Defesa & Geopolítica

Marinha do Brasil atualiza notícias: Incêndio em base do Brasil na Antártica

Posted by

Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF)

Um incêndio atingiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, base da Marinha do Brasil na Antártica, deixando um militar ferido e dois desaparecidos. Segundo a Marinha, o acidente aconteceu no local onde ficam os geradores de energia, por volta das 2h da manhã (horário de Brasília) deste sábado (25). Um Inquérito Policial Militar foi instaurado para apurar as causas.

O militar ferido já não corre risco de morte. Ele recebeu os primeiros socorros na estação polonesa de Arctowski e depois foi levado para a base chilena Eduardo Frei.

Ao todo, 30 pesquisadores e um alpinista que auxilia nos estudos estão na estação chilena. Eles serão levados para Punta Arenas, no Chile, por um avião da Força Aérea Argentina. De lá, um avião disponibilizado pela Força Aérea Brasileira os trará de volta para o Brasil.

Os 15 integrantes do chamado “Grupo-Base”, militares da Marinha que fazem a manutenção da estação, ainda estão trabalhando no combate ao incêndio. Além deles, outros 12 funcionários da Marinha vão permanecer na base brasileira na Antártida.

Dois navios argentinos, dois botes poloneses e três helicópteros chilenos prestam apoio no controle. Um navio-polar da Marinha do Brasil, que estava estacionado no sul do Chile. está se dirigindo à Antártida para auxiliar a ação.

Fonte: G1


Atualizada notícias sobre incêndio na Estação Comandante Ferraz (EACF)

A respeito do incêndio ocorrido na Estação Antártica Comadante Ferraz (EACF), a Marinha do Brasil (MB) presta as seguintes informações complementares:
Tendo em vista as condições meteorológicas adversas na região, o Chefe da Estação e os integrantes do Grupo-Base, que permaneceram na EACF combatendo o incêndio, foram transferidos para a Base chilena Eduardo Frei.
Assim que as condições meteorológicas permitirem, a MB, com apoio do navio  “Lautaro”, da Armada do Chile, enviará uma equipe do Grupo-Base, liderada pelo chefe da EACF, para avaliar os danos causados à estrutura da Estação.
Os 30 pesquisadores, o alpinista, o representante do Ministério do Meio Ambiente e os 12 funcionários do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, juntamente com o militar ferido, Primeiro-Sargento Luciano Gomes Medeiros, foram transferidos para Punta Arenas, no Chile, onde se encontram militares da MB para recebê-los.
Continuam desaparecidos os dois militares: suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e primeiro-sargento Roberto Lopes dos Santos. As famílias do militar ferido e dos desaparecidos já foram comunicadas a respeito do fato e estão recebendo o apoio total da Marinha do Brasil, nesse momento de extrema dor.
Uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) partirá às 16h, do Rio de Janeiro (RJ), para a cidade de Punta Arenas, a fim de trazer de regresso ao Brasil o pessoal que estava na EACF. O Secretário da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar, contra-almirante Marcos José de Carvalho Ferreira, também estará nessa aeronave da FAB, de modo a coordenar as ações necessárias.

Fonte: Tecnologia & Defesa http://www.tecnodefesa.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2377:marinha-do-brasil-atualiza-noticias-sobre-incendio-em-comandante-ferraz&catid=35:noticias&Itemid=55

19 Comments

shared on wplocker.com