolvidos há um bom tempo (falei deles aqui), mas são armas com soluções técnicas e aerodinâmicas meio complicadas, o que provavelmente atrasou o seu emprego real.

Dos vários projetos, o que efetivamente parece que está ganhando corpo nos EUA é o APKWS. Outros projetos semelhantes tem (ao menos segundo as propagandas) capacidades muito semelhantes e acabaram ficando para trás por motivos que hoje nem são muito claros. Vemos isso acontecer o tempo todo. Dois exemplos bem semelhantes são o VHS / Betamax e o Blu-ray / HD-DVD.

Os artigos desta semana lançaram um pouco de luz sobre alguns pontos que não eram muito claros. Como não poderia deixar de ser, os projetos americanos tem por base o míssil Hellfire. Todos os projetos usam o sistema de designação de alvos deste míssil, por ser o armamento comum dos helicópteros de ataque. Comparando com o Hellfire, um APKWS tem 29% do peso – algo entre 12 e 14 kg – e 15% do preço. Não sei o preço de um Hellfire, mas 15% dele dá uns bons milhares de dólares.

A BAe Systems, fabricante do APKWS divulgou um vídeo bastante didático que mostra como funciona a conversão de um foguete comum para o APKWS, como o código de criptografia do designador laser é programado no sistema de guiamento, como o guiamento é realizado e também uns ensaios bem hardcore, com uma picape rebocando o alvo a poucos metros do ponto de impacto.

Outro que já entrou na jogada foi o AT-6. Ele realizou o primeiro lançamento de um APKWS a partir de uma aeronave de asa fixa. O AT-6 foi a aeronave que perdeu para o Super Tucano na concorrência da USAF e, com certeza quer ganhar uns pontinhos com a integração desse novo armamento.

Fonte: Voo Tático

4 Comments

shared on wplocker.com