Defesa & Geopolítica

Índia vai compartilhar experiência na seleção de novo caça com o Brasil

Posted by

Num incomum laço bilateral, a Índia concordou em compartilhar com o Brasil algumas de suas experiências na realização de uma licitação para selecionar um caça para o programa MMRCA avaliado em US$ 10 bilhões (Aeronave de Combate Médio Multimissão). O Brasil está atualmente em processo de seleção de um caça para a sua força aérea.


A Índia transmitiu a sua vontade de compartilhar parte de sua documentação sobre o contrato MMRCA durante uma reunião entre o ministro da Defesa, AK Antony e seu colega brasileiro, Celso Amorim.

“O Brasil está em processo de compra de um avião de caça. Eles já chegaram às fases finais da seleção de caça para a Força Aérea da Índia. E eles prometeram nos fornecer alguns documentos sobre o processo de seleção, tais como as regras básicas sobre o processo de licitação que poderíamos comparar aos nossos”, disse Amorim.

Amorim se reuniu com Antony e seu conselheiro de segurança nacional Shiv Shankar Menon nessa segunda-feira em Nova Delhi, e os dois lados realizaram consultas bilaterais de defesa em vários níveis.

Amorim disse que o Brasil estava ansioso para aprender a partir do processo de escolha da Índia pelo Rafale, o caça francês, para o contrato MMRCA avaliado em mais de US$ 10 bilhões. É um das maiores propostas de defesa do mundo no momento.

O Brasil está visando comprar 36 novos caças para a Força Aérea. A competição havia deixado em aberto a possibilidade do número de caças chegar até 120. A proposta poderia alcançar vários bilhões de dólares, embora a estimativa inicial seja de apenas US$ 2,2 bilhões. O Brasil já fez uma pré-selecção de três caças – Rafale, F-18 e Gripen NG, e um será finalmente selecionado.

“Sempre que há uma possibilidade devemos sempre olhar para o compartilhamento de experiências, é claro, respeitando a confidencialidade”, disse Amorim. “A experiência conjunta não quer dizer que vamos seguir a sua decisão”, acrescentou. O ministro também disse que eles estariam visando discutir a experiência indiana de construção de um caça de quinta geração com a Rússia.

O Brasil também está oferecendo a Índia um catálogo desenvolvido de forma exclusiva de equipamentos militares da OTAN, no qual a Índia estava interessado, disse ele.

Fonte: The Times of India – Tradução: Cavok

Dicas dos amigos Francisco AMX e Hornet. Obrigado pelo apoio nessa quarta-feira.

43 Comments

shared on wplocker.com