Defesa & Geopolítica

França aposta no míssil MMP

Posted by

A DGA (Direction Générale de l’Armement) atribuiu à MBDA France um contrato de um valor não divulgado para o desenvolvimento de um estudo sobre a viabilidade do míssil anti-carro de médio alcance MMP (Missile Moyenne Portée) do tipo “atira e esquece” que prevê-se sucederá ao sistema de armas MILAN também da MBDA e largamente usado pelo Exército Francês. O lançamento oficial do programa acontecerá ele no final de 2012. Este míssil foi pela primeira vez apresentado em Junho de 2010.

O MMP destina-se a equipar unidades de combate ou por elementos de forças especiais que operam em zonas urbanas, desérticas ou montanhas tanto de dia como de noite. Este míssil de guiamento autónomo e operação simplificada, permitirá ser lançado a partir de espaços confinados e destruir alvos localizados a distâncias de até 2500 metros, incluindo carros de combate de ultima geração, veículos blindados de todo o tipo, fortificações, abrigos, instalações fixas ou até neutralizar tropas em progressão no terreno ou instaladas em posições fixas. A Sagem SA (grupo Safran) será responsável pelo desenvolvimento, produção e integração do sistema auto-director óptico do sistema de lançamento do míssil.

Para completar os sistemas MILAN usados pelo Exército Francês no Afeganistão, a DGA adquiriu em Julho de 2010, através do processo FMS (Foreign Military Sales) do Departamento de Defesa dos Estados Unidos um total de 260 mísseis FGM-148 Javelin, 76 postos de lançamento e ainda dispositivos de simulação. Para além do sistema da Raytheon/Lockheed Martin, foi também analisada uma proposta da Rafael Advanced Defense Systems Ltd, esta que ofereceu o modelo Spike.

O desenvolvimento do MMP é também visto como uma medida estrategicamente necessária para evitar a adopção massiva pela França de um míssil de fabrico Norte-Americano ou Israelita, o que levaria por razoes obvias a excluir a MBDA de um grande contrato.

Com o MMP, a MBDA terá na sua gama de mísseis terrestres, um novo equipamento para também oferecer a potenciais clientes estrangeiros, que operam ou não o sistema MILAN.

O MMP integra uma família de mísseis que compreende ainda o MLP (Missile Longue Portée).

Segundo o fabricante, o MMP foi concebido para permitir ser interligado ao sistema FELIN (Fantassin à Équipement et Liaisons Intégrés) e integrar o programa de modernização do Exército Francês SCORPION (Synergie du COntact Renforcé par la Polyvalence et l’InfovalorisatiON). Victor M.S. Barreira

Fonte: Defensa.com

5 Comments

shared on wplocker.com