Defesa & Geopolítica

Deu no CAVOK: Hawker Beechcraft comenta vitória do Super Tucano na competição LAS da USAF

Posted by

Beechcraft AT-6

A Hawker Beechcraft teve conhecimento durante a conferência de status inicial nesta semana no Tribunal de Ações Federais de que a Força Aérea dos EUA entregou o contrato de Light Air Support (LAS) para a empresa Sierra Nevada Corporation e a fabricante brasileira Embraer na semana passada.

Durante a audiência, o governo revelou que o contrato aparentemente foi definido no dia 22 de dezembro de 2011, pouco depois do Government Accountability Office recusar-se a revisar o protesto da Hawker Beechcraft contra a sua exclusão da competição LAS. Por normas federais, as agências federais devem geralmente realizar um anúncio público do vencedor do contrato até às 17:00hs no dia da premiação.

“Este é mais um exemplo da falta de transparência da Força Aérea dos EUA em toda esta competição”, disse Bill Boisture, presidente e CEO da Hawker Beechcraft. “Com este ocorrido, agora parece ainda mais claro que a Força Aérea pretendia entregar o contrato à Embraer desde o início deste processo.”

Durante a audiência no dia 28 de dezembro, a Hawker Beechcraft solicitou que o tribunal concedesse uma liminar para impedir que a Força Aérea avançasse no processo de contrato. O tribunal concordou em estabelecer um cronograma acelerado para briefings sobre a ordem de restrição temporária e os méritos legais do caso. A decisão sobre o pedido da Hawker Beechcraft para uma ordem de restrição temporária está sendo esperado para ocorrer até o dia 11 de janeiro.

A empresa ainda não tem as razões concretas por ter sido excluída da competição com sua aeronave Beechcraft AT-6, tendo sido negado a explicação por parte da Força Aérea dos EUA em duas ocasiões. O contrato LAS em andamento está beneficiando uma empresa fora dos EUA, e está avaliado em quase US$ 1 bilhão com dinheiro do contribuinte.

O AT-6 é uma aeronave de ataque leve de classe mundial, que teve a capacidade avaliada e comprovada através de um programa de avaliação plurianual, financiado pelo Congresso e liderado pela Guarda Aérea Nacional. A Hawker Beechcraft e seus parceiros industriais trabalharam em estreita colaboração com a Força Aérea por dois anos para desenvolver os parâmetros para a competição LAS e investiu mais de US$ 100 milhões se preparando para cumprir os requisitos específicos da Força Aérea para uma aeronave de ataque leve.

Os benefícios do AT-6 superam o solicitado para a competição, incluindo os seguintes importante fatores:

  • O AT-6 é projetado e fabricado nos EUA para ser usado pelos EUA e seus aliados.
  • Manter este contrato nos EUA ajuda a preservar cerca de 1.400 empregos domésticos em 181 empresas em 39 estados.
  • O AT-6 baseia seu projeto numa estrutura do avião de treinamento número um no mundo, o Beechcraft T-6. A empresa já construiu mais de 725 aviões T-6, que são usados ??para treinar todos os pilotos militares de asa fixa nos Estados Unidos e que são operados com sucesso por seis forças aéreas aliadas ao redor do mundo. A graduação para o avião de ataque leve AT-6 seria uma progressão natural.
  • O AT-6 é a soma dos comprovados sistemas da Força Aérea T-6, A-10C e MC-12W com seus conjunto de sensores, que oferecem ao Departamento de Defesa uma eficiência em logística e custos que nenhuma outra aeronave na competição pode igualar.
  • As armas e sistemas de aviônicos incluídos no AT-6 são familiares aos aliados da OTAN e tem se mostrado eficazes em muitos continentes e em outras aeronaves da OTAN.

Fonte: Hawker Beechcraft Company,via Cavok – Tradução: Cavok

12 Comments

shared on wplocker.com