Defesa & Geopolítica

Rapidonas da Marinha

Posted by

Sugestão: Gériso Mutti

Força-Tarefa Marítima realiza exercício na Área de  Operações Marítimas da UNIFIL

A Força-Tarefa Marítima (FTM) da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL) realizou, no dia 28 de novembro, na Área de Operações Marítimas da UNIFIL, um exercício conjunto com os nove navios da Força-Tarefa. Esta operação teve como propósito aprimorar o adestramento e a interoperabilidade das unidades navais que compõem a FTM. A Fragata “União”, Capitânia da Força, participou pela primeira vez da operação conjunta com os demais navios, pertencentes a Alemanha, Bangladesh, Grécia, Indonésia e Turquia.

NAsH “Soares de Meirelles” realiza primeiro  atendimento à população ribeirinha


NAsH “Soares de Meirelles” após a desatracação do Dique Flutuante
Almirante Jerônimo Gonçalves”

De 4 a 15 de dezembro, o Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Soares de Meirelles” (U-21), subordinado ao Comando do 9º Distrito Naval, realizou a sua primeira viagem de atendimento hospitalar à população ribeirinha. Foram atendidas localidades dos municípios de Anamã, Maraã, Codajás, Coari e Anori, todas no Amazonas.

O navio passou por um intenso processo de conversão, que o tornou mais moderno e melhor equipado para realizar as atividades de assistência hospitalar nos rios da Amazônia. Em outubro de 2010, a Marinha do Brasil, em parceria com o Ministério da Saúde, adquiriu o então Barco Motor “Ludovico Celani”, para a realização de atividades de assistência à população ribeirinha e apoio às ações da Marinha na Amazônia.

Construído em 2008 pelo estaleiro W. A. Comércio e Transporte e Navegação Ltda, na cidade de Manaus (AM), ele foi incorporado à Marinha do Brasil em 23 de novembro de 2010 pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, em cerimônia presidida pelo Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto.

Durante o período de conversão, o navio contou com os apoios da Diretoria de Engenharia Naval, do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, do Centro de Projetos de Navios, da Diretoria de Sistemas de Armas da Marinha, da Diretoria de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha, do Centro de Intendência da Marinha em Manaus e da Estação Naval do Rio Negro.

Navios do Comando do 4º Distrito Naval participam da Operação “Vigiar Atlântico

Os Navios-Patrulha “Bocaina” e “Guanabara”, subordinados ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, unidade operativa do Comando do 4º Distrito Naval, participaram no mês de novembro da Operação “Vigiar Atlântico-2011”, tendo como Comandante do Grupo-Tarefa, o Comandante da 2ª Divisão da Esquadra, Contra-Almirante Wagner Lopes de Moraes Zamith.

Durante a Operação, os navios foram empregados em áreas de patrulha próximas ao litoral, a fim de contribuir para o controle de área marítima na costa brasileira. Para auxiliar nas ações do Grupo de Visita e Inspeção e Guarnição de Presa (GVI/GP) dos navios, principalmente durante as abordagens aos Contatos de Interesse, agentes da Polícia Federal participaram da Operação embarcados no Navio-Patrulha “Bocaina”.

Por ocasião de uma das ações do GVI/GP, foi apresado um Barco Pesqueiro por não possuir autorização para realizar atividade de pesca, além de serem constatadas irregularidades em sua documentação e da tripulação, em descumprimento à Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (LESTA).

Marinha inaugura novas instalações do
Programa de Desenvolvimento de Submarinos

No dia 29 de novembro, foram inauguradas, no Centro de Projetos Navais (CPN), as instalações que abrigarão novas áreas do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub): a Seção de Detalhamento do Submarino Riachuelo (S-BR1); a área de Apoio Logístico Integrado, atrelada à construção do primeiro submarino com propulsão nuclear (SN-BR); e a Sala de Telepresença, além do escritório montado para os consultores franceses.

A nova estrutura foi inaugurada pelo Coordenador-Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear, Almirante-de-Esquadra (Refº) José Alberto Accioly Fragelli. Após o descerramento da placa de inauguração da Sala de Telepresença, as autoridades se reuniram com engenheiros e técnicos da Marinha e da França, que estão em Paris, Lorient e Cherbourg, para a apresentação dos trabalhos do Prosub em andamento nesses locais e do estágio atual da construção do primeiro submarino convencional (S-BR1).

Com a cessão dos espaços, o Centro de Projetos Navais também teve suas acomodações realocadas e repaginadas. As autoridades visitaram a parte de atendimento da biblioteca do CPN; a área do Departamento de Projetos, que passou por modernização de piso; a sala de reuniões, com novo piso e mobiliário; a nova Praça D’Armas; e o alojamento, comum a COGESN e ao CPN e com capacidade para 40 militares.

Marinha recebe novas viaturas “Piranha”


Viaturas Blindadas Especiais Sobre Rodas 8X8 Piranha IIIC


O Centro de Reparos e Suprimentos Especiais do Corpo de Fuzileiros Navais recebeu, no dia 23 de novembro, mais três Viaturas Blindadas Especiais Sobre Rodas 8X8 Piranha IIIC, sendo duas unidades na versão Comando e uma na versão Socorro. Com as novas aquisições, a Marinha atinge o total de 18 viaturas, de 30 unidades previstas a serem entregues até 2014.

As viaturas “Piranha”, versão Comando, são inéditas na Marinha do Brasil. Cada veículo possui a capacidade de operação, no compartimento do Estado-Maior, de até seis redes em VHF, uma rede em HF e uma rede em VHF/UHF. Existe, ainda, uma unidade do equipamento rádio VHF destinada exclusivamente a prover o comando e controle entre os veículos. Estes equipamentos permitem que as viaturas operem de forma adequada com os meios navais e aeronavais e, se utilizadas simultaneamente, permite o emprego em um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais de valor Brigada Anfíbia. Associada a esta capacidade, é possível utilizar a funcionalidade GPS, adquirida pela Marinha do Brasil, para a transmissão e a recepção de dados de localização de forma remota, características estas, essenciais para o emprego em um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais.

Fonte: Marinha do Brasil

22 Comments

shared on wplocker.com